Não aceite a amizade de Beatriz Carvalho no Messenger porque ela é uma hacker #boato

Boato – Não aceite Beatriz Carvalho no Messenger porque ela é uma hacker! Compartilhe com seus amigos, pois se eles aceitarem você é hackeado.

Quem acompanha o Boatos.org já sabe que não são raras as vezes que falamos de vídeos fora de contexto na internet. Quase tão comum quanto as imagens que circulam online são os alertas de ameaças hacker. Já fazia algum tempo que não falávamos disso (o último foi a boneca Momo). Mas agora o assunto voltou à baila.

O mais novo alerta que circula no Facebook e WhatsApp pede que não adicionem uma pessoa chamada Beatriz Carvalho no Messenger porque ela seria uma hacker. A mensagem pede compartilhamento e afirma, ainda, que se seus contatos aceitarem o perfil, sua conta também será hackeada. Leia o que diz o texto:

Por favor, avise todos os seus contatos da lista do Messenger para não aceitarem a solicitação de amizade de Beatriz carvalho Ela é um hacker e tem o sistema conectado com a conta do seu facebook. Se algum dos seus contatos aceitá-lo você também será hackeado, então certifique-se que todos os seus amigos sabem disso. Obrigado. Encaminhado conforme recebido. Pressione seu dedo na mensagem. No meio da parte de baixo diz “encaminhar”. Aperte esse botão e então clique em todos os nomes daqueles de sua lista no Messenger e isso será enviado para eles!

Não aceite a amizade de Beatriz Carvalho no Messenger porque ela é uma hacker?

Não é nem preciso dizer que o alerta viralizou como rastilho de pólvora. Mas será mesmo que Beatriz Carvalho é uma ameaça hacker? A resposta é não. Entenda os porquês.

Desde que a história começou a circular, dois detalhes nos chamaram atenção. O primeira é que o alerta possui o enredo clássico de boatos na internet. É vago, alarmista, não cita fontes confiáveis e pede o compartilhamento.

O segundo é que já passaram histórias muito parecidas nas páginas do Boatos.org (tão parecidas que só mudava o nome). Já desmentimos ameaças hacker envolvendo Mara Graça, Jayden K. Smith, Fabrizio Brambilla e Anwar Jitou.

Falamos do caráter do texto, mas nem precisávamos. Isso porque ninguém consegue hackear outra pessoa simplesmente por ter um pedido de amizade aceito. Como já explicamos em outros desmentidos, o boato surgiu na internet em língua inglesa e depois apareceu no Brasil. Nesta matéria do The Telegraph há explicações sobre o caso.

Resumindo: temos muitos motivos para você ficar tranquilo e adicionar qualquer pessoa nas suas redes sociais. Ou seja, a história é falsa e tudo não passa de #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)