Governo da Argentina bloqueia todas contas bancárias do país #boato

Boato – O governo da Argentina bloqueou todas as contas bancárias do país. A medida surge como parte da implantação do regime de comunismo na política local.

Desde a eleição do presidente argentino Alberto Fernández, termos como comunismo, socialismo, PT (ou qualquer partido da esquerda política brasileira) e Brasil têm sido curiosamente relacionados ao país para espalhar boatos na internet.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

E, mais uma vez, nossa equipe do Boatos.org vem desmentir uma história que tem circulado nas redes sociais sobre esse assunto, especialmente no Facebook. Uma publicação dá conta de que o governo da Argentina teria bloqueado todas as contas bancárias do país, seguindo a implantação do regime socialista agora vigente na política local.

Mais que isso, a postagem está sendo compartilhada por internautas brasileiros pró-governo Bolsonaro como forma de comparar o que supostamente vem acontecendo por lá ao que, segundo eles, poderia acontecer também aqui no Brasil, caso as pessoas continuem votando em partidos da esquerda política nas eleições, como o Partido dos Trabalhadores (PT), por exemplo. Confira, a seguir, as versões do texto original da publicação que estão compartilhando a informação:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: Na Argentina, as contas bancárias foram bloqueadas. Continue votando em PT, PSOL, Ciro, e cia e teremos isso aqui no Brasil tb. Versão 2: Argentina bloqueia “todas” as contas bancárias. Versão 3: Governo argentino bloqueia todas as contas bancárias dos cidadãos, viva o socialismo!!

Governo da Argentina bloqueou todas contas bancárias do país?

A publicação viralizou rapidamente e virou até pauta na “rixa” entre “bolsonaristas” e “esquerdistas” na internet. Mas será mesmo que o governo da Argentina bloqueou todas as contas bancárias do país? A resposta é não! E o porquê você confere a seguir.

Para começar, as versões da mensagem da publicação que está sendo compartilhada carregam todas as características de fake news: são vagas (não dizem quando ocorreu o tal bloqueio das contas bancárias argentinas), alarmistas (aqui no Brasil, estão sendo usadas para acirrar a polarização política já existente nas redes sociais), possuem erros de português e não citam fontes confiáveis que possam confirmar o que está sendo dito.

Em segundo lugar, como falei no início desse artigo, esses boatos que relacionam “Argentina e comunismo” já estão manjados por aqui. Inclusive, nós do Boatos.org já desmentimos vários deles, como aquele que dizia que as pessoas estão tendo que fazer fila na Argentina para comprar três ovos cada; outro de que supostamente a Argentina não existe mais porque virou a China comunista; ou, ainda, uma história que denunciava que o país teria confiscado os carros dos cidadãos e causado uma série de protestos por lá.

E assim como nestes casos, ao buscarmos pelo nosso assunto de hoje, nada encontramos em fontes confiáveis de notícias. Isto é, não há qualquer anúncio de bloqueio de contas bancárias dos argentinos. Na realidade, o que acontece neste caso é que a mensagem do boato exagera sobre uma notícia que é real. Na Argentina, algumas contas de bancos digitais foram bloqueadas por atividades suspeitas de compra de dólares.

As “movimentações incomuns” estavam relacionadas a uma tentativa de lucro com uma brecha cambial, na qual, na prática, os correntistas usavam a cota de compra de dólares de terceiros, em troca de uma comissão, para aumentar os seus estoques e exceder o limite de US$ 200 permitido por pessoa e por mês. Logo, ao perceber as transações, os bancos bloquearam as contas com moeda eletrônica estadunidense desses clientes até que as operações identificadas como suspeitas fossem justificadas.

Resumindo: A publicação que dá conta de que o governo da Argentina bloqueou todas as contas bancárias do país por causa da implantação do socialismo não é verdadeira. Apesar de realmente de ocorrido um bloqueio de contas de alguns cidadãos do país, o motivo se deu por conta de atividades suspeitas identificadas pelos bancos na compra de dólares, que decidiram desativá-las até que os clientes justificassem as operações.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)