Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Tecnologia > WhatsApp será bloqueado por 48h durante as eleições de 2022 #boato

WhatsApp será bloqueado por 48h durante as eleições de 2022 #boato

WhatsApp será bloqueado por 48h durante eleições 2022, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – A justiça determinou o bloqueio do WhatsApp por 48 horas no Brasil a partir da meia-noite de hoje até o fim das eleições de 2022. Medida é para derrubar Bolsonaro.

Estamos presenciando um aumento sensível no volume de fake news nos últimos dias, principalmente pelo WhatsApp. E quando isso acontece, uma velha história sempre volta a circular: do bloqueio do aplicativo pela justiça.

De acordo com uma mensagem que está circulando online, a justiça decidiu bloquear o WhatsApp por 48 horas a partir da meia-noite. Isso resultaria no aplicativo bloqueado até o dia das eleições 2022.

A prova do bloqueio é um vídeo da GloboNews. Junto ao vídeo há uma mensagem que aponta que o bloqueio seria uma tentativa do poder judiciário de “derrubar” Bolsonaro. Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Justiça ordena bloqueio do WhatsApp por dois dias a partir da meia-noite. O “aparelhamento” para derrubar Bolsonaro está absurdamente claro. O Judiciário transformou-se clara e vergonhosamente vendido e empenhado em favorecer a esquerda, ainda que usando de meios radicais em afronta à nossa Carta, nossos direitos, nossa dignidade e liberdade. Estaremos a partir de hoje, por 48 horas, com o WhatsApp bloqueado. Cadê os SENADORES deste País? COVARDES, CORRUPTOS!

WhatsApp será bloqueado por 48h durante eleições 2022?

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

É claro que esta história não iria demorar para se espalhar na internet. Porém, a informação que aponta que o WhatsApp será bloqueado 48 horas durante as eleições de 2022 é falsa.

Na realidade, a história não passa de uma nova versão de um velho boato. Já desmentimos fake news sobre o bloqueio do WhatsApp que usavam o mesmo vídeo em 2020 e durante as manifestações de 7 de setembro de 2021. Como o desmentido de outrora vale para hoje, relembre o que escrevemos:

Sobre o que “há de novo”: as mensagens que apontam para o “bloqueio do WhatsApp” não procedem. Além de terem características de boatos online como serem vagas, alarmistas, terem erros de português e não citarem nenhuma fonte confiável, os conteúdos carecem de algo elementar em uma denúncia como essa: provas. E, a partir do momento que não há provas ou mesmo indícios de que haverá o bloqueio, temos apenas um boato.

Sobre o conteúdo “seminovo”. O áudio que fala de forma superficial sobre o tal bloqueio do WhatsApp já foi desmentido em outra oportunidade no Boatos.org. A ameaça apontada pela mulher não passa de uma série de notícias falsas contidas no arquivo. Você pode ver mais detalhes da checagem neste texto ou no vídeo abaixo:

Sobre o vídeo. Trata-se de uma fake news recorrente. Periodicamente, o vídeo da GloboNews com o jornalista Dony De Nuccio (que nem está mais na emissora) anunciando o bloqueio do WhatsApp por 48 horas volta a circular. A última foi em 2020. Como o desmentido da época vale para hoje, relembre o que escrevemos.

Dentre as inúmeras vezes que desmentimos boatos relacionados ao bloqueio do WhatsApp (tem versões, por exemplo, de março de 2016, julho de 2016, janeiro de 2017, maio de 2018 e março de 2019), tem uma (também de maio de 2018) que usa como ilustração exatamente o vídeo de hoje. Por isso mesmo, relembre o que escrevemos na época:

Tão logo o vídeo voltou a circular na internet, fomos, inclusive, desafiados por alguns. Um leitor falou o seguinte: “A Globo News falou que o WhatsApp vai ser bloqueado. E agora, quem está certo?”. Para esse e outros leitores, temos uma notícia. O Boatos.org está certo, a Globo News esteve certa e quem está compartilhando o vídeo em 2018 está errado. Vamos aos fatos.

Há um detalhe muito importante no vídeo do jornalista Dony De Nuccio no Jornal das 10: ele foi veiculado no dia 16/12/2015. Na época, o aplicativo havia sido bloqueado no Brasil, Dony (hoje no Jornal Hoje, da TV Globo) trabalhava na Globo News e a história procedia. Ainda tem dúvidas? É só conferir no link do vídeo.

Não há muito mais o que falar: o vídeo que seria a mais nova “prova” de que o WhatsApp vai ser bloqueado no Brasil é de 2015. Ou seja, a informação que aponta que a Justiça ordenou o bloqueio do aplicativo por dois dias a partir da meia-noite é desatualizada em 2018. E, nesse caso, notícia antiga também pode ser utilizada para disseminar boatos.

A única diferença entre 2018 e 2020 está no destino do apresentador Dony De Nuccio. Ele (que aparece no vídeo de 2015) estava na TV Globo em 2018. Hoje, está fora da emissora.

Antes de terminar mais uma informação: muita gente acreditou na informação do vídeo porque em fevereiro de 2018 o WhatsApp deixou de funcionar em alguns telefones. No início do mês, o aplicativo apresentou (de acordo com relatos de usuários, como falamos antes) alguns problemas. Ou seja: bastou isso para a balela se disseminar.

Vale apontar que, ao buscar por qualquer notícia sobre o bloqueio do WhatsApp em 2022, na véspera das eleições, nada encontramos além de textos falsos e desmentidos. Não há nada em fontes confiáveis.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que o WhatsApp vai ser bloqueado por dois dias até as eleições de 2022. O vídeo que está circulando como atual é, na realidade, de 2015 e não há nenhuma fonte confiável que ateste que o bloqueio irá ocorrer.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso