Carro da Globo foi depredado ontem (2019) em São Conrado (Rio de Janeiro) #boato

Boato – Carro de reportagem da Rede Globo foi apedrejado ontem durante protesto contra a emissora em São Conrado, Rio de Janeiro.  

Essa não é a primeira e, provavelmente, não será a última vez que vídeos fora de contexto fazem sucesso na internet. Dessa vez, a história envolve protestos contra a Rede Globo.

Um vídeo que circula no Facebook e WhatsApp aponta para uma ataque no carro de reportagem da Rede Globo. Segundo a publicação, o episódio aconteceu em São Conrado, no Rio de Janeiro, durante um protesto contra a emissora. Vale lembrar que a história surge em um contexto de ataques à mídia e em meio a uma notícia polêmica sobre São Conrado que, inclusive, foi rebatida pela Prefeitura do Rio de Janeiro. Leia o que dizem as mensagens:

Versão 1: Ontem em São Conrado Rio de Janeiro Versão 2: São Conrado. Rio de Janeiro. Dia 20 de setembro. Juventude faz protesto aberto contra a Rede Globo. Quem bate (nos governantes) merece apanhar. Essa é a linguagem que a Rede Globo entende: crítica, vandalismo, protesto, gritaria. “Quem com ferro fere com ferro será ferido.”

Versão 3: Sao Conrado ontem, extremamente inadequados e desagradáveis. Isto é coisa da esquerda, ou da própria Globo, para desvalorizar os apoiadores de Bolsonaro. Nossa gente não é podre assim! São bandidos. São “deles”, podem apostar!!! Vandalismos não são atos nossos, somos ordeiros e pacíficos. Está gentalha lixo é da esquerda.

Carro da Globo foi depredado ontem (2019) em São Conrado (Rio de Janeiro)?

Enquanto algumas pessoas compartilharam a informação, outras chegaram até condenar a ação. Mas será mesmo que o carro da Globo foi depredado ontem em São Conrado? A resposta é não. Entenda os porquês.

Para início de conversa, saiba que o texto carrega as principais características de boatos online. É vago, alarmista não cita fontes confiáveis e possui erros de português. É aquele “pacote” para ninguém colocar defeito. Mas não é só isso: vídeos fora de contexto são campeões nas páginas do Boatos.org. Só este ano, já surgiram histórias envolvendo Fátima Bernardes, Adélio Bispo e funcionários da emissora.

Ao buscar mais informações sobre o ataque, não encontramos nada, o que é estranho já que o episódio teria acontecido “ontem”. Nem precisamos dizer que no mundo dos boatos é comum aparecerem acontecimentos antigos com o bônus “ontem” e “hoje”. Foi assim com a história da Arábia Saudita, crosta terrestre na Itália e chuva de granizo.

Ah, mas e o vídeo? Pois bem, de fato, as imagens são reais. Mas o carro depredado não é da Rede Globo. Na verdade, o veículo pertence a TV TEM, afiliada da emissora, como mostra essa matéria do R7.

Ao buscar pelo episódio, chegamos à origem do vídeo. As imagens, registradas em outubro de 2013, são de um protesto contra o uso de animais em testes do Instituto Royal, em São Roque (SP).

Na época, os ativistas depredaram e incendiaram dois carros da TV TEM e uma viatura da Polícia Militar. Como você pode perceber, o ataque não aconteceu no Rio de Janeiro e muito menos “ontem”

Resumindo: o carro da Globo não  foi depredado ontem em São Conrado, no Rio de Janeiro. A história, além de antiga, não aconteceu no Rio de Janeiro e tampouco com o carro de reportagem da Globo. Ela é de 2013 e o carro é de uma afiliada da emissora. Ou seja, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)