Vídeo mostra Estrela de Belém (junção de Júpiter com Saturno) vista do Chile #boato

Boato – Fenômeno da Estrela de Belém (alinhamento entre Júpiter e Saturno) é registrado em vídeo nos céus do Chile. 

Na última semana, um dos assuntos mais comentados no mundo todo foi a conjunção entre os planetas Júpiter e Saturno. Mas esse não foi um alinhamento comum. A conjunção entre os planetas, que ocorreu no dia 21 de dezembro de 2020, resultou em um brilho bastante intenso no céu, visível a olho nu na maior parte do mundo.

A última vez que esse evento atingiu uma magnitude como essa foi em 1623. E a próxima só ocorrerá em 2080. A aproximação entre os planetas resultou em um momento histórico bastante bonito e luminoso.

E é claro que as fake news não ficariam de fora dessa. Nos últimos dias, uma história sobre a conjunção entre Júpiter e Saturno tem circulado nas redes sociais. De acordo com uma publicação, um vídeo mostraria o momento exato do alinhamento entre os planetas visto do Chile. Nas imagens, é possível ver diversas pessoas, sem máscara e aglomeradas, em uma praia assistindo o suposto alinhamento dos planetas. Na continuação, podemos observar o Sol piscando e, logo em seguida, o astro sendo coberto por uma sombra preta. As pessoas, então, começam a aplaudir o espetáculo e gritar. Confira:

Versão 1: “O fenômeno do alinhamento dos planetas Saturno e Júpiter formando a estrela de Belém vista do Chile. Simplesmente maravilhoso”. Versão 2: “Bom dia! Ontem, no céu do Chile, a conjunção de Júpiter e Saturno. Evento conhecido  como *A Estrela de Belém* ! Um lindo sinal de Deus de que algo muito mais lindo vai acontecer, em breve!!!”. Versão 3: “O fenômeno da junção de Júpiter e Saturno, visto hoje no Chile! A famosa Estrela de Belém!!!”.

Vídeo mostra Estrela de Belém (junção de Júpiter com Saturno) vista do Chile?

O vídeo fez grande sucesso nas redes sociais, em especial, no YouTube, no Facebook e no WhatsApp. As publicações já fizeram muitos curiosos. Porém, a história não tem nada de real.

O caráter do texto e o histórico já nos deixam desconfiados. Basta olhar para as publicações para perceber que elas apresentam as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, vídeos retirados de contexto são uma constante no mundo das fake news. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas histórias relacionadas a isso, como a que dizia que a Torre Eiffel teria sido iluminada pela empresa Ximénez para homenagear as vítimas da Covid-19. Também a que indicava que um sargento da Guarda Bolivariana teria atirado em um coronel, desobedecendo ordens do presidente Nicolás Maduro e, por fim, a que apontava que um vídeo mostraria argentinos sem máscara e aglomerados no velório de Maradona.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o vídeo e descobrimos que as imagens não poderiam ser um registro da conjunção entre Júpiter e Saturno. Isso porque, o evento aconteceu no dia 21 de dezembro de 2020, e o vídeo já circula na internet desde o dia 15 de dezembro, como se fosse um registro do eclipse solar ocorrido no dia 14 de dezembro de 2020 (e visível a olho nu, em sua totalidade, no Chile e na Argentina). Nessa oportunidade, pessoas afirmavam que o vídeo teria sido feito na Patagônia, na Argentina.

Mas a história não acabou por aí. Seguimos desconfiados, especialmente, pela frase “¡Que lindo, weón!” (uma gíria bastante característica do Chile, onde a cada 10 palavras ditas por um chileno, basicamente, 9 serão “weón”. Nesse contexto, seria algo como “que lindo, cara ou amigo”). Foi aí que decidimos investigar mais e descobrimos que o vídeo, na verdade, é de 2019.

As imagens foram registradas na cidade de La Serena, no Chile, durante o eclipse solar total ocorrido no dia 2 de julho de 2019. Notem que as pessoas estão aglomeradas e sem máscara. Atualmente, a cidade de La Serena vive a fase 4 (de retomada de atividades de menor risco), mas, ainda sim, o uso de máscara (inclusive, na praia) e outras medidas preventivas são obrigatórias. Aglomerações também não são permitidas. Ou seja, seria muito estranho que esse tanto de gente estivesse tão perto e sem nenhuma proteção em plena pandemia.

Por fim, mas não menos importante, o vídeo também apresenta um efeito causado pela câmera que faz o sol “piscar”. Isso ocorre por conta da abertura de luz da câmera (se ele está no automático e a imagem se mexe, a câmera vai tentar regular a entrada de luz de acordo com o foco). Já explicamos isso em outro desmentido e, inclusive, conseguimos replicar o efeito.

Em resumo: a história que diz que um vídeo mostraria a Estrela de Belém (conjunção entre Júpiter e Saturno) no Chile é falsa! O vídeo, de fato, é real, mas não foi gravado no dia 21 de dezembro de 2020 (data em que o evento ocorreu). As imagens, na realidade, foram registradas no dia 2 de julho de 2019, durante um eclipse solar total. O vídeo foi feito na cidade de La Serena, no Chile. Ou seja, a história não passa de boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

– Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
– Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
– Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
– Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
– Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2XrGSBD
– Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK