Caminhoneiros farão nova paralisação no domingo, avisam líderes da greve #boato

Boato – Líderes dos caminhoneiros em greve avisam que categoria fará uma nova paralisação no domingo. Ordem é que todos estoquem alimentos e combustíveis porque o Brasil vai “parar de vez”. Se você está procurando pelo texto que fala da greve de 25 de junho de 2018, clique aqui. 

Sabe aquele vilão de filme de terror você acha que matou, mas na última cena (depois do final feliz) ele aparece e mostra que está vivo (e com vontade de se vingar). É isso que está acontecendo com a notícias falsas relacionadas a greve dos caminhoneiros. Quando achávamos que elas haviam acabado (e sido substituídas pelo “desafio das princesas”), eis que uma “poderosa” vem à tona.

Assim como as fake news, a promessa é de que a própria paralisação dos caminhoneiros recomece. Recebemos inúmeras versões de mensagens no WhatsApp (entre texto e áudios) falando que os líderes da greve anunciaram que no domingo (em algumas versões na segunda-feira), os caminhoneiros vão parar. Leia duas dessas mensagens que circulam online:

URGENTE. LÍDERES DOS CAMINHONEIROS AVISAM, E PEDEM PARA TODOS OS CIDADÃOS BRASILEIROS, ESTOCAREM ALIMENTOS EM CASA E ENCHEREM O TANQUE DOS SEUS CARROS, NOS PRÓXIMOS 3 DIAS, POIS GOVERNO VETA AS PROPOSTA FEITA POR PRESIDENTE E NOVA PARALISAÇÃO VAI SER FEITA JUNTO COM TODA POPULAÇÃO BRASILEIRA. DESTA VEZ O BRASIL PARA DE VEZ. NOVA PARALISAÇÃO ACONTECERA DE DOMINGO PARA SEGUNDA DIA 4 de junho – 2018

Pessoal vamos apenas descarregar nossos caminhões e retornar pra nossas casas, Se preparem pois até amanhã a noite, o Brasil vai parar novamente não carreguem seus caminhões. Será paralização total. Se vc concorda repassem para o máximo dos grupos que vcs tiverem, SÓ ASSIM VCS CONSEGUEM FAZER A DIFERENÇA A reivindicação será diesel 2.99 Frete mínimo E reajuste somente após o mandato do próximo presidente. COMPARTILHEM VARIAS VEZES, PRA VÁRIOS GRUPOS

Líderes avisam que caminhoneiros farão nova paralisação no domingo?

É claro que todo perrengue que muita gente passou e a torcida de muita gente para que o governo caia fizeram com que os alertas se espalhassem por aí. Mas será mesmo que haverá uma nova paralisação no domingo (ou na segunda)? Pelo que tudo aponta, a resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Primeiro ponto. A história segue aquele roteiro básico das notícias falsas da internet. É vaga (que líderes que falaram?), alarmista (desnecessário dizer o porquê), com erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar uma fonte confiável ou que possa ser checada. Normalmente, são assim que os boatos prosperam.

Resolvemos procurar mais informações para saber se a tal ameaça de nova paralisação surgiu de alguma liderança dos caminhoneiros. Durante a greve, três lideranças a nível nacional se destacaram: a CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autonômos), a Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) e a Unicam (União Nacional dos Caminhoneiros). Nenhuma delas falou sobre novas paralisações.

O movimento que temos visto é justamente contrário a esse. As entidades e a classe dos caminhoneiros tiveram muitos dos seus pedidos atendidos (principalmente a queda em R$ 0,46 no litro do diesel e o preço do frete mínimo) e, apesar de alguns profissionais (voluntária ou involuntariamente) estarem parados, a greve está no fim (também na prática). Nos sites oficiais, é possível ver o pedido, inclusive, para que caminhoneiros que ainda estão coagidos a ficarem parados façam denúncias.

Mesmo que as entidades não estivessem satisfeitas (e parecem estar), há um detalhe “financeiro” que inviabiliza qualquer chance de greve. Há uma multa para entidades e empresas que bloquearem rodovias de R$ 100 mil por hora. Ou seja: se alguém parar, não terá o apoio de associações, sindicatos ou empresas. E aí o movimento enfraquece. Detalhe: as multas estão começando a serem cobradas.

Resumindo: a mensagem que aponta que os líderes dos caminhoneiros vão fazer uma nova paralisação é falsa. Além de ter todas as características de boatos, a conjuntura da situação aponta que, pelo menos por enquanto, não há previsão de uma nova paralisação da classe. A mensagem que circula online tem mais jeito de alarmismo do que outra coisa.

Em tempo: essa história de “estoquem alimentos” já foi citada em outro boato que desmentimos. Foi justamente este alarde que fez algumas prateleiras de supermercados se esvaziarem e os preços subirem. Vale pensar duas vezes antes de sair correndo para as gôndolas ou postos. Fica a dica.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)