20 fake news sobre as eleições de 2020 que viralizaram na web

Em uma campanha eleitoral atípica (até em termos de fake news), separamos 20 notícias falsas que desmentimos relacionadas (de forma direta ou indireta) às eleições 2020.

Hoje, dia 15 de novembro de 2020, o Boatos.org chega a sua quarta eleição na história. A característica da eleição “pulverizada” (com debates restritos ao âmbito municipal), a grande quantidade de outros assuntos polêmicos na pauta diária da mídia e nos debates em redes sociais (como, principalmente, a pandemia) e ações de prevenção contra fake news fizeram com que o volume de notícias falsas diminuísse na campanha eleitoral deste ano.

O TSE (que trabalhou diariamente com a veiculação de campanhas educativas em meios de comunicação), as redes sociais (que demonstraram esforços, apesar de ainda ser preciso fazer mais, para combater a desinformação) e os sites de checagem (que além de estarem em alerta contra as notícias falsas, participaram de uma coalização para checar fake news) merecem destaque no combate à desinformação. Ainda há muito o que evoluir em relação às fake news, mas a eleição nos mostrou um norte de como podemos agir no futuro.

Não tivemos “deep fake” (como, sinceramente, já esperávamos aqui no Boatos.org), não tivemos textão do “se vocês soubessem o que aconteceu ficariam enojados” (esse a gente espera que ainda possa aparecer), mas tivemos ataques contra candidatos, confusão em relação às regras das eleições e, principalmente no início da campanha, questionamentos sobre as urnas eletrônicas.

Hoje, chegamos à “metade do caminho” (ainda temos um segundo turno até 29 de novembro no qual ataques entre candidatos podem se intensificar), mas até o momento contabilizamos 24 notícias falsas desmentidas no Boatos.org e 32 publicações (do Boatos.org e de outras iniciativas de verificação de fatos) na página do TSE sobre fake news.

Das nossas 24 checagens (ficaram de fora esta, esta, esta e esta), separamos 20 para vocês conferirem. As fake news estão separadas em quatro categorias: fraude das urnas, regras das eleições, ataques a candidatos e histórias bizarras. Clique nos links para saber mais detalhes e bom voto.

Confira também: 5 Fake news que sempre circulam durante as eleições:

Confira a lista de 20 fake news que viralizaram durante as eleições 2020

A) Fraude das urnas

O que não faltaram, principalmente no início da campanha eleitoral, foram boatos relacionados a supostas fraudes nas urnas eletrônicas. Todas as cinco histórias que desmentimos foram “requentadas” de 2018 e citavam, de certa forma, “favorecimento à esquerda”. Confira:

1) Urnas eletrônicas estão saindo de Brasília com votos já computados #boato

2) Apenas três países (Brasil, Cuba e Venezuela) usam urnas eletrônicas nas eleições #boato

3) Documento prova que Bolsonaro venceu no 1º turno e houve fraude nas eleições de 2018 #boato

4) NSA (dos EUA) diz que Bolsonaro ganhou eleições de 2018 no 1º turno, mas que urnas foram fraudadas #boato

5) Ursal prepara fraude nas urnas eletrônicas nas eleições de 2020 #boato

B) Regras das eleições

A pandemia fez como que muita gente se confundisse em relação a regras sobre as eleições. Não conseguimos, por diversos motivos, corrigir todas as informações erradas relacionadas ao assunto. Fizemos, ao todo, quatro textos. Um deles foi alertando para um golpe no WhatsApp.

6) Eleitor com mais de 60 anos não precisa votar ou justificar em 2020 #boato

7) Pessoas maiores de 60 anos só poderão votar entre 7h e 10h no dia 15/11 #boato

8) Efetivo de reserva do Exército, Marinha e Aeronáutica é convocado para ser mesário nas eleições #boato

9) Governo criou programa Vote em Casa para eleições de 2020 #boato

C) Ataques a candidatos

Em termos de quantidade, fizemos poucos boatos (em comparação a outras eleições) de ataques diretos contra candidatos. Em 2020, Manuela D’Ávila e Gulherme Boulos foram os candidatos mais citados em fake news. Porém, também desmentimos notícias falsas contra Bruno Covas, Carlos Bolsonaro e Joice Hasselmann.

10) Boulos criou um “laranjal” com empresas fantasmas nas eleições 2020 #boato

11) Guilherme Boulos é dono de um jatinho particular (avião de luxo) #boato

12) Bruno Covas comprou 38 mil caixões por causa da Covid-19 e tem 20 mil empilhados #boato

13) Joice Hasselmann contratou atores para atuarem como mendigos na cracolândia #boato

14) Carlos Bolsonaro mora em Brasília apesar de ser candidato no Rio de Janeiro #boato

15) Manuela D’Ávila está em 1º lugar porque comprou pesquisa do Instituto Methodus #boato

16) Caetano Veloso e Manuela D’Ávila posam com camiseta “Presidente Louco, podemos lhe defecar hoje?” #boato

17) Foto mostra Manuela D’Ávila com olheiras e tatuagens de Che Guevera e Lenin #boato

D) Histórias bizarras

Em relação a outros anos, o número de histórias bizarras também foi menor. Não tivemos “pum de candidato” nem mamadeira daquelas. Mas temos três desta categoria na nossa lista.

18) Candidato a vereador oferece esposa em troca de votos #boato

19) Candidata a vereadora no Maranhão é presa após se oferecer em troca de votos #boato

20) Vereador foi jogado no esgoto pela população em Salvador #boato

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet