Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Governo do Canadá admite que não vacinados estavam certos na pandemia #boato

Governo do Canadá admite que não vacinados estavam certos na pandemia #boato

Governo do Canadá admite que não vacinados estavam certo na pandemia, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Em comunicado, governo do Canadá afirma que as pessoas que não se imunizaram estavam certos sobre as vacinas mRNA.

Há pouco mais de 3 anos, as pessoas recebiam a notícia que, literalmente, parou o mundo. A pandemia da Covid-19 começava a se espalhar pelo mundo todo e a causar medo em todos os lugares.

Foram meses de uso de máscara de proteção e mudanças de hábito (como limpar todas as compras e evitar colocar a mão no nariz), semanas de isolamento total e quase um ano de espera pela vacina que nos proporcionou voltar ao “antigo normal”.

Nesse meio tempo, as histórias falsas sobre o assunto não pararam de se multiplicar. Exemplo disso é a história de hoje. De acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, o governo do Canadá teria admitido que as pessoas que não se vacinaram contra a Covid-19 estariam certo sobre a pandemia. Segundo a história, o governo teria emitido um pedido de desculpas e afirmado que os não-vacinados estavam certos sobre a agenda da elite em torno da vacinação em massa contra a Covid-19. Confira:

“GOVERNO CANADENSE ADMITE: “Os não vacinados estavam certos sobre as vacinas de mRNA”. O governo emitiu um raro pedido de desculpas aos cidadãos não vacinados na semana passada e admitiu que estava certo o tempo todo sobre a agenda da elite por trás da campanha de vacinação em massa”.

Análise da mensagem que está circulando online

Vídeo: não é verdade que borra de café seja a melhor solução mosquito da dengue

Para realizar a checagem de hoje, buscamos a história em algumas redes sociais, como no Twitter. Na rede social, a publicação já conta com quase 240 mil visualizações.

Ao encontrar a história, logo de cara ficamos desconfiados, uma vez que o texto apresenta características recorrentes em fake news na internet. 1) O caráter vago (a mensagem cita apenas o governo do Canadá, mas não traz mais informações) e alarmista (o objetivo do texto é apenas causar medo em relação às vacinas contra a Covid-19); 2) A origem da informação (que coloca toda a história em xeque).

Não é de hoje que histórias falsas sobre a pandemia da Covid-19, especialmente sobre as vacinas, estão circulando na internet. Ao longo dos últimos três anos, a equipe do Boatos.org desmentiu centenas delas (aqui, aqui e aqui) e, de maneira geral, essas mensagens apenas tentam criar uma narrativa para descredibilizar as vacinas contra a Covid-19.

Governo do Canadá admite que não vacinados estavam certo na pandemia?

A história logo é colocada em xeque por conta da origem da informação. Os dados foram retirados de um site famoso por criar histórias antivax e negacionistas. Inclusive, aqui no Boatos.org, nós já desmentimos histórias criadas por essa página (aqui e aqui). Em 2021, o site criou uma história que indicava que as pessoas vacinadas contra a Covid-19 estariam desenvolvendo Aids. Tudo isso para as pessoas não se vacinarem.

E ao analisar a história de hoje, descobrimos que toda a notícia se baseou na declaração de uma política antivacinas, Danielle Smith. Em 2021, Danielle Smith, a então primeira-ministra de Alberta (Canadá), comparou as pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 com o nazista Adolph Hitler. Se isso não fosse o suficiente, em 2020, Danielle Smith teve que apagar um tuíte onde afirmava que a hidroxicloroquina curaria 100% a Covid-19.

Por fim, Danielle Smith não representa o governo do Canadá, apenas a província de Alberta. Atualmente, o primeiro-ministro do Canadá é Justin Trudeau. Mas mesmo que ela representasse o país, a afirmação de que os não-vacinados estariam certos sobre a vacina continuaria estando errada. Os resultados da vacinação em massa ao redor do mundo mostram que as vacinas funcionam e são efetivas.

Em resumo: a história que diz que o governo do Canadá teria emitido um comunicado onde admite que as pessoas que não se imunizaram contra a Covid-19 estariam certas sobre as vacinas é falsa! A história surgiu a partir da declaração da primeira-ministra de Alberta, no Canadá, Danielle Smith. A mulher é uma política negacionista que é conhecida por dar declarações contra as vacinas e a favor de tratamentos sem evidências científicas. Além disso, a história foi publicada em um site antivax bastante conhecido pelos checadores. Por fim, Danielle Smith não representa o governo do Canadá e, mesmo que representasse, sua afirmação continua estando equivocada (e os números da vacinação em massa ao redor do mundo podem mostrar).

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm