Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte #boato

Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte #boato

Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Médica de Belo Horizonte descobriu que a vacina bivalente contra a Covid-19 está sendo aplicada junto com a vacina da gripe com o intuito de matar a população.

Chegamos a uma etapa das fake news na qual (talvez até como tentativa de desviar o foco de outras questões) mentiras contra a vacina bivalente da Pfizer estão dominando a pauta da desinformação. A última das histórias que tivemos acesso aponta para algo supostamente bombástico.

Um áudio atribuído a uma médica de Belo Horizonte está circulando como se fosse a revelação de uma verdade. A suposta médica teria revelado que a vacina bivalente contra a Covid-19 iria cumprir o intuito de matar metade da população mundial. Ela diz, ainda, que a vacina contra a gripe se dada junto com a bivalente (na mesma ampola). Leia o texto que circula online e a transcrição do áudio:

Texto: Médica de B.HORIZONTE,  alertando sobre a VACINA DA GRIPE adicionada com a VACINA BIVALENTE(DA COVID) ESSAS VACINAS ENTÃO SENDO UNIFICADAS EM UMA…DIZENDO QUE É A VACINA DA GRIPE.   MAS ELA É  VENENO.

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Transcrição: Jean não deixe ninguém da sua família tomar a tal da bivalente pra covid tá? Que já está sendo aplicada. E não deixe nenhum idoso tomar nenhum, ninguém, ninguém, ninguém, né só idoso não tomar a vacina da gripe. Eles vão como as pessoas não querem tomar a vacina da covid eles vão enfiar a vacina da covid dentro da vacina da gripe. E todas duas vão ser fabricadas pela Pfizer

 O objetivo é exterminar cinquenta por cento da população do mundo avise todos os seus contatos e avise seus contatos pra mandar pros contatos deles não tomemos esta vacina. Sobre hipótese alguma. Eu fui renovar minha carteira de habilitação. Não sei se já te contei isso. Se contei desculpa mas eu não estou lembrando. E o médico que me atendeu me disse que o que o consultório dele no momento a patologia que ele mais atende e está cheio de pacientes sequelados das vacinas da covid sequelados da vacina da covid né? Não é sequelado da covid não. É das vacinas da covid. Tá? Porque as vacinas estão deixando muito mais sequelas do que a própria doença.

Os que sobreviveram a doença tiveram e sobreviver estão bem as vacinas tem um mundo de sequelados. Ele disse que ele não tomou vacina nenhuma, não vai tomar e usou o tratamento precoce para todos os pacientes de covid que ele atendeu Como eu também usei. Só que ele, eu não perdi nenhum paciente. Só que ele usou o protocolo de Madrid, que é o tratamento precoce rigorosamente do primeiro ao último item. Eu só tive que entrar com anticoagulante pra dois pacientes lá do Rio Grande do Sul. Tá? O resto eu não precisei de usar anticoagulante não. Ele me disse que ele entrou com com o protocolo inteiro. Inclusive antes do ano pra todos os pacientes dele Não deixe ninguém se vacinar

Vacina bivalente da Pfizer está sendo aplicada junto com vacina da gripe para matar população, conta médica de Belo Horizonte?

Não demorou para o áudio circular com todas as forças em aplicativos de mensagens como o WhatsApp e o Telegram. Porém, o arquivo em questão não passa de um monte de amontoado de fake news.

Para começar, a tese da mulher (que não é médica ou é uma médica mentirosa que ainda se contradiz durante a fala) se baseia em informações falsas. Uma delas é que a vacina da Covid-19 causa mais males do que contrair a própria Covid-19.

Está mais do que claros os benefícios da vacinação. Foi só depois da vacinação em massa que conseguimos nos livrar do número aterrador de casos graves e mortes por conta da doença. A vacina tem eficácia comprovada e o número de eventos graves por conta da doença (não esqueçamos que o Brasil beira as 700 mil mortes) é muito maior do que pela vacinação.

Além disso, esta história de a Pfizer ter um plano de matar metade da população mundial nada mais é do que uma fake news que desmentimos outro dia. Na realidade, o CEO da empresa teve uma fala durante o Fórum Mundial de Davos adulterada. Em nenhum momento, ele falou em exterminar metade da população mundial. Relembre o que escrevemos:

O fator lógica e um olhar na realidade já começam a revelar a farsa. Isso porque se o objetivo das vacinas era “reduzir a população”, o objetivo não foi alcançado. Pelo contrário, foram as vacinas, na prática, reduziram as mortes por Covid-19 (doença sim por quase 7 milhões de mortes no mundo).

Quem acha que as vacinas são responsáveis por mortes está em um dos dois grupos a seguir: criminosos que visam enganar trouxas ou trouxas que estão sendo enganados por criminosos.

Além disso, a mensagem e o histórico já nos deixam desconfiados da veracidade da informação. Sobre o tema “vacinas vão reduzir a população”, já desmentimos uma fake news de 2019 (que nem mencionava a Covid-19) e uma da pandemia que apontava que Bill Gates teria dito isso.

Assim como nos casos anteriores, a mensagem (que tem características de fake news como o caráter alarmista e os erros de português) é falsa. Para chegar à verdade, procuramos pela fala original. A fala foi feita, de fato, no Fórum Econômico Mundial de Davos em 2022. Na ocasião, o CEO da Pfizer disse o seguinte:

Eu  acredito que esteja cumprindo um sonho que tivemos juntos com minha equipe de liderança quando começamos em 2019. Nos encontramos em janeiro de 2019 na Califórnia para estabelecer metas para os próximos cinco anos e uma delas era reduzir, até 2023, em 50% o número de pessoas no mundo que não podem pagar pelos nossos medicamentos. Eu acredito que hoje esse sonho está se tornando realidade.

A fake news que está circulando se baseia em um vídeo no qual o trecho “que não podem pagar pelos nossos medicamentos” foi cortado para dar a impressão de que a Pfizer quer reduzir as pessoas no mundo em 50%. Ou seja: a fala foi totalmente retirada de contexto.

Por fim, as vacinas da gripe e bivalente. Apesar de existir planos de junção das vacinas contra o Sars-CoV-2 e dos vírus influenza em apenas uma fórmula, isto está apenas em estudos.

No momento, a vacina bivalente está sendo aplicada em idosos (de início, ela será aplicada apenas em grupos prioritários) e apenas em abril começará a vacinação contra a gripe. A vacina contra a influenza utilizada pelo governo não é da Pfizer. É do Instituto Butantan.

Resumindo: o áudio atribuído a uma médica de Belo Horizonte é falso. As vacinas não vieram para matar a população mundial, se vacinar é melhor do que se infectar e a vacina bivalente não estará misturada à vacina contra gripe.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 9275-5610

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/41sX0QS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso