Suinocultores e avicultores da Argentina são atacados pela população faminta #boato

Boato – Vídeo de 2022 mostra que avicultores e suinocultores da Argentina foram atacados pela população faminta.

O tipo de fake news que chamamos de ameaça de venezuelização tem utilizado, nos últimos tempos, outro alvo: a Argentina.

Não são poucas as histórias falsas sobre o país vizinho que estão sendo compartilhadas com a advertência de que o Brasil pode virar uma Argentina se Lula e a esquerda voltarem ao poder.

A última das histórias reside em um vídeo no qual supostamente suinocultores e avicultores estariam sendo atacados pela população faminta do país. Nas imagens, animais são roubados e arrastados de uma fazenda em meio a uma grande confusão. Leia a mensagem que circula online (o vídeo não iremos exibir aqui):

Resultado do comunismo na Argentina: Avicultores, suinocultores são atacados na Argentina, pela população faminta. Nenhum negócio mais está seguro lá. Levaram os porcos carregando no braço para casa para matar a fome da família. 

Suinocultores e avicultores da Argentina são atacados pela população faminta?

As fortes imagens não demoraram a se espalhar na Internet e chamar atenção por aí. Porém, não é verdade que o caso ocorreu na Argentina, seja reflexo do comunismo ou mesmo que seja de 2022:

Na realidade, o Boatos.org já desmentiu essa (quase) mesma fake news em 2021. Na época, a história estava sendo compartilhada como uma consequência da Covid-19. Como, com exceção do contexto, a história de outrora vale para, relembre o que escrevemos:

Como falamos lá no início do texto, não é de hoje que informações falsas sobre o “caos na Argentina” (como se o Brasil fosse o paraíso da Terra) circulam na internet. Só nos últimos tempos, tivemos que desmentir falso relato sobre a “fome” por lá, limitação de “ovos” por habitante no país e também anúncio falso sobre bloqueio de contas bancárias.

Assim como nos falsos relatos apresentados, a mensagem de hoje apresenta características de boatos online como ser vaga (não diz, por exemplo, qual seria o local da tal invasão), alarmista (inclusive utilizada politicamente) e não cita nenhuma fonte confiável que confirme a tal denúncia. Por sinal, ao procurarmos pelo relato de invasão de granjas, nada encontramos sobre a Argentina.

Na realidade, os vídeos em questão são da Colômbia. De acordo com essa matéria do site Infobae, os saques ocorreram na região de Cauca. O roubo ocorreu em uma granja em Puerto Tejada. Já o roubo de porcos ocorreu na cidade de Miranda (como aponta essa reportagem local).

O incidente com o saqueamento na granja de frangos se deu após um boato (olha só!) apontar que a fazenda estava dando os animais de presente. Não há a informação de como ocorreram os saques na granja de porcos (pode ter sido um boato também. Vai saber…), mas o fato é que a Colômbia vive distúrbios há mais de uma semana por causa de protestos contra um projeto de reforma tributária no país.

É importante citar que, ao contrário do que se presume (dada a fontes das mensagens falsas no Brasil), o governo da Colômbia não é “socialista” ou “esquerdista”. O presidente do país, Iván Duque, é considerado de direita.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que avicultores e suinocultores argentinos estão sendo atacados. O vídeo é antigo, da Colômbia e não tem relação com comunismo.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet