Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Lista > O melhor de 2023 no Boatos.org, por Edgard Matsuki

O melhor de 2023 no Boatos.org, por Edgard Matsuki

Retrospectiva 2023 das fake news

Edgard Matsuki, editor do Boatos.org, lista quais foram os 10 boatos mais o impactou em 2023

Mais um ano que se passa e mais um ano que eu, Edgard Matsuki, este quem vos escreve, editor do Boatos.org, lista quais foram os boatos mais impactantes de 2023. Neste ano, tivemos diversas novidades no site e o que não faltou (mesmo que em ritmo menos alucinante do que outrora) foram fake news. Entre as mais de 700 (e contando), eu tive a missão de escolher as 10 que me impactaram. Como a lista não é pequena, vamos começá-la.

Confira a retrospectiva em vídeo:

#10 – Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte #boato

Em 2023, a pandemia arrefeceu, mas, ao contrário do que algumas pessoas imaginam, não acabou. Tanto que a variante Ômicron do vírus (que, felizmente, se mostrou menos letal) forçou o desenvolvimento da chamada vacina bivalente. E foi o imunizante da Pfizer a maior vítima das fake news neste ano.

Dentre tantas informações falsas, a que mais nos chamou atenção foi uma de março que apontava para um suposto alerta de uma médica de Minas Gerais sobre a “letalidade da vacina”. Obviamente, o conteúdo do áudio é falso e colocamos na lista para mostrar que a pandemia não acabou e as fake news também não. Confira o desmentido completo abaixo: 

Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte #boato

#9 – Suposta conversa no WhatsApp entre médicos que fizeram o transplante em Faustão é falsa

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

Um dos fatos mais impactantes do ano foi a descoberta de uma grave patologia cardíaca no apresentador Fausto Silva (o Faustão) no meio do ano. Ele (que também saiu da televisão neste ano) conseguiu ser salvo graças a um rápido transplante de coração em agosto de 2023. O problema é que o procedimento gerou fake news sobre “privilégios”.

Uma das histórias apontava para uma suposta conversa entre médicos que teriam feito o transplante de coração do apresentador apontando que ele teria “furado a fila”. A conversa era falsa, mas causou muita confusão até o boato ser desmentido (como quase sempre, fomos os primeiros). Confira o desmentido completo abaixo: 

Suposta conversa no WhatsApp entre médicos que fizeram o transplante em Faustão é falsa

#8 – É falso que Faustão tenha recebido um coração com miocardite e procura um transplante de um não vacinado

O oitavo lugar da nossa lista mistura o tema vacinas e transplante do Faustão. Já no final de setembro de 2023, grupos antivacinas começaram a apontar (após uma internação de rotina do apresentador para exames) que ele estaria sofrendo por ter recebido um coração de uma pessoa que havia sido vacinada contra a Covid-19. Mais do que isso: ele teria que receber um órgão de alguém não-vacinado.

Tanto a tese de que vacinados não podem doar órgãos como a “notícia” em si (felizmente, Fausto Silva se recuperou bem do transplante) não procediam. Por conta dos temas e da maldade no fake, essa entrou na nossa lista. Confira o desmentido completo abaixo:

É falso que Faustão tenha recebido um coração com miocardite e procura um transplante de um não vacinado

#7 – STM concedeu Habeas Corpus coletivo para “patriotas” que participaram de manifestações golpistas em Brasília #boato

Em termos de eventos relacionados à desinformação, o que mais nos chamou atenção foi o episódio que culminou nos ataques do 8 de janeiro em Brasília. É claro que o tema estaria na nossa lista. Um dos conteúdos que desmentimos foi publicado ainda em janeiro.

Textos e vídeos com o mesmo tom das mensagens falsas que ajudaram a incitar o golpe apontam que o Superior Tribunal Militar teria concedido um habeas corpus para as pessoas que foram presas pelos atos de vandalismo. Apesar de absurda, a história circulou com muita força e foi desmentida pelo nosso site no dia 15 de janeiro. Confira o desmentido completo abaixo:

STM concedeu Habeas Corpus coletivo para “patriotas” que participaram de manifestações golpistas em Brasília #boato

#6 – Ex-líder do Hamas não ordenou a morte de todos os judeus do mundo na sexta-feira, 13 de outubro

A “guerra” de 2023 se deu em outubro, quando o grupo extremista Hamas realizou um ataque que resultou em mais de 1.000 mortos em Israel. Além da resposta bélica, podemos perceber uma onda de desinformação sobre o assunto que também resultou em ações islamofóbicas.

Um deles apontava que um líder do Hamas havia “ordenado” a morte de todos os judeus no dia 13 de outubro. A história, apesar de ter existido um discurso forte dias anteriores, era falsa em diversos pontos. Para começar, não se tratava de um “líder” do Hamas. Era um ex-líder. Além disso, a convocação não era para matar judeus e sim realizar manifestações em países muçulmanos.

Essa história entrou na lista por ilustrar como se deram as fake news sobre o tema, mostrar como se dão as narrativas e também por termos sidos um dos primeiros a desmentir o fake e arrefecer (mesmo que com reclamações) a informação falsa. Confira o desmentido abaixo:

Ex-líder do Hamas não ordenou a morte de todos os judeus do mundo na sexta-feira, 13 de outubro

#5 – Esplanada dos Ministérios, em Brasília, é invadida por manifestantes em janeiro de 2023, mostra vídeo #boato

Esta história é, na minha modesta opinião, a mais emblemática de 2023. Ela aponta que manifestantes haviam invadido a Esplanada dos Ministérios e tomado o poder. Você deve estar se perguntando “mas isso não ocorreu?”. Sim, mas o problema é que a fake news foi publicada em 7 de janeiro de 2023.

Consideramos que ela é a prova cabal de que só ocorreu o que ocorreu no dia 8 de janeiro porque houve uma incitação em redes sociais. O Boatos.org (mesmo em um sábado à noite) desmentiu a fake (que, na realidade, mostra um vídeo de 7 de setembro de 2021), mas aí já era tarde. As fakes já haviam causado o efeito danoso no episódio. Pelo simbolismo, entra no quinto lugar. Confira o desmentido em abaixo:

Esplanada dos Ministérios, em Brasília, é invadida por manifestantes em janeiro de 2023, mostra vídeo #boato

#4 – Grupos estão organizando ataques em massa nas escolas no dia 20 de abril #boato

Assim como em quase todos anos, uma história falsa relacionada a jovens está na nossa lista. Depois de uma série de ataques em escolas (como em São Paulo e Santa Catarina), começou a circular na Internet um conteúdo que apontava que havia um ataque em massa programado para o dia 20 de abril de 2023.

O fato era apenas um: não havia nenhum planejamento de ataque em massa. Porém, a mensagem (que estava disfarçada de alerta) era perigosa. Se algum lobo solitário resolvesse realizar um ataque e achasse que estaria respaldado, o faria. A fake news, além de causar pânico desnecessário, também fez com que um esquema de segurança fosse criado para inibir ataques. Essa história foi desmentida pelo Boatos.org por causa do potencial danoso. E por isso entra na nossa lista. Confira o desmentido abaixo:

Grupos estão organizando ataques em massa nas escolas no dia 20 de abril #boato

#3 – Janja aparece em foto com traficante que foi preso em restaurante no Rio de Janeiro #boato

Desde o período eleitoral do ano passado, o nome da agora primeira-dama Janja Lula da Silva passou a ser envolvido em fake news. Com a eleição de Lula, os boatos contra ela se intensificaram. Teve história falsa sobre hábitos de higiene, sobre o passado dela e outras coisas.

A que vamos destacar é uma que junta dois ataques contra Janja. O primeiro é apontar que ela estaria traindo o presidente Lula com um homem chamado Moacir. O segundo é apontar que ele seria um traficante que havia sido preso pela polícia. As duas acusações eram falsas e foram desmentidas pelo Boatos.org e entram na lista como o top-3. Confira o desmentido no link. 

Janja aparece em foto com traficante que foi preso em restaurante no Rio de Janeiro #boato

2 – Paula Rousseff, filha de Dilma, estava infiltrada na invasão ao Palácio do Planalto #boato

Mesmo com a clara incitação ao golpe (como o nosso número cinco da lista) que houve antes do 8 de janeiro, teve muita fake news que apontava que os atos de vandalismo na Esplanada dos Ministérios eram fruto de “infiltrados”. Neste sentido, um vídeo atribuindo a uma invasora a identidade da filha de Dilma Rousseff começou a circular.

Essa história entra na nossa lista por causa da apuração. Conseguimos descobrir a identidade da pessoa que estava no vídeo (ela havia deixado o número de WhatsApp em um comentário apontando que não era a filha de Dilma).

Comecei a conversar com ela (até para apurar se estava falando a verdade mesmo). Ela contou a história do 8 de janeiro, disse que sequer sabia que Dilma tinha uma filha e até falou que “não queria prejudicar ela”. Ela também argumentou que entrou no Palácio do Planalto para se proteger.

Em uma altura da conversa, fiquei com um pouco de dó da pessoa (que estava respondendo ao processo em liberdade) e perguntei se ela havia se arrependido. A resposta foi “não”. Ela disse que participou de algo que acreditava e que protestaria de novo. A partir daí, meu sentimento foi misto. Até hoje, não sei se sinto mais ou menos dó que no começo da conversa. Confira o desmentido no link.

Paula Rousseff, filha de Dilma, estava infiltrada na invasão ao Palácio do Planalto #boato

1 – Decreto 11.407, da participação social, serve para o governo decidir quem é o dono da propriedade que você tem #boato

O primeiro lugar da nossa lista entrou por vários motivos. Além de ser uma fake news de caráter danoso que tivemos que desmentir diversas vezes e que, ao desmentir, conseguimos ter um alcance, a história foi um marco em uma “aventura de fake news”.

A história que desmentimos apontava que o governo havia criado um decreto para confiscar a propriedade privada: o decreto de Participação Social. Foi essa checagem que utilizamos para realizar o piloto do quadro Não Se Engane (iniciativa de checagem que foi exibida na TV Brasil).

Quando se estava “estudando como seria o quadro” (e o telejornal), o vídeo foi exibido. A pauta era tão cara para este quem vos fala que queríamos que chegasse ao público. Depois de muita briga, a pauta entrou. Pelo simbolismo e pela importância, pra mim é a checagem do ano. Confira o desmentido no link.

Decreto 11.407, da participação social, serve para o governo decidir quem é o dono da propriedade que você tem #boato

Lista de todos os conteúdos da retrospectiva 2023 das fake news

29/12 – Texto e vídeo da retrospectiva 2023 das fake news do Boatos.org

Nos últimos dias do ano, o Boatos.org faz a sua tradicional retrospectiva das fake news. Saiba o que de melhor e pior rolou no mundo da desinformação em 2023.

30/12 – O melhor de 2023 no Boatos.org, por Edgard Matsuki

Edgard Matsuki, editor do Boatos.org, lista quais foram os 10 boatos mais o impactou em 2023. Texto faz parte da retrospectiva 2023.

30/12 – O melhor de 2023 no Boatos.org, por Kyene Becker

No terceiro texto da nossa retrospectiva das fake news 2023, Kyene Becker escolhe quais foram os cinco boatos que mais a impactaram no ano.

31/12 – Os cinco textos mais lidos de 2023 no Boatos.org

Edgard Matsuki e Kyene Becker já escolheram quais foram os boatos que mais os impactaram no ano de 2023. Agora, é a hora de falarmos quais foram os textos mais lidos do site neste ano.

31/12 – Um olhar sobre as fake news e uma perspectiva para 2024

No último texto do ano, Edgard Matsuki, editor do Boatos.org, agradece a você, que esteve conosco neste ano de 2023: em que podemos dizer que as fake news tiveram ligadas a espécies diferentes de golpes.