PCC anuncia apoio à greve dos caminhoneiros e ameaça quem sair de casa #boato

Boato – Em comunicado, PCC anunciou apoio à greve dos caminhoneiros. Facção diz que vai lutar contra o governo e decretou toque de recolher. Quem sair de casa vai sofrer as consequências. 

A greve dos caminhoneiros que começou na última segunda-feira (21) ainda parece longe de chegar ao fim. Na quinta-feira (25), governo e alguns representantes dos caminhoneiros se reuniram para discutir algumas reivindicações. Após o governo garantir a diminuição do diesel e dos impostos por apenas um curto período de tempo, a greve continua a todo vapor.

E, com isso, o que não faltam nas redes sociais são os boatos. Desde que a paralisação dos caminhoneiros começou, a nossa equipe já desmentiu diversas fake news sobre a greve. Apesar disso, as informações falsas continuam bombardeando a internet.

Hoje, algumas publicações e áudios nas redes sociais indicavam que o PCC teria anunciado apoio à greve e guerra contra com o governo. Com isso, eles teriam ameaçado colocar fogo em bens do governo e em postos de gasolina. O PCC também teria decretado toque de recolher nas cidades a partir de hoje. Confira:

Transcrição de áudio: aí, meu parceiro, toma cuidado aí, tá bom? O Lucas lá, tá ligado que aquela motocona lá mano? Fala para ele deixar a moto na garagem, todos os parceiros. O gordinho também com a Montana lá, entendeu mano? Fala pra ele não abrir o bar, c****. Manda ele botar a Montana pra dentro e lacrar o bar, entendeu? Mano, todos os parceiros que tiver de carro na rua, mano, manda encostar os carro nas garagem, que o salve é pra arrebentar tudo, entendeu parça? No caso, tudo que é do governo. Porém, quem não correr junto e ficar andando de carro na rua, malandro, os cara vai parar, vai tirar do carro e vai arrebentar o carro, entendeu parça? Então, já avisa pra geral, nossos amigos aí, nossas amigas, entendeu parça? Sai fora da rua, malandro. Fica só dentro de casa, entendeu? O bagulho vai pegar fogo.

Texto que circula online: COMICADO GERAL PCC. 25/05/2018. Nois da sintonia geral viemos através deste comunicado deixar claro que vamos entrar na luta pelo Brasil ,pelo povo brasileiro ,não vamos admitir esse governo corrupto brincar com a cara de nossas famílias de nosso povo ,lutamos pela igualdade ,pela paz ,mais chegou o momento de não ficar mais qeto de braços cruzados apartir de hoje o pcc primeiro comando da capital entrará nessa guerra contra o governo em apoio aos camiioneiros e a toda nação brasileira a sintonia geral dos estados e países deixa bem claro que a guerra vai começar ,nossos irmãos e compenheiros já estão sofrendo as consequências dessa grevi justa e por estar do lado do povo entraremos na guerra ,nossa luta e contra esse estado falido é corrupto ,atenção população vamos deixar bem claro para todos que qen estiver desfilando de carro na rua sofrerá as consequências ,estamos em apoio aos camiioneiros ,não é justo eles estar passando fome nas beiras de estradas ,enquanto o resto do povo fica brigando pra abastecer seus carros com gasolina cara ,outra entra na guerra a favor dos camiioneiros ou nun sai de casa o negócio é o seguinte vamos mandar taca fogo geral em tudo qe e do governo ,vamos colocar fogos em postos de gasolina ,en tudo qe não aderir nossa causa apartir de hoje será um por todos e todos por um e para quebrar geral vamos jogar o estado no chão repassem pra geral pra todos irmão e companheiros e população da rua e sistema repassem para todos os grupos vamos ajudar para o Brasil . Ass sintonia geral dos estados e países

PCC anuncia apoio à greve dos caminhoneiros e ameaça quem sair de casa?

Sabemos que muitas pessoas andam preocupadas, justamente por ninguém saber quando toda a situação irá se normalizar novamente. Entretanto, nesse momento, mais do que nunca, é preciso saber diferenciar o que é verdade do que são boatos para não criar um pânico desnecessário. E a verdade? Essa história do PCC anunciar apoio à greve e decretar toque de recolher é mentira. Se você quiser saber mais detalhes, continua lendo.

Vamos lá! Uma operação dessas (colocar fogo em postos, atirar em viaturas e em quem está na rua) seria uma ação ousada. O motivo? Ela precisaria de, no mínimo, uma estratégia e certa organização para ser colocada em prática. Até porque, se os líderes dessa ação fossem descobertos, eles seriam presos (ou se já estivessem, poderiam sofrer sanções na prisão) e a polícia poderia executar ações preventivas para conter o plano.

E, bem, se algo desse tamanho realmente estivesse acontecendo, acreditamos que as pessoas envolvidas não estariam divulgando o plano para diversos grupos aleatórios do Whatsapp. Eles estariam compartilhando entre eles, em grupos específicos.

Além disso, é importante dizer que, normalmente, as facções utilizam diversos códigos, justamente para não serem interceptados pela polícia. E o que está acontecendo agora é totalmente o inverso: a mensagem é completamente clara e objetiva para todas as pessoas, sem nenhuma gíria ou código relacionado ao assunto.

Diversas pessoas estão se identificando com a pauta dos caminhoneiros, como o pessoal que está pedindo pela intervenção militar. Porém, não é comum o PCC se expor dessa maneira com uma pauta que não tem muito a ver com eles. As ações organizadas pelo grupo, como a queima de ônibus em São Paulo, em 2006, geralmente, são motivadas por condições de penitenciárias ou mesmo pela transferência de líderes. Não por movimentos grevistas.

Outro ponto importante é que essa história de toque de recolher decretado pelo PCC volta e meia aparece na internet. Em 2008, foi a vez de Bauru. Em 2012, a história teria acontecido em São Paulo e fez escolas cancelaram as aulas. Em 2017, chegamos a desmentir um suposto toque de recolher que não foi colocado em prática. Em 2006, inclusive, uma pesquisadora chegou a fazer uma dissertação sobre a influência dos boatos de toque de recolher do PCC nos noticiários.

Por fim, a polícia não declarou nada sobre o assunto e nem indicou que haja risco de algum ataque desse tipo acontecer (vale dizer que os líderes do PCC são monitorados o tempo todo).

Em resumo: a história de que o PCC anunciou apoio à greve dos caminhoneiros e decretou toque de recolher, ameaçando as pessoas, é falsa. As mensagens que estão circulando nas redes sociais não condizem com as mensagens trocadas por facções. Além disso, diversos boatos atribuídos ao PCC sobre toque de recolher já foram registrados ao longo dos anos. Por fim, não existe nenhum indicativo de que o PCC planeja executar esse tipo de ação. Ou seja, #boato!

 Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)