NSA (dos EUA) diz que Bolsonaro ganhou eleições de 2018 no 1º turno, mas que urnas foram fraudadas #boato

Boato – A National Security Agency (NSA), dos EUA, apontou para fraude no sistema eletrônico de votação nas eleições de 2018. Na realidade, Bolsonaro ganhou no 1º turno.

As eleições de 2020 estão chegando e os primeiros boatos relacionados ao pleito são, em sua maioria, uma “parte 2” de balelas das eleições de 2018. Na história de hoje, novamente, o alvo está nas urnas eletrônicas (podem se preparar porque muitos boatos do tipo vão aparecer nos próximos meses).

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

De acordo com a história de hoje, a National Security Agency (NSA), agência de segurança nacional dos Estados Unidos, descobriu (olha só) que as urnas eletrônicas foram fraudadas em 2018 e que o presidente Jair Bolsonaro teria ganho o pleito já no primeiro turno. Leia a mensagem que está circulando online:

Confira o desmentido em vídeo:

A fraude no Sistema Eletrônico de Votação foi apurada pela National Security Agency, EUA. As provas estão com a PF. Bolsonaro ganhou em primeiro turno. Muitos serão presos e julgado pelo Tribunal Penal Internacional.

NSA disse que Bolsonaro ganhou eleições de 2018 no 1º turno, mas que urnas foram fraudadas?

A mensagem se espalhou muito no Twitter e em outras redes sociais (que utilizou o print do tuíte em questão). E, apesar de algumas pessoas ter utilizado a (falsa) ideia preconcebida de que há uma fraude nas urnas eletrônicas no Brasil para compartilhar a história, ela é falsa.

Como falamos lá no início do texto, estamos acompanhando os primeiros boatos relacionados a urnas eletrônicas nas eleições. Há poucos dias (como vocês podem ver abaixo), desmentimos a informação falsa (e reciclada de 2018) de que a Ursal estaria preparando uma grande fraude nas urnas para 2020.

Assim como no caso citado acima, a teoria de que a NSA descobriu a fraude nas urnas no Brasil não tem qualquer lastro na realidade. Ao procurar pela fonte da informação, descobrimos que ela surgiu em um tuíte de uma conta que chega a citar a famigerada (e falsa) Operação Storm nos comentários. Porém, a pessoa se “esquece” de citar ou mostrar qualquer documento da NSA que comprove a tal fraude.

Ao procurar por mais informações a respeito do assunto, inclusive, em informativos da própria NSA, nada encontramos. Ou seja: a informação não surgiu da NSA. Surgiu na mente de alguém que, pelo que vimos, não parece fazer parte do serviço secreto dos EUA.

Para terminar, tem uma questão lógica que derruba a tese em questão. Se houve fraude nas urnas eletrônicas, por que Bolsonaro ganhou as eleições? Será que o “povo fraudador” é tão amador que não consegue modificar os números de forma que o resultado das eleições não fosse alterado? Difícil acreditar, né?

Resumindo: a história que aponta que a NSA apontou que Bolsonaro venceu as eleições no primeiro turno em 2018 e foi vítima de uma fraude nas urnas é mais falsa do que nota de três (ou trezentos) reais. Além de não ter muita lógica, ela se baseia em informações que não estão balizadas em fontes confiáveis e em teses falsas como a de que a “Operação Storm vem aí”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)