7 de setembro terá paralisação de todos caminhoneiros do Brasil, falta de mantimentos e todas redes sociais bloqueadas #boato

Boato – Áudio relevador mostra que o dia 7 de setembro terá uma greve dos caminhoneiros até o voto impresso ser aprovado e ministros do STF caírem, vai faltar tudo e subir o preço das coisas e redes sociais serão bloqueadas para a direita não se organizar.

Ontem mesmo, falamos de forma “pouco suave” (talvez não ríspida o suficiente) que as fake news sobre o dia 7 de setembro estão aí para enganar ingênuos e radicais (ou ambos). Hoje temos mais um exemplo disso.

Um áudio de exatamente 3 minutos e 25 segundos de uma mulher com um discurso claramente radical e antidemocrático aponta para o que “estaria por vir no dia 7 de setembro”. Durante o áudio, ela cita que os caminhoneiros, a partir das 5h da manhã do Dia da Independência do Brasil, vão “parar por 72 horas” e pedir para que o voto impresso seja aprovado e os ministros do STF sejam depostos. Depois disso, se o pedido não for atendido, os caminhoneiros iriam parar por tempo indeterminado até a “situação estar resolvida” (em outras palavras, com o golpe aplicado).

O áudio também alerta que, por causa da paralisação dos caminhoneiros, vai “faltar tudo” e os preços vão subir (como se já não estivéssemos sob uma inflação nas alturas) e, por isso, dá o “lindo conselho” de que se estoque comida. A mulher, ainda, diz que as redes sociais serão bloqueadas para “evitar que a direita” se organize e e que “essa será a última chance para não fazer o Brasil virar uma Venezuela. Leia transcrição do áudio que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

Oi gente bom dia. Sumi um pouco, mas estou aqui para passar um recado para vocês. Sábado passado, eu participei de uma reunião, Ronaldo tava lá também ,com as principais lideranças dos movimentos de direita do estado. O Caminhoneiro Bira estava lá também que é o representante dos caminhoneiros estado do Espírito Santo e ficou definido o quê sobre o movimento 7 de Setembro?

Dia 7, às 5 horas da manhã os caminhoneiros vão parar. Todos os caminhoneiros o Brasil inteiro, Brasil todo, só vai passar carro de passeio, cargas perecíveis e ônibus. Passadas 72 horas, quer dizer no dia 10, 5 horas da manhã, não passa nada, nem ônibus, nem carro, só ambulância, corpo de bombeiros e polícia, tá?

Então se vocês tiverem, vocês que são Lojistas tiverem algum pedido de fora do estado para manter o seu comércio, antecipe os pedidos porque depois dessa data a gente não sabe quanto tempo vai durar essa paralisação. Vai ser até resolver o problema lá do STF, do voto impresso, eessa coisa toda. Então se organizem quem tem condições. Oriente funcionários, faça um estoque até para dentro de casa porque vai faltar tudo, vai faltar tudo, o que tiver vai ser muito caro, tá?

Outra coisa o que tiverem que resolver por redes sociais resolvam logo porque perto de 7 de setembro nós estamos correndo um grave risco de todas as redes sociais serem bloqueadas para evitar a comunicação entre os movimentos de Direita, entre os organizadores desses movimentos a nível Brasil.

Então, gente a gente está numa guerra a gente achou que a guerra com covid era grande, mas nós estamos numa guerra que vocês não tem assim noção da extensão dela. Então nossa última oportunidade de colocar o Brasil em dia é 7 de Setembro. Se não der certo quem tem passaporte pode ir embora do país e viver outro lugar porque aqui vai virar comunismo. Vai virar uma Argentina da vida, uma Venezuela, entendeu?

Não tem para onde correr o mundo inteiro está em crise política, os valores eles estão todos deturpados no mundo inteiro não é só aqui no Brasil. Então a gente tá Lutando para sobreviver e essa última oportunidade a nível de Brasil que a gente tem para continuar mantendo segurando aqui mais um tempo tá bom qualquer dúvida que vocês tiverem pode me chamar aqui no privado fica com Deus que Deus abençoe abençoe a todos nós

7 de setembro terá paralisação de todos caminhoneiros do Brasil, falta de mantimentos e todas redes sociais bloqueadas?

Caraca, esse povo dá trabalho. De alguma forma (provavelmente com compartilhamentos automatizados que mereciam atenção especial da Justiça), o áudio se espalhou com toda força no WhatsApp. Se ele tivesse “só verdades” já seria um absurdo: é uma clara incitação a um golpe e flerta (pra não dizer “se lambuza”) no autoritarismo. Mas, para piorar, está cheio de mentiras.

A primeira e principal balela é sobre o tal “movimento de todos os caminhoneiros do Brasil” contra o STF e a favor do voto impresso. Não existe nada sobre caminhoneiros (pelo menos não um número relevante) pararem por 72 horas como aviso e depois definitivamente por “intervenção militar”. Tivemos que desmentir conteúdo que apontavam para a mesma ladainha (possivelmente com o intuito de instar o movimento) algumas vezes. Como o desmentido sobre isso também vale para hoje, relembre o que escrevemos aqui, aqui, aqui, aqui e aqui (veja também um vídeo sobre o assunto):

Para começar, a mensagem parte de alguns pressupostos errados. O primeiro deles é que seja possível realizar uma “paralisação de rodovias federais até que a intervenção militar” seja declarada”. Ao contrário do que essas mensagens tentam transparecer, o número de pessoas que são favoráveis a um golpe militar (que é algo inconstitucional) não é grande o suficiente para sensibilizar a opinião pública. Na realidade, o desejo de uma intervenção militar, como mostra esta pesquisa, sequer é maioria entre bolsonaristas.

Com esse quadro, vamos imaginar os problemas que essas pessoas vão ter em “paralisar rodovias para pedir um golpe no Brasil”. Primeiro, a adesão seria baixa. Segundo, essas pessoas seriam tratadas como criminosas. Terceiro, forças policiais seriam chamadas para cuidar da situação. O resultado seria um movimento que não só conseguiria as pautas desejadas como também seria escrachado publicamente.

Além disso, os “pedidos” descritos (além da intervenção militar) também são inconstitucionais. Não há como “aprovar o voto impresso para as eleições” uma vez que a proposta já foi rejeitada no Congresso (que representa a população). Também não há como “trocar ministros do STF” (até porque nenhum crime está sendo cometido por eles).

Vale reforçar que a “arma” apontada na mensagem são os caminhoneiros. E aí temos mais um erro. Como apontamos neste desmentido, a classe não é massa de manobra de grupos políticos. Isso foi comprovado depois que o cantor Sérgio Reis foi desautorizado por lideranças dos caminhoneiros ao falar sobre uma “greve a favor da intervenção militar”.

Uma vez que não haverá um grande movimento de bloqueio que fará com que haja desabastecimento, não é necessário “estocar alimentos” (como a pessoa do áudio diz). Fazer compras em massa é que causaria esse desabastecimento, subida nos preços e, de forma indireta, faria algo que a patriota em questão não quer: prejudicar ainda mais o governo Bolsonaro.

Também é falsa a denúncia de que as redes sociais serão bloqueadas para “evitar que a direita se comunique”. Para começar, não há nenhuma prova de que isso possa ocorrer. Para além disso, trata-se de um boato já batido. Como mostram esses exemplos (aqui e aqui), não é de hoje que notícias apontam que a “internet vai ser cortada” para evitar o movimento do “povo”.

Também são ridículas as colocações que essa será a “última chance” de dar um golpe (como apontamos aqui, o movimento será apenas político porque não há apoio popular para movimentos radicais darem um golpe) e que o Brasil “vai virar” a Argentina ou Venezuela (falamos sobre isso aqui). Esse é um tipo de comparação simplesmente retórica e que não tem cabimento. Brasil é Brasil, Argentina é Argentina, Venezuela é Venezuela, EUA é EUA, China é China e por aí vai.

Resumindo: o áudio que está circulando aí é, com o perdão da palavra, mais um lixo que está sendo compartilhado para inflamar as pessoas em grupos bolsonaristas. Além de defender pautas de importância duvidosa (enquanto falam em poder, estamos ainda em uma pandemia e com inflação em alta), está cheio de informações falsas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet