Vídeo mostra movimento da crosta terrestre na Itália que ocorreu ontem #boato

Boato – Ontem, a Itália experimentou o movimento da crosta terrestre. Vídeo mostra evento, que é inédito na humanidade.

Ao contrário do que uma mensagem que circula na web aponta, o evento que vamos apresentar aqui no Boatos.org não é inédito. Na semana passada, o Boatos.org desmentiu uma história que falava de vídeos que seriam do “movimento da crosta terrestre na Mongólia”. Explicamos, à época, que os vídeos não tinham nada a ver com o tal fenômeno. Muita gente ficou satisfeita com a situação. E, como tem acontecido de forma mais frequente, a história se modificou e voltou a circular.

Começou a circular em redes sociais um vídeo que apontava que a Itália “experimentou” o movimento da crosta terrestre. Detalhe: o caso teria ocorrido “ontem”. Leia a mensagem que circula online: “Ontem 10:19, na Itália experimentou o movimento da crosta terrestre, devido à alta diferença de pressão e temperatura abaixo da terra. É a primeira vez que a humanidade pode testemunhar este evento”.

Vídeo mostra movimento da crosta terrestre na Itália que ocorreu ontem?

Por incrível que pareça, a tal história de movimento da crosta terrestre na Itália viralizou (mesmo sendo mais do mesmo). Mas será mesmo que a história procede e que o país europeu, sim, experimentou o fenômeno? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De fato, a história é igualzinha ao caso que desmentimos sobre a Mongólia, crosta terrestre e etc. Como a argumentação é parecida (só troque Mongólia por Itália), confira os detalhes sobre por que a história é falsa no link ou no texto a seguir:

O primeiro erro, e mais óbvio, está na própria mensagem. Ela possui as principais características de boatos: cheio de informações vagas, alarmista, erros de português e não cita nenhuma fonte confiável. Só faltou o pedido de compartilhamento para “fechar o pacote”.

Pois bem, essas características nos fizeram desconfiar da história e, com isso em mãos, fomos buscar notícias sobre o assunto. Como é possível imaginar, não encontramos nada sobre o “movimento da crosta terrestre na Mongólia”. Muito menos “anteontem” (como afirma a mensagem). Com a falta de informações, resolvemos checar a notícia em inglês e descobrimos que se trata de uma fake news que já enganou muita gente mundo afora. Não por acaso, a versão brasileira está escrita em português de Portugal.

A história já foi desmentida em diversos sites estrangeiros. O Boom, site de verificação de fatos indiano, desmentiu a informação. Segundo o portal, os vídeos são antigos e mostram fenômenos diferentes que acorreram em lugares distintos. O The Quint e o Hoax or Fact também desmentiram a informação.

Os vídeos que “ilustram” o caso são reais, mas não têm nada a ver com Mongólia, 2018 ou crosta terrestre. O primeiro vídeo mostra um deslizamento de terra maciça na cidade de Maierato, na Itália, em 2010, causado por fortes chuvas que saturaram o solo e o deixaram instável, como mostra este vídeo.

Já o segundo vídeo é mais recente, de 2017, e mostra o degelo de um bloco de permafrost no sudoeste da China. O rastro de lama e grama foi causado pelo derretimento do permafrost, um tipo de solo da região do Ártico formado por terra e rochas congeladas, que é responsável por manter a camada de solo no lugar e serve como base para árvores e plantas crescerem.

Resumindo: nem na Mongólia, nem na Itália. O vídeo que circula online e aponta que o planeta experimento o “movimento da crosta terrestre” e que o fenômeno foi registrado em vídeo é falsa. Tratam-se de duas filmagens distintas que não têm relação entre si. Boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)