Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Flórida classifica vacinas contra Covid-19 como armas biológicas ilegais #boato

Flórida classifica vacinas contra Covid-19 como armas biológicas ilegais #boato

Flórida classifica vacinas contra Covid-19 como armas biológicas ilegais, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Governo da Flórida vai classificar as vacinas do tipo mRNA contra a Covid-19 como armas biológicas.

1 – Introdução

A procura pela dose de reforço com a vacina bivalente contra a Covid-19 está abaixo do esperado e anda preocupando especialistas. Os dados mostram que o grupo de pessoas com 60 anos ou mais foi o que mais procurou pelo imunizante, somando cerca de 35% de vacinados.

Enquanto isso, o grupo de pessoas entre 18 e 29 anos foi o público que menos procurou pela vacinação. Nesse público, nem 5% das pessoas se imunizaram com a vacina bivalente. A situação acendeu um sinal de alerta, já que as vacinas foram um dos pilares para o controle da Covid-19 no mundo todo.

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

E infelizmente, muitas histórias que estão circulando na internet não ajudam em nada a mudar essa situação. Pelo contrário, muitas delas apenas desestimulam a procura pelo imunizante. A história de hoje é um exemplo. De acordo com ela, a Flória teria classificado as vacinas do tipo mRNA, contra a Covid-19, como armas biológicas ilegais. Segundo a publicação, as vacinas seriam perigosas e estão envolvidas em diversos casos de mortes. Confira:

Versão 1: “AGORA É OFICIAL: Flórida classificará oficialmente vacinas de mRNA COVID como ‘armas biológicas’ ilegais “Evidências fortes e confiáveis foram recentemente reveladas de que as injeções de Covid-19 e Covid-19 são armas biológicas e tecnológicas”, diz o projeto de resolução de Brevard, citando alegações que foram refutadas e contestadas por grupos médicos respeitados. “Um número enorme de humanos morreu ou foi permanentemente incapacitado” pela vacina, diz. “Agências governamentais, empresas de mídia e tecnologia e outras corporações cometeram uma enorme fraude alegando que as injeções de Covid-19 são seguras e eficazes.”

Ele pede que DeSantis proíba a venda e distribuição da vacina “e todas as vacinas relacionadas” e que o procurador-geral da Flórida, Ashley Moody, apreenda todas as doses restantes no estado para testes de segurança, “em nome da preservação da raça humana”. diz. Também exige divulgações obrigatórias sobre qualquer produto no estado “usando mRNA ou alteração de genes ou tecnologia terapêutica”. Os republicanos do condado de Hillsborough aprovaram uma resolução semelhante no mês passado. Seu autor original, o psicoterapeuta do condado de Lee Joseph Sansone,  disse ao Tampa Bay Times em junho que os capítulos do Partido Republicano aprovaram a moção em pelo menos cinco outros condados, incluindo Collier, Lake, St. Johns, Santa Rosa e Seminole, informou o jornal”.

Versão 2: “AGORA É OFICIAL: Flórida classifica oficialmente vacinas de mRNA COVID como ‘armas biológicas’ ilegais. Os legisladores da Flórida anunciaram planos para designar oficialmente as vacinas de mRNA Covid como ‘armas biológicas’ que são perigosas para a saúde humana”.

2 – Análise da mensagem

A história de hoje foi amplamente compartilhada nas redes sociais, especialmente, no Twitter. Em apenas uma das publicações, já são quase 5 mil compartilhamentos e mais de 13 mil curtidas. O texto também circulou com bastante intensidade em sites negacionistas (um, em particular, que sempre compartilha conteúdos falsos traduzidos de páginas antivacina).

O conteúdo apresenta muitas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis. Além disso, a equipe do Boatos.org já desmentiu centenas de histórias falsas como essa (aqui, aqui e aqui).

E toda essa história despertou curiosidades: a Flórida realmente classificou as vacinas contra a Covid-19 como armas biológicas ilegais? As vacinas são armas biológicas ilegais? O que a Flórida diz a respeito disso?

3 – Checagem

Flórida classifca vacinas contra Covid-19 como armas biológicas ilegais?

Não. A história surgiu em sites negacionistas de língua inglesa e, inclusive, já foi desmentida. De acordo com o site Politi Fact, o governo da Flórida nunca disse isso. Na realidade, líderes do Partido Republicano na Flórida fizeram uma carta onde pediam que as vacinas fossem banidas, alegando que elas seriam armas biológicas. O pedido, óbvio, não foi aceito.

Vacinas são “armas biológicas ilegais”?

Não. Já estamos cansados de repetir aqui que as vacinas não são armas e nem foram feitas para esse fim. Todo e qualquer imunizante precisa passar por um processo extenso até ser aprovado e liberado para uso da população. São inúmeros testes, que começam no laboratório e precisam demonstrar eficácia e segurança, depois passam para testes em animais e humanos. Caso o imunizante apresente algum problema ou não se demonstre seguro e eficaz em qualquer etapa, ele precisa ser reformulado. E mesmo depois dos inúmeros estudos, a vacina precisa passar pela aprovação da agência reguladora de cada país (que vai analisar toda a pesquisa e julgar se a vacina atende todos os requisitos).

O que a Flórida diz a respeito disso?

O governador da Flórida tem um discurso muito parecido com o do ex-presidente Donald Trump, até porque Ron DeSantis é pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano. Em 2022, ele pediu à Suprema Corte para investigar sobre supostas infrações relacionadas às vacinas contra a Covid-19.

Porém, o próprio Departamento de Saúde da Flórida segue defendendo a importância das vacinas. Além disso, eles defendem a segurança e eficácia dos imunizantes não só contra a Covid-19, mas também contra outras doenças. Para o Departamento de Saúde da Flórida, a imunização é de extrema importância.

4 – Conclusão

Fake news 👎❌

A história de que a Flórida teria classificado as vacinas contra a Covid-19 como armas biológicas ilegais é falsa! A Flórida não falou nada sobre isso. O que aconteceu foi que um grupo de líderes do Partido Republicano da Flórida escreveu uma carta, pedindo o banimento das vacinas, sob a alegação de que elas seriam armas biológicas. Mas o pedido não foi aceito. E apesar do discurso negacionista do governador da Flórida, o Departamento de Saúde da Flórida segue defendendo o uso da vacina e ressaltando a importância e a segurança dos imunizantes.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm