Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > Ashley Biden não confirmou que foi abusada pelo pai, Joe Biden, quando era criança

Ashley Biden não confirmou que foi abusada pelo pai, Joe Biden, quando era criança

Ashley Biden confirmou que o pai, Joe Biden, abusou dela, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – A filha de Joe Biden, Ashley Biden, confirmou que o pai dela cometeu abusos quando ela era criança. 

  Introdução

Durante as eleições de 2020 nos Estados Unidos, o que não faltaram foram mensagens falsas circulando em nome do agora presidente Joe Biden. Uma das fake news apontava que a filha dele, Ashley, teria escrito um diário denunciando abusos do pai.

A história, divulgada por grupos de extrema-direita dos EUA e replicada no Brasil por sites que insistem em contar fake news, foi desmentida mundo afora (inclusive no Boatos.org por aqui). Agora, em 2023, uma nova versão apareceu por aí.

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Estão falando que a própria Ashley Biden teria confirmado os abusos em um áudio que teria sido enviado ao mesmo site que havia contado a “história do diário”. Ela teria, de acordo com uma publicação em português no Brasil, dito que houve abusos e que o diário é real. Leia trechos do conteúdo:

Ashley Biden confirma que o pai Joe abusou sexualmente dela ‘repetidamente’ quando criança O áudio bombástico da filha de Joe Biden, Ashley Biden, foi lançado, no qual a primeira filha luta desesperadamente para se apossar de seu diário perdido e finalmente admite que a grande mídia e a comunidade de inteligência estão mentindo o tempo todo … e o diário é dela .

  Análise

O conteúdo é bombástico e a mensagem tem características de fake news como o tom alarmista e a falta de citação de fontes confiáveis (logo, vocês verão que as fontes citadas não são confiáveis). Achamos outro elemento estranho: o texto em português parece ter sido traduzido automaticamente.

Para além disso, o site que publicou a informação (que não daremos o nome para não dar publicidade gratuita) é um contumaz disseminador de desinformação. Na época da pandemia, sempre divulgava fake news sobre as vacinas (há exemplos aqui, aqui e aqui). Agora, divulga fake news gerais como, por exemplo, contra o papa Francisco.

Na parte da checagem, vamos responder às seguintes questões: 1) Ashley Biden revelou que foi abusada pelo “pai Joe” quando criança? 2) A questão do diário de Ashley Biden é real? 3) Há alguma prova de que o presidente dos EUA tenha cometido qualquer abuso?

Checagem

Ashley Biden revelou que foi abusada pelo “pai Joe” quando criança?

Não há qualquer prova disso. Para começar, não há qualquer registro em fontes confiáveis que apontem que a filha de Joe Biden tenha feito a tal revelação. Se fosse real, estaria saindo em tudo que é lugar. Porém, só saiu em páginas conspiracionistas (as mesmas que apontavam que o diário comprovava abusos). Ou seja: não é possível confiar na fonte.

A questão do diário de Ashley Biden é real?

De fato, há julgamentos de duas pessoas que teriam roubado o diário de Ashley Biden em 2020. Porém, conforme apontamos em 2020 e foi dito no site Snopes no final do ano passado, não há qualquer prova de que ela tenha relatado que foi abusada. O conteúdo não é comprovado e, mais do que isso, a “denúncia de abusos” está vindo de forma enviesada.

Há alguma prova de que o presidente dos EUA tenha cometido qualquer abuso?

Não há! O conteúdo do diário não foi verificado, não foi aberta nenhuma denúncia contra Joe Biden e, principalmente, Ashley não confirmou que as denúncias procedem. Ou seja: tudo é um amontoado de acusações com nada de provas.

Conclusão

Boato sem comprovação 👎

Não é possível cravar que Ashley Biden tenha revelado que foi abusada pelo pai, que é presidente dos Estados Unidos. Além de o diário não ter autenticidade comprovada, todas denúncias não foram para frente. Ficaram apenas entre conspiracionistas.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm