11 fake news com ordens absurdas para evitar doenças que viralizaram nos últimos dias

Um dos tipos de boatos que achamos mais problemáticos são os relacionados à saúde. Além ter impacto direto na vida das pessoas, essa categoria de fake news é muito fácil de ser disseminada. Os motivos para isso vão desde o tom alarmista de muitas publicações (afinal, saúde é sempre um assunto que chama atenção) ao fato de muitas patologias não conseguirem ser explicadas tão facilmente.

Por isso mesmo que hoje vamos destacar uma lista de notícias falsas relacionadas a supostas proibições que viralizaram nos últimos dias. Dentre as 11 fake news, há recomendações para que produtos não sejam consumidos, que remédios sejam evitados e até que hábitos sejam deixados de lado. Em comum, o fato de que as orientações não procedem.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): https://bit.ly/3cDxFZE

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Essa não foi a primeira lista relacionada ao tema saúde que estamos fazendo por aqui. Já fomos obrigados a fazer listas sobre remédios, vacinas, exames, de doenças causadas pelo aedes aegypti, sobre a gripe, sobre recomendações médicas falsas, sobre a febre amarela e outras. Se eu fosse você conferia. Sem mais delongas, vamos à lista de hoje. Para saber mais detalhes, clique nos links ou assista aos vídeos:

Categoria A: aparelhos proibidos

1) Não use celular à noite para não ter câncer no olho

Essa dica usa fotos falsas e informações que nunca existiram em nome de um médico só para assustar às pessoas. Para mais detalhes, clique neste link.

2) Não use micro-ondas para não ter câncer ou ser explodido

O forno micro-ondas é um dos campeões de fake news sobre saúde. De proibição no Japãodenúncias relacionadas ao câncer e explosões causadas com a “mistura com celular”, o que não faltam são fake news sobre o aparelho. Para mais detalhes, clique neste link ou no vídeo abaixo:

Categoria B: alimentos proibidos

3) Não coma o arroz do Paquistão que está com um vírus mortal

Texto que surgiu em outros idiomas fala de um produto que sequer é comercializado aqui. Para mais detalhes, clique neste link.

4) Não coma o biscoito turco que tem comprimidos que causam paralisia nas pessoas

Mais uma vez, uma notícia falsa fala de um produto que sequer chegou ao Brasil. Para mais detalhes clique neste link ou veja no vídeo abaixo:

5) Não beba água gelada se você não quiser ter câncer ou infartos

Em uma das versões, a “dica de ouro” viralizou com um texto que falava que “água quente salvava vidas”. Em outra, usaram de forma indevida o nome de Drauzio Varela. Para mais detalhes, clique neste link ou assista ao vídeo abaixo:

6) Não coma feijão porque ele tem bactéria, bicho e larva mortal

Até o feijão entrou na lista de “produtos proibidos”. Fake news falam que o produto tem bactéria, bicho e larva. Em uma das versões, é apontada a solução (ridícula, por sinal): colocar vinagre. Para mais detalhes, clique neste link ou assista ao vídeo abaixo:

7) Não coma cebola porque ela é um veneno e um perigo

Particularmente, esse quem vos fala não come cebola. Nem por isso, vamos dizer que é um veneno ou imã de bactérias, como apontam fake news clássicas. Para mais detalhes, clique neste link ou no vídeo abaixo:

8) Não beba cerveja sem lavar para não ter uma larva na boca

Até a cerveja entra na lista. Tudo graças a um vídeo horrendo que viralizou por aí.

9) Não beba cerveja Skol ou Fanta para não ter câncer imediato

De novo, a cerveja. O grande problema é que a advertência contra a bebida (ou contra refrigerantes) viralizou por motivos errados e com uma história falsa. Para mais detalhes, clique neste link ou assista ao vídeo abaixo:

Categoria C: medicamentos proibidos

10) Não tome antigripais porque eles têm substância proibida

O texto que circula há anos aponta que antigripais brasileiros famosos como o Cimegripe teriam uma substância proibida, a fenilpropalamina. Novamente, a denúncia é falsa. Para mais detalhes, clique neste link.

11) Não tome Torsilax para você não ter um infartos

Eis mais um remédio colocado indevidamente na lista de “proibidos”. Para mais detalhes, clique neste link.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)