Caminhoneiros de todo Brasil farão greve por causa da quarentena do coronavírus #boato

Boato – Caminhoneiros de todo o Brasil farão uma greve geral na próxima terça-feira (07). Paralisação será deflagrada por causa da quarentena do novo coronavírus.

É fato! Sempre que o clima político fica mais acirrado no país, alguém começa a conclamar uma “greve dos caminhoneiros”. O trauma vivido após as paralisações de maio de 2018 fez com que a categoria tivesse consciência de sua importância e que a palavra “paralisação” começasse a ser usada politicamente.

Isso aconteceu em diversos “alarmes falsos” sobre uma greve. Seja por ameaça por parte da categoria, por artifício político ou por pura invenção, o fato é que não foram poucas as vezes que viemos aqui para falar que “não haverá greve”. Cá estamos novamente para falar sobre isso.

De acordo com mensagens que estão sendo compartilhadas em redes sociais, os caminhoneiros de todo Brasil estão organizando uma greve a partir do dia 7 de abril de 2020 (uma terça-feira). A ação, que poderia colocar o país em um caos maior, teria como principal reivindicação (olha só) o fim da quarentena do novo coronavírus.

A informação está circulando por meio de um áudio (que não iremos colocar aqui) gravado por um caminhoneiro (que se diz apoiador do presidente Bolsonaro) do Espírito Santo. Leia algumas das versões do anúncio que circula por aí:

Versão 1: Caminhoneiros parando ,acabou o Ceasa,quitandas, mercados, lanchinho da quarentena e outras necessidades básicas. Acorda Brasil! Versão 2: ESTA AGENDADA PARA TERCA FEIRA PROXIMA GREVE GERAL DE CAMINHONEIROS EM TODO O PAIS. VAI COMECAR O CAOS NO ABASTACIMENTO. ISSO SERA MOTIVO DE SAQUES PELO POVO NAS REDES DE SUPERMERCADOS. Versão 3: Não sei se acontecerá, mas estão rolando áudios no Whatsapp, dizendo que se amanhã os governadores não decidirem pelo retorno às atividades, na terça-feira se iniciará uma greve gigante dos caminhoneiros!

Versão 4: Greve dos caminhoneiros. Terça feira os profissionais das estradas entrarão de greve se o comércio não voltar ao normal. Não entregarão mercadorias nos supermercados e etc e tal. Portanto, aqueles que puderem ir as compras e abastecer as dispensas, é recomendado por eles. Estão fazendo isso pela população e para conter os governadores dos estados que estão obrigando as famílias brasileiras a passar fome por não terem como se sustentarem.

Caminhoneiros de todo Brasil farão greve por causa da quarentena do coronavírus?

Muita gente ficou com medo (principalmente por causa do áudio tão incisivo que ameaçava a greve se o isolamento social não acabasse). Mas será mesmo que os caminhoneiros de todo Brasil vão entrar em greve por causa do novo coronavírus e o Brasil vai parar? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

O primeiro ponto que nos levanta suspeitas é justamente o histórico desse tipo de fake. Já desmentimos greve de caminhoneiros nas seguintes ocasiões: em maio de 2018, junho de 2018, setembro de 2018, março de 2019, abril de 2019, maio de 2019, junho de 2019, dezembro de 2019 e outras.

Assim como em alguns outros casos, houve o erro de tomar uma parte (no caso de hoje, bem pequena) como o todo. De fato, há um movimento (pequeno) no Espírito Santo de uma pessoa que é “bolsonarista” e a favor da intervenção militar. Como é possível ver na página, já houve uma ameaça de paralisação que foi “adiada”.

Fora esse movimento (que está sendo insuflado por alguns grupos que nada têm a ver com a classe), não achamos nenhum movimento significativo pedindo uma greve dos caminhoneiros pelo fim da quarentena do coronavírus. Para fazer esse levantamento, consultamos notícias recentes sobre o assunto e entidades que lideraram a greve dos caminhoneiros de 2018.

De acordo com essa matéria do UOL, a CNTA (Confederação Nacional dos Transportes Autônomos) apontou que é “insano falar em paralisação” nesse momento. A CNTA, classificou as pessoas que falam em greve como “líderes de patota”. A Abcam (Associação Brasileira de Caminhoneiros) apontou que os áudios aparecem de forma dispersa e que não há qualquer movimentação.

A Abrava (Associação Brasileira de Veículos Automotores) também descartou qualquer informação de greve (como aponta essa matéria da Agência Estado, publicada no Jornal de Brasília). Por fim, o próprio ministro Tarcísio de Freitas (da Infraestrutura) disse que o abastecimento está garantido durante a pandemia.

Vale dizer que, com a situação que estamos vivendo (no qual o país está em estado de calamidade), mesmo que ocorra uma greve dos caminhoneiros, não é difícil a Justiça decidir pelo fim de bloqueios de estradas (isso aconteceu com uma tentativa de bloqueio em fevereiro deste ano). Até porque entrar em greve para pedir fim da quarentena é algo muito pouco defensável (só no hospício alguém vai concordar com isso).

Resumindo: a história que aponta que haverá uma greve geral de caminhoneiros pedindo o fim da quarentena do novo coronavírus é falsa. Não há mobilização suficiente para que ocorra um movimento deste tipo, ainda mais por uma motivação como essa.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2C0i08f

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet