O melhor de 2021 no Boatos.org, por Carol Lira

Na terceira parte da Retrospectiva das fake news, Carol Lira lista os cinco boatos mais absurdos no Boatos.org em 2021. Na lista, “farsa das mortes na pandemia”, “passaporte gay” e “vacinas contra a Covid-19”.

2021 está chegando ao fim, e como manda a tradição, chegou a hora de fazermos um balanço dos boatos mais absurdos que viralizaram neste ano “quase” interminável. Disputas políticas, bolsa família e auxílio Brasil, vacinas, saída das tropas dos Estados Unidos do Afeganistão, protestos, desmatamento na Amazônia, falta de oxigênio e a pandemia. Tudo isso somado à criatividade das mentes brilhantes da internet, serviu de matéria prima para os boatos que viralizaram por aí. 

No caos de tantas incertezas geradas pela pandemia, vimos uma chuva de fake news sobre os mais variados temas, envolvendo a Covid-19, passaporte gay, vacinas, políticos famosos, talibã e entre outros. Com vocês, os cinco boatos mais absurdos que desmenti em 2021. 

Confira o vídeo da Retrospectiva 2021

Confira também:

Páginas da Retrospectiva 2021 das fake news

De semana a semana, o ano de 2021 em fakes

#5 – Talibã mata diversos homens fuzilados no Afeganistão em 2021, mostra vídeo #boato

Depois que o presidente Ashraf Ghani deixou o Afeganistão e anunciou a vitória do Talibã, os afegãos tentaram a qualquer custo deixar o país. Em meio ao caos, imagens (verdadeiras e falsas) sobre o grupo extremista viralizaram na internet. Uma delas mostrava diversos homens sendo executados por um grupo de pessoas encapuzadas. Segundo o texto, tratava-se de um “julgamento coletivo” do Talibã que teria acontecido após o grupo assumir o controle de Cabul, capital do Afeganistão. 

Apesar das cenas caóticas divulgadas pela imprensa, o vídeo em questão é antigo e não foi registrado no Afeganistão, logo, não possui qualquer relação com a tomada de Cabul pelo grupo extremista. A execução foi registrada em 2013, quando grupos rebeldes extremistas islâmicos tomaram o hospital Al-Kindi, em Aleppo, na Síria. Para saber mais, clique aqui

#4 – Prefeito de Garanhuns (PE) manda derrubar estátua de Lula #boato

Na quarta posição está um dos políticos mais famosos do momento: o ex-presidente Lula. Em setembro, um suposto print da Revista Veja, em que aparecia uma imagem de uma estátua sendo retirada por uma retroescavadeira. O texto apontava que a prefeitura havia derrubado a estátua de Lula, construída onde o ex-presidente nasceu. A manchete fez sucesso entre eleitores antipetistas e apoiadores do presidente Bolsonaro.

O que quem comemorou não sabia é que a imagem nada tem a ver com a estátua de Lula e que, por sinal, a tal estátua sequer existe. Isso porque, em 2015, o na época prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), afirmou que “apesar de ser terra natal de Lula, não há esse tipo de monumento por lá”. Além disso, a imagem em questão foi registrada no Rio Grande do Sul. Para saber mais, clique aqui

#3 – Japoneses descobrem que nanopartículas mRNA da vacina ficam no corpo das pessoas e podem causar infertilidade #boato

Em terceiro lugar, um assunto que fez sucesso nas páginas do Boatos.org. A história apontava que um médico pró-vacina alertou para um “grande erro” e uma nova pesquisa conduzida no Japão, onde mostrou que nanopartículas lipídicas (LNPs), contendo o código do mRNA, foram encontradas no corpo dos pacientes vacinados com a Pfizer. O texto afirmava ainda que o estudo assustou por incluir ovários e testículos com capacidade para alterações reprodutivas. É claro que a história confundiu a cabeça de muita gente, mas (infelizmente) muitos usuários se preocuparam à toa. Isso porque a história possuía alguns erros e problemas de interpretação, já que estava baseado em  uma entrevista e um estudo que não foram contextualizados. Na época, o próprio site que divulgou o estudou corrigiu a informação, mas já era tarde. Para saber mais, clique aqui

#2 – Prefeitura de Recife acaba de implementar o passaporte gay #boato

No segundo lugar, uma das histórias mais absurdas e preconceituosas que passou pelas páginas do Boatos.org em 2021: passaporte gay. A história apontava que seria implementado o passaporte gay em Recife. No vídeo, um casal informava que o passaporte gay seria inaugurado na primeira edição dos Jogos do Orgulho e explicavam algumas exigências dos jogos, como a de que os líderes dos times e 50% dos participantes fossem LGBTQIA+.

Pois bem, o único fato verídico nessa história é a competição que, de fato, existe. A competição foi planejada para garantir o direito dos jovens ao lazer e esporte e está previsto no Estatuto da Juventude e no Plano Municipal da Juventude. Os Jogos do Orgulho pretendem promover a inclusão ativa dos jovens LGBTQI+ nas práticas esportivas comunitárias. Em nenhum momento, existiu passaporte gay, na verdade, é só uma iniciativa que promoverá a inclusão de jovens LGBTQI+ no esporte. Para saber mais, clique aqui

#1 – Homem ensacado vivo mexe os braços e revela farsa das mortes na pandemia #boato

A disseminação de boatos sobre o novo coronavírus foi, e ainda é, um dos maiores obstáculos no combate à pandemia de Covid-19. E esse é um dos motivos para essa história ter se tornado o #top1 dessa lista. Em um vídeo, que viralizou nas redes sociais, um homem era supostamente ensacado vivo e dado como morto pela Covid-19 para inflar as mortes por coronavírus no estado. O vídeo bizarro mostrava uma pessoa em uma maca sendo colocada em um saco fúnebre em um hospital. Durante a gravação, os braços do paciente, que estavam acima da cabeça, caem para a maca. Segundo o sujeito do vídeo, essa era a prova da farsa das mortes na pandemia.

Pois bem, toda argumentação do sujeito estava baseada em informações falsas. Além disso, o movimento no braço da paciente registrado no vídeo é um movimento normal de gravidade, o que desmonta a tese de que o “homem foi ensacado vivo”. Para saber mais, clique aqui.