Chá de folhas de boldo é a cura do coronavírus #boato

Boato – Chá de folha de boldo é a única coisa capaz de reduzir sintomas da Covid-19 e curou duas pessoas no Brasil. Ele mata o coronavírus. 

O novo coronavírus segue causando medo e incertezas na população mundial. No Brasil, o salto no número de pessoas infectadas e também no de mortes (especialmente de mortes suspeitas) tem preocupado.

Mesmo assim, as fake news sobre a Covid-19 e o novo coronavírus não param de pipocar nas redes sociais. Nos últimos dias, uma história tem chamado bastante atenção dos internautas. Ainda sem uma vacina ou um tratamento adequado contra à Covid-19, muita gente tem apelado para tratamentos alternativos.

Nesse contexto, uma publicação teria sugerido que o consumo de chá de folha de boldo poderia curar o novo coronavírus. No vídeo que acompanha a mensagem, um homem diz que teria contraído o novo coronavírus no Rio de Janeiro e levado para sua família, em São José dos Campos (SP). Ele afirma que a “única” coisa que teria dado resultado para a melhora dos sintomas teria sido o chá da folha de boldo. O homem ainda reforça que o chá teria funcionado para ele e para sua esposa e ressaltou que o novo coronavírus seria uma “bactéria feita em laboratório”. Confira:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: “EU MATEI O CORONAVÍRUS, COM CHÁ DE BOLDO, POSTOU UM CIDADÃO, ESTOU PASSANDO PRA FRENTE, NÃO FAZ MAL”. Versão 2: “A cura do novo coronavirus é chá de folha de boldo é tiro e queda faça o teste e depois vejo se quiser ajuda né”. Versão 3: “Remédio natural contra coronavírus”. Versão 4: “Compartilhem quem aí no Brasil tem muito chá de boldo vale se prevenir. Aqui em Portugal não sei se acho boldo”.

Chá de folhas de boldo cura o coronavírus?

A informação, rapidamente, viralizou nas redes sociais e passou a ser muito comentada entre os internautas. Mas será que essa história de que o chá de folhas de boldo realmente curtam o coronavírus? A resposta é não!

Vamos aos detalhes! Antes de entrarmos na explicação, é necessário uma ressalva. O chá de boldo, de fato, possui propriedades muito interessantes. Ele é frequentemente usado em casos de má digestão e problemas no fígado (quem nunca fugiu do temido chá de boldo quando criança?). Os benefícios do boldo são comprovados cientificamente e tem relação com o alcaloide chamado boldina.

Entretanto, os benefícios se relacionam com a espécie conhecida como boldo-do-chile. As espécies brasileiras, também estudadas, podem ter efeito oposto. De acordo com os estudos, a maior parte das espécies brasileiras podem causar irritação gástrica e problemas durante a gestação. Além disso, o uso indiscriminado de chás e ervas pode causar grandes problemas de saúde, devido à toxicidade da planta, interação medicamentosa e até mesmo pela superdosagem.

Dito isso, é preciso destacar que a publicação segue aquele velho roteiro de fake news na internet, apresentando características como o caráter vago, alarmista, os erros de português, o pedido de compartilhamento e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, desde que o novo coronavírus começou a se espalhar pelo mundo, diversas histórias apontando supostas curas da Covid-19 começaram a bombar na internet. A equipe do Boatos.org desmentiu inúmeras delas, o que resultou em um vídeo mostrando o compilado de informações falsas. Veja:

Dentre os casos desmentidos aqui no site, tivemos histórias como a que dizia que o vinho seria capaz de curar o coronavírus, também a que apontava que alho com água fervida poderia matar o coronavírus e, por fim, a que indicava que fazer gargarejo com água quente, sal e vinagre poderia eliminar o coronavírus do corpo.

De todos os casos já desmentidos pela nossa equipe, existem dois muito parecidos com a história de hoje. O primeiro deles é a história do homem que teria se curado tomando uísque com mel. Já o segundo é o caso do homem que apontava que teria se curado após fazer auto-hemoterapia.

Pois bem, mesmo que essas pessoas (inclusive a do vídeo de hoje) tenham consumido esses produtos e se curado, isso não pode ser visto como uma garantia de causa e consequência. E muito menos como estudo científico.

Vale ressaltar que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), grande parte dos infectados pelo novo coronavírus terá a chamada recuperação espontânea sem complicações. Isto é, o próprio organismo consegue combater o “invasor” e eliminar o vírus (assim como na gripe). Nesses casos, as pessoas contaminadas apenas fazem uso de medicação tópica, ou seja, remédios para controlar a febre ou dor. É importante dizer que a automedicação não é recomendada!

Até o momento, sabemos que algumas das recomendações médicas no processo de recuperação da Covid-19, na maior parte dos casos, são a hidratação e o repouso. Além disso, também sabemos que a cura da doença, em sua grande maioria, é apenas uma questão de tempo. A partir disso, podemos apontar que a tal “cura por chá de boldo” pode estar muito mais relacionada com o ciclo da doença e com hábitos, como beber bastante líquido (no caso, chá), do que pela planta citada.

E mesmo que o boldo possa ter auxiliado no controle de alguns sintomas, como aqueles relacionados com o estômago (o que realmente pode ter acontecido), não é possível afirmar categoricamente que o chá seria capaz de matar o vírus.

Como já repetimos em outros (muitos!) textos aqui no Boatos.org, experiência individual não é estudo científico. Auto-teste não é Ciência! É importante destacar aqui que um estudo científico passa por um processo bastante longo e rígido. E é isso que o difere do senso comum, por exemplo. Enquanto o conhecimento científico é produzido a partir da apreensão do objeto e da interpretação com base em métodos pré-estabelecidos, o senso comum se caracteriza como um conhecimento produzido por intuição, acidente ou observação causal, normalmente adquirido por meio da experiência. Ele não permite, por exemplo, a compreensão de relações abstratas e complexas (apenas na relação de causa e consequência direta).

Dito isso, também é importante entender os termos empregados na pandemia e saber a diferença entre o vírus e a doença. O novo coronavírus (SARS-CoV-2) é a cepa mais nova do grupo de coronavírus descoberta pelos pesquisadores. Chamado de novo coronavírus, ele é um vírus e causa a doença conhecida como Covid-19. Sabemos, a partir de casos, que muitas pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2 não desenvolvem a Covid-19, mas continuam transmitindo o vírus mesmo assim. Ou seja, coronavírus é o grupo de vírus, SARS-CoV-2 é o vírus (causador da condição) e Covid-19 é a doença.

Ainda há a questão do coronavírus ser “uma bactéria feita em laboratório”. É uma observação completamente equivocada. Cientificamente é comprovado que os coronavírus são um grupo de vírus, isto é, um ser formado por uma cápsula proteica que envolve o seu material genético (no caso do coronavírus, o RNA). Além disso, essa história de organismo fabricado em laboratório já foi desmentida aqui no Boatos.org.

Por fim, também é necessário ressaltar que ainda não temos um produto ou uma vacina capaz de eliminar ou prevenir o coronavírus. Muitos estudos estão em andamento e têm apontado resultados positivos. Porém, todas essas pesquisas estão em fase de desenvolvimento (algumas de testes), ou seja, ainda é necessário resultados mais concretos para afirmar se determinado produto pode ser usado para um tratamento efetivo.

Em resumo: a história que diz que o chá de folha de boldo é a cura do coronavírus é falsa! Além da afirmação estar recheada de erros científicos, como usar uma experiência individual como exemplo, não levar em consideração os riscos do consumo excessivo de chá de boldo e dizer que o SARS-CoV-2 é uma bactéria, é importante ressaltar que ainda não temos um tratamento ou uma vacina efetiva contra o vírus. Ou seja, puro boato. Não compartilhe e fique em casa (se possível)! Até a próxima.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)