Damares grava áudio pedindo que o povo vá às portas dos quartéis cobrar intervenção militar #boato

Boato – A ministra Damares Alves gravou um áudio ao “povo de Deus” falando que Bolsonaro é uma benção e pedindo que as pessoas vistam a camisa verde-amarela e sigam para as portas dos quartéis para cobrar intervenção militar.

Em tempos de polarização política e radicalismo, o que não falta na internet é discurso acalorado. Apesar do clima quente, ouvimos poucas pessoas tão exaltadas como uma mulher que gravou um áudio indignada no WhatsApp. Pessoas que, para muitos, é a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves.

No áudio, a mulher fala, em tom histérico, sobre todas as ameaças que o presidente Bolsonaro está sofrendo. Por causa disso, ela clama para que os “homens e mulheres de Deus” vistam uma camisa verde-amarela para pedir intervenção militar no Brasil e que saiam para “guerra”.

A mulher, ainda, solta diversas denúncias como a que Lula roubou R$ 3 trilhões, que Bolsonaro é um “enviado de Deus”, que as pessoas eram tratadas como “gado” pelos outros presidentes, que os governadores estão ganhando R$ 19 mil por morte por Covid-19, que a China está invadindo o Brasil e que estão enterrando pessoas vivas aqui. De quebra, ela citou o ET Bilu ao pedir “busquem conhecimento”. Leia a mensagem que circula online (vamos poupar vocês do conteúdo do áudio):

Versão 1: Gente o negócio está sério recebi um áudio da Ministra Damares a saída e as portas dos quartéis. Versão 2: Ouça gente…. Misericórdia Deus ouça isso gente…. a Ministra Damaris…. a coisa tá mais séria do que a gente pensa Versão 3: Desabafo da ministra Damares Alves Versão 4: Ministra Damares manda Recado ao povo cristão e a nação brasileira

Versão 5: MUITO IMPORTANTE Ministra Damares indignada abre o coração, com a passividade do povo brasileiro.  Roubado, esculhambado, vilipendiado, estuprado, enganado, espancado, torturado, desmoralizado, esse povo fraco não reage, COMO O GADO INDO PARA O ABATEDOURO. Que esse áudio alcance todas as pessoas de bem do nosso querido BRASIL.

Damares gravou áudio pedindo que o povo vá às portas dos quartéis cobrar intervenção militar?

O áudio com incitação à intervenção militar se espalhou com muita força na internet. Por isso mesmo que aqui estamos para falar que, além de o áudio ter diversas informações falsas, ele não é da ministra Damares Alves.

As mensagens e o histórico já nos chamam muita atenção. Os textos que acompanham o áudio têm características como serem vagos, alarmistas, com erros de português e não citam nenhuma fonte confiável que comprove que é Damares no arquivo.

Para além disso, informações falsas incitando uma inconstitucional intervenção militar não são novidade na internet. Já teve apoio falso à intervenção assinado por Ivo Sartori, Walter Braga Netto, general Villas Bôas e general Santos Cruz.

Por sinal, o que não falta no áudio da fã do ET Bilu é informação falsa. Não é verdade que Lula roubou R$ 3 trilhões (talvez a mulher nem saiba quantos zeros tem esse número). Desmentimos um boato muito parecido aqui. Também é falso que governadores estão ganhando alguns “milhares de reais” por morte por Covid-19 (desmentido aqui) e que estão enterrando pessoas vivas (desmentido aqui). Por fim, é falso que a China está “invadindo o Brasil”.

Depois de tanto histerismo e tanta fake news, a própria ministra Damares Alves resolveu esclarecer a informação. Por meio do Facebook, ela apontou que não é autora do áudio em questão (que tem a voz completamente diferente da ministra) e, de quebra, desmentiu outro áudio (que já foi desmentido no Boatos.org) atribuído a ela. Leia mensagem que ela escreveu e vídeo que gravou:

Um áudio atribuído à ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que circula desde o final de semana em grupos de aplicativos de trocas de mensagens, não foi gravado ou divulgado pela gestora. Ao contrário do que é defendido na mensagem, a ministra é defensora do Estado Democrático de Direito e do respeito às instituições. O Ministério trabalha em diálogo com os demais entes federados e órgãos públicos pelo respeito aos direitos humanos e para que estes não sejam violados em nome de combate à pandemia.

Resumindo: além de o áudio estar cheio de informações falsas e fazer incitação a pautas antidemocráticas, ele não foi gravado pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves. Além de a mulher sequer ter a voz parecida com a da ministra, Damares veio a público desmentir a autoria.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3tP2fIR
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet