PCC divulga nota de repúdio após PF citar ligação entre PT e facção #boato

Boato – O Primeiro Comando da Capital (PCC) divulgou uma nota de repúdio assinada por Marcola após operação da Polícia Federal ligar facção ao PT.

Na primeira semana de agosto de 2019, a Polícia Federal deflagou uma operação chamada Cravada. Em meio ao cumprimento de 30 mandados de prisão, um “detalhe” chamou muita atenção. Em uma das gravações interceptadas e divulgadas pela PF, uma pessoa que seria um dos líderes (de acordo com o Polícia Federal) da organização criminosa disse que o PCC tinha um “diálogo cabuloso” com o PT.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2YViiVK

Confira o nosso Instagram:

Instagram

A divulgação das gravações causou muito debate. Enquanto muitas pessoas passaram a ligar diretamente a facção ao partido, controvérsias (como nesse depoimento do promotor que pediu transferência de Marcola que aponta que não há indícios de ligação entre o partido e a facção) apareceram e o próprio PT divulgou uma nota oficial classificando a notícia como “forjada” pela Polícia Federal.

Em meio a muita discussão e controvérsias, surgiram na internet supostas notas de repúdio assinadas pelo PCC sobre o caso. Identificamos, pelo menos, duas. A primeira surgiu por meio de uma imagem em redes sociais e, praticamente, faz uma paráfrase da “nota oficial do PT”. No texto, a facção teria dito “NÃO ACEITAMOS SER ASSOCIADOS AO PT. Não chegamos a um nível tão baixo”. Leia:

Esses supostos áudios vazados pela PF tentando associar o Primeiro Comando da Capital com a organização criminosa do PT, não passa de uma armação que tenta desmoralizar nossa facção. Esses áudios apenas mostram o quão baixo pode chegar a polícia federal ao tentar prejudicar uma facção legítima, como é o PCC.

Nossos integrantes são isentos, e não estão associados a um nível de crime organizado tão baixo quando o PT. O objetivo de ligar o PT com o PCC é queimar a imagem de Marcola preso injustamente por um processo ilegal. Marcola é inocente e sofre perseguição do judiciário brasileiro. Assumimos a responsabilidade pelas consequências de nossos atos ilícitos, mas NÃO ACEITAMOS SER ASSOCIADOS AO PT. Não chegamos a um nível tão baixo.

Nem deu tempo de desmentir a primeira “nota” e apareceu uma “segunda” na internet. Atribuída ao líder do PCC, Marcola, e publicada em um blog criado para atacar Glenn Greenwald, a mensagem condena atos do PT, fala que recebe o apoio da “mídia esquerdista” e diz que o PCC “chora” ao ser associado. Leia trechos do texto:

Comunicado Oficial do Primeiro Comando da Capital É com pesar e revolta que nós, membros do Primeiro Comando da Capital (PCC), repudiamos os áudios da Polícia Federal tentando associar nossa imagem a Organização Criminosa mais odiosa deste país: o Partido dos Trabalhadores. Nosso estatuto é muito claro e está disponível para toda a sociedade. […]

Passamos por isso nas últimas horas meus amigos, ouvindo nossos filhos inocentes, sem a noção da maldade da imprensa e da Polícia Federal, acusando-nos de conluio com o PT. Não vamos negar meus caros, choramos. Como choram hoje todos os membros do partido que tem a sua imagem atrelada a Lula.

Polícia Federal e Ministro Moro… tem piedade de nós Condenem o PCC, mas poupem nossos filhos desta vergonha. Não permitam fake news. Não permitimos associação a entidades e facções criminosas que possam nos prejudicar; e tenham certeza: se houver entre nós, filiados associados a corja petista, estes serão levados ao debate e punidos severamente.

É uma humilhação sem limites. É desumano por parte do Senhor Ministro Sérgio Moro, nos associar a uma organização criminosa que estuprou moralmente e financeiramente nossas Estatais. Que enganou e assaltou 200 milhões de brasileiros por 14 anos. […]

Agradecemos o apoio e as orações da Folha de São Paulo, do UOL, do El País, do The Intercept, e de tantos amigos como Glenn Greenwald, Mônica Bérgamo, Reinaldo Azevedo, Kennedy Alencar, Ricardo e Guga Noblat, entre tantos outros como nossa nova marmita, a arrependida e convertida Rachel Sheherazade, assim como mamãe Monica Leitão e o parça Fabio Pannunzzio. Orai e vigiai. Feliz Dias dos Pais. Marcos Willians Herbas Camacho (Marcola)

PCC divulga nota de repúdio após PF citar ligação entre PT e facção?

O que não faltou foi compartilhamento da suposta nota de repúdio. Mas será mesmo que o PCC fez a tal declaração de repúdio contra o PT e a ação da Polícia Federal entre o partido e a facção? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Antes de falar do caso em si, precisamos fazer um apontamento. Com o que temos até agora (a publicação da gravação e a negativa do promotor sobre a ligação) não é possível afirmar até que ponto há uma ligação entre o PT e o PCC ou mesmo se há a tal ligação. Por isso, vamos nos abster dessas análises. Porém, é possível dizer que não houve nenhuma divulgação de nota por parte da facção.

O caso se resolve com quatro pequenas ações. 1) Buscar pelos locais em que a nota foi publicada. 2) Buscar pela fonte da informação. 3) Fazer uma análise do conteúdo escrito na suposta nota. 4) Buscar pelo histórico e “informes” do PCC.

Comecemos pela última. Nos nossos mais de seis anos de Boatos.org tivemos que, por algumas vezes, desmentir “informes do PCC”. Falamos de casos de toque de recolher, manifestações sobre a greve dos caminhoneiros, ameaças de ataque, ameaças a Bolsonaro e ameaças à Copa do Mundo. Em todos os casos, foi dito que esse tipo de modus operandi (espalhar por redes sociais manifestações sobre assuntos políticos) não é praxe da organização. Muito menos é praxe o “envio de comunicados a blogs”.

É importante dizer que os líderes do PCC estão, em sua maioria, presos e interceptados por autoridades judiciais. Qualquer tipo de conversa como essa seria facilmente descoberta. Logo, o PCC não iria perder tempo e se arriscar para comentar “ligação com o PT”.

As desconfianças de que a nota não existe aumentam ao buscarmos pelas fontes da informação. A tal nota foi publicada em páginas (tantos as de redes sociais como o blog em questão) contrárias ao PT e de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por que o PCC enviaria justamente para esses veículos esse tipo de nota? Vale dizer do no caso do blog em questão, há notícias duvidosas publicadas por lá (o que reforça ainda mais a tese de fake news).

As desconfianças viram certeza ao analisarmos o teor das mensagens. Como dito antes, a “nota publicada” em redes sociais não passa de uma paráfrase da nota do PT sobre o assunto (o que reforça a hipótese de que foi publicada em tom jocoso). Já a nota “do blog” usa uma linguagem que utiliza mais termos ligados a pessoas contrárias ao PT do que a membros do PCC. Isso entrega que quem publicou foi quem escreveu.

Resumindo: a história que aponta que o PCC publicou uma nota de repúdio por causa da suposta ligação com o PT é falsa. Não passa de mais um boato só para colocar “fogo na discussão” relacionada ao assunto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)