Bactéria no feijão vem das plantações; deixe de molho no vinagre #boato

Boato – Médicos estão pedindo pela milésima vez para que as pessoas deixem o feijão de molho por 15 minutos no vinagre por causa de uma bactéria que vem das plantações. Atenção: em outubro de 2017, a história voltou a circular na internet. Ela continua sendo falsa. 

Em 2015 um dos boatos que mais circularam na internet foi o do feijão com bicho. Nesse texto do Boatos.org, vocês podem ver que circulou uma informação que dizia que dez pessoas morreram por causa de uma larva no alimento. Mesmo após o desmentido, a história voltou à tona em 2016.

Confira o nosso desmentido em vídeo

Desta vez circula no WhatsApp um texto que aponta que médicos em São Paulo recomendaram colocar o feijão de molho por 15 minutos no vinagre antes de ele ser cozinhado. O motivo seria uma bactéria que está vindo das plantações. Para atestar a tese, a mensagem coloca um link para um texto sobre uma bactéria vinda das plantações. Leia:

Amigos, os médicos estão pedindo para quem for cozinhar feijão, deixar ele de molho por 15min no vinagre. Depois lava bem e põe para cozinhar. Só o vinagre está matando uma bactéria que está vindo no feijão das plantações. Nem o antibiótico está resolvendo. Os médicos estão desesperados. Vamos passar isso, principalmente para quem tem criança.

Feijão está com bactéria que vem das plantações?

É claro que, assim como em 2015, a história se espalhou pela internet como rastilho de pólvora. Mas será mesmo que o feijão está com uma bactéria mortal que vem das plantações? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Se você ler com cuidado o link da matéria que aponta para bactéria, vê que, na realidade, a matéria fala de um melhoramento genético que está sendo está sendo feito nos grãos para que eles sejam mais resistentes a bactérias em plantações. Ou seja, não tem nada de bactéria que está impedindo o alimento de ser consumido pelas pessoas.

Para além disso, se o grão realmente não estivesse próprio para o consumo não iria para as prateleiras dos mercados. Não é lógico isso?

Por fim, não achamos nenhuma matéria que ateste para tal história de médicos de São Paulo fazendo recomendações a respeito do uso de vinagre. Vale lembrar que em 2015 o boato do feijão com larva também usava como base hospitais de São Paulo. Ou seja, é um boato que se repete.

Resumindo: nenhum médico de São Paulo deu recomendação alguma a respeito de feijão com bactéria nas plantações e a matéria utilizada como argumento para quem espalhou boato não fala nada sobre o assunto. Tudo não passa de mais um boato sobre alimento e seus “males” para a saúde.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)