Alho com água fervida cura o novo coronavírus #boato

Boato – Médico chinês comprova que uma tigela de água fervida com alho pode curar o novo coronavírus “da noite para o dia”. 

Junto com o aumento dos casos de Covid-19 no Brasil, também há o crescimento do número de fake news sobre o assunto na internet. A desinformação sobre o novo coronavírus e a Covid-19 tem causado pânico na internet. Com isso, muitas pessoas acabam tomando atitudes irracionais (como estocar comida, álcool em gel, apelar para receitas sem embasamento científico etc).

Nesse contexto, uma história tem ganhado força nas redes sociais e mobilizando muita gente. De acordo com uma publicação, um médico chinês teria comprovado a eficácia de água fervida com alho para combater o novo coronavírus. Ainda segundo o texto, bastaria ferver oito dentes de alho em sete xícaras de água e beber a mistura. O resultado seria uma cura “da noite para o dia”. Confira:

Atenção! Não acredite em cura milagrosa do novo coronavírus

“Boas notícias! O Wuhan CORONA VIRUS pode ser curado * com uma tigela de água de alho recém-fervida. Um velho médico chinês provou sua eficácia. Muitos pacientes também mostraram que isso é eficaz. Como preparar: Para oito (8) dentes de alho picados, adicione sete (7) xícaras de água e deixe ferver. Coma e beba água fervida com alho. Melhore e cure da noite para o dia! Por favor, compartilhe com todos os contatos. _Pode ajudar a salvar vidas”.

Alho com água fervida cura o novo coronavírus?

Tão logo a publicação apareceu nas redes sociais, diversas pessoas começaram a divulgar a suposta cura da Covid-19. Mas será que essa história de que água fervida com alho seria capaz de eliminar o novo coronavírus é verdade? Não é!

Vamos aos detalhes! Para começo de história, o texto que está sendo divulgado nas redes sociais apresenta as principais características de boatos online. Ele é vago (diz que um “velho médico chinês” provou a eficácia da combinação, mas não informa o nome do especialista e muito menos aponta o experimento que teria comprovado o funcionamento da combinação), bastante alarmista (fala de uma cura “da noite para o dia”), possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, o surto do novo coronavírus tem gerado muitas (mas muitas mesmo!) fake news sobre o assunto. Atualmente, o fluxo de trabalho aqui no Boatos.org já está bastante parecido com o período das eleições presidenciais de 2018. Por conta disso, a equipe do Boatos.org já desmentiu diversas informações sobre possíveis curas ou tratamentos caseiros para a Covid-19, que citam desde chá de erva-doce, chá de folha de abacate com hortelã, até uísque, loló e cocaína.

Vale ressaltar que tanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) quanto o Ministério da Saúde já apontaram que, até o momento, ainda não existe uma vacina ou um medicamento específico que possa curar e/ou combater o novo coronavírus. Dessa forma, o tratamento visa amenizar os sintomas tópicos e, em casos mais graves, há ainda a internação do paciente. Por isso, a recomendação é que as pessoas continuem adotando as medidas preventivas, visando o controle do alastramento do vírus. Veja o que Ministério da Saúde fala a respeito:

Esse conteúdo é falso. Não compartilhe! Até o momento, não há nenhum medicamento, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus. As recomendações de prevenção são: 

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas; – Realizar lavagem frequente das mãos; – Utilizar lenço descartável para higiene nasal; – Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; – Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; – Higienizar as mãos após tossir ou espirrar; – Não compartilhar objetos de uso pessoal; – Manter os ambientes bem ventilados; – Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença; – Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações. Para saber mais sobre a doença, acesse: saude.gov.br/novo-coronavirus. Registrado em: Fake News.

A OMS ainda alertou que alguns chás e outros remédios caseiros podem ajudar a aliviar os sintomas da Covid-19. Entretanto, ainda não há evidências científicas de que esses tratamentos possam prevenir ou curar o novo coronavírus. Além disso, a OMS também ressaltou que não recomenda a automedicação, especialmente com antibióticos.

Embora alguns remédios ocidentais, tradicionais ou domésticos possam proporcionar conforto e aliviar os sintomas do COVID-19, não há evidências de que a medicina atual possa prevenir ou curar a doença. A OMS não recomenda a automedicação com nenhum medicamento, incluindo antibióticos, como prevenção ou cura para o COVID-19. No entanto, existem vários ensaios clínicos em andamento que incluem medicamentos ocidentais e tradicionais. A OMS continuará fornecendo informações atualizadas assim que os achados clínicos estiverem disponíveis.

Ao buscar sobre a tal receita, descobrimos que ela é um hoax que já rodou o mundo todo. O serviço de fact-checking da BBC apontou a falta de evidências científicas sobre a combinação e os problemas que o consumo excessivo de alho podem causar à saúde.

Já o QZ Índia indicou que a temperatura corporal permanece em torno de 36,5° e 37°C, independentemente do consumo de água quente. Ou seja, ela não é capaz de elevar a temperatura corporal e matar o vírus pelo calor.

O site Snopes também ajudou no combate à desinformação. De acordo com o serviço de fact-checking, faltam evidências científicas que indiquem o uso do alimento como tratamento ao novo coronavírus.

Por fim, a própria OMS se pronunciou sobre a boataria. Segundo a instituição, o alho é um alimento saudável e contém propriedades antimicrobianas, mas é só. De acordo com a OMS, ele não serve como tratamento e muito menos como remédio contra a Covid-19.

Em resumo: a história que diz que água fervida com alho pode curar o novo coronavírus é falsa! A OMS e o Ministério da Saúde já desmentiram a informação. Além disso, não existem embasamentos científicos que sustentem essa informação. Por fim, a história é antiga e já foi desmentida por outros serviços de fact-checking ao redor do mundo. Ou seja, tudo não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2WxUidR