Homem filmado batendo em criança foi espancado na cadeia e quase morreu #boato

Boato – Depois de ser preso, homem que aparece em vídeo batendo em criança foi espancado na cadeia e quase morreu.

Agora há pouco, o Boatos.org esclareceu um boato que dava conta que era preciso compartilhar um vídeo de um homem batendo em uma criança para que ele fosse preso. Como a gente “demorou” para desmentir essa história, o boato já evoluiu.

Agora, a história que está viralizando aponta que o sujeito já foi preso. Tudo estaria certo se não fosse um detalhe: a mensagem (que viralizou no WhatsApp) aponta que o homem acabou sendo espancado na cadeia e quase morreu. Leia a mensagem que circula por aí e linka para um site “com mais detalhes sobre o caso”:

*APÓS SER PRESO, HOMEM QUE APARECE EM VÍDEO BATENDO EM CRIANÇA É BRUTALMENTE ESPANCADO NA CADEIA E QUASE MORRE* Mal acaba de entrar na sela , o homem é espancado. Enquanto apanhava, o homem, que estava nu, é obrigado pelos presos a andar e ficar em pé enquanto leva chutes e pauladas nas perna e obrigado a gritar:

“Eu sou um monstro”. O homem que não teve seu nome revelado, aparece em um vídeo dando tapas e socos no estômago da criança forçando a mesma a ficar em pé. O vídeo viralizou no Whatsapp e causou bastante indignação as pessoas.

Homem filmado batendo em criança foi espancado na cadeia e quase morreu?

Muitas das pessoas que compartilharam o vídeo “para que ele fosse preso” também compartilharam a história em questão (claro que com um desejo de “justiça” na cabeça). Mas será mesmo que essa história de homem espancado é real? Não, não é.

Assim como no caso recém-tratado aqui, a história tem algumas das principais características de boatos online: é vaga, alarmista, tem erros de português (destaque para o “sela”), pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Para “ajudar”, o link que está ao final da mensagem é de um site que faz parte de uma rede de sites que compartilham notícias falsas na internet.

Para além disso, essa mesma estrutura de texto já foi utilizada em outros boatos online. Um exemplo é o que aponta que Adélio Bispo foi espancado na prisão. Também teve o caso (falso) do segurança do Carrefour, do homem que bateu na mãe, do patrão que chicoteou o empregado e tantos outros. A história é sempre a mesma: algo choca as pessoas na internet, há um linchamento virtual e alguém inventa a notícia de que o linchamento foi real.

Vamos ver o que temos até agora: mensagem com características de boatos online, a fonte é um site de fake news e a história (inclusive com a mesma estrutura) já é uma constante no mundo das fake news. Para terminar, temos apenas “o nada”.

Isso mesmo, ao buscar mais detalhes sobre a prisão do sujeito, nada achamos sobre agressão na cadeia. O homem da filmagem foi preso em Riad (Arábia Saudita) e aguarda os desdobramentos do caso sem maiores intercorrência.

Resumindo: a história que aponta que o homem que foi filmado agredindo uma criança apanhou na prisão é falsa. É mais um fake news que só serve para despertar sentimentos nada nobres nas pessoas por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)