Mike Lindell está certo ao dizer que 5,1 milhões de votos foram roubados de Bolsonaro #boato

Boato – Mike Lindell foi à TV americana e revelou uma verdade: 5,1 milhões de votos foram roubados de Bolsonaro por meio das urnas eletrônicas.

Tem circulado na internet uma fala hipervalorizada do jornalista de extrema-direita norte-americano Mike Lindell. Ele teria “revelado a verdade” ao dizer que 5,1 milhões de votos foram roubados de Bolsonaro pelas urnas eletrônicas.

Mensagens apontando para a “denúncia bombástica” estão circulando junto com um vídeo que, de acordo com os textos que circulam online, são de uma entrevista em um canal de TV dos Estados Unidos. Leia algumas das mensagens que circulam online (o vídeo não iremos exibir):

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

Versão 1: Fora isso, Mike Lindell acabou de dizer que 5,1 milhões de votos foram roubados do presidente brasileiro Bolsonaro por meio de urnas! Versão 2: AMEAÇA A SOBERANIA NACIONAL: O jornalista Mike Lindell disse numa emissora de TV americana que cerca de 5 milhões de votos de Bolsonaro foram ROUBADOS através das urnas eletrônicas.

Mike Lindell está certo ao dizer que 5,1 milhões de votos foram roubados de Bolsonaro?

É fato que o jornalista norte-americano deu a tal declaração. Porém, nem é verdade que ele deu a tal declaração na TV norte-americana tampouco a acusação de que houve 5,1 milhões de votos roubados se sustenta.

O histórico recente de fake news sobre fraude nas eleições já nos deixou desconfiados da veracidade da informação. O que não tem faltado é acusação tirada do nada de que as eleições foram roubadas (temos exemplos aqui, aqui e aqui).

Ao analisar o caso, descobrimos, de cara, que a informação não foi dada na TV norte-americana. Na realidade, trata-se de uma declaração feita “Lindell TV”, seu canal do YouTube.

Não se trata apenas disso: ele não aponta nenhuma prova de que houve fraudes. Apenas reproduz a mesma ladainha apontada em outras fakes news sobre fraudes (como essa de que “milhões de votos para Bolsonaro” foram roubados).

Falando em histórico, podemos afirmar que o passado de Mike Lindell não é o melhor em termos de acusações de fraude em eleições. Quando Trump perdeu as eleições, ele lançou diversas acusações sem provas de que havia fraude. Detalhe: a fraude não foi comprovada (ao contrário, foi defenestrada) e ele acabou sendo levado à Justiça por isso.

Resumindo: pela falta de provas nas declarações, pelo assunto e pelo histórico da fonte, podemos apontar que o fato de Mike Lindell ter falado que Bolsonaro teve 5,1 milhões apagados não prova nenhuma fraude nas eleições. São apenas palavras, sem comprovação, ao vento.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet