Revista Saúde de 2003 prova que coronavírus (Covid-19) já existia e é uma armação da China #boato

Boato – Reportagem da revista Saúde de maio de 2003 mostra surto de coronavírus e prova que Covid-19 é uma armação da China. 

Se tem uma coisa que a equipe do Boatos.org e os leitores do site não aguentam mais, além de relatos absurdos que minimizam a Covid-19, são as teorias das conspiração sobre o novo coronavírus.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2pHOzDD

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Em especial, aquelas que afirmam que o novo coronavírus já existia há bastante tempo e tudo o que se está fazendo hoje é criar pânico para a China “dominar a economia mundial”.

Nos últimos dias, as coisas não mudaram muito. Uma história que começou a circular nas redes sociais aponta que a Covid-19 é antiga e não passa de uma armação da China. De acordo com o vídeo que acompanha a publicação, a revista Saúde, de maio de 2003, traz uma reportagem sobre o coronavírus na China. Segundo o homem que mostra o material, essa seria a prova de que o coronavírus já existia e, portanto “deveria estar sendo cuidado há muito tempo”. Confira a transcrição do vídeo:

Transcrição: “Olha só que coisa interessante, né? Eu estou aqui com uma revista Saúde. Ela é exatamente de maio de 2003. Aqui dentro dá pra ver melhor. Tá aí, ó. Maio de 2003. E olha só a reportagem que ela traz, em maio de 2003. Tá aqui, ó. Essa reportagem: “Ainda não dá para respirar aliviado”. Eu não vou ler a matéria toda, mas aqui já diz, né, as regiões provenientes: China e Hong Kong. E pasmem: a reportagem é sobre o quê? Vamos para a página seguinte: mantenha distância do coronavírus. Ou seja, esse coronavírus, ele já é velhinho. Isso aí já era para estar sendo cuidado há muito tempo. Mas será que existe interesse mundial? Um grande abraço”.

Versão 1: “Revista ‘Saúde’ de maio/2003 já alertava sobre o coronavírus que a China, irresponsável mente espalhou pelo mundo”. Versão 2: “Desde 2003 acontece o descaso em relação ao coronavirus. Veja a reportagem da revista saúde”. Versão 3: “Não é a Revista Superinteressante! É uma Revista sobre saúde,de 1983! Matéria sobre uma gripe asiática ! Sobre o “CoronaVirus”! Sabemos…os Orientais … já conheciam essa praga! Velha conhecida deles ! Mas… Parecia distante do Ocidente… SQN! A gente é que não conhecia aqui por esses lados! Mas agora? Chegou!”.

Revista Saúde de 2003 provou que coronavírus (Covid-19) já existia e foi uma armação da China?

As imagens viralizaram na internet e dividiram as redes sociais. Algumas pessoas, simplesmente, ignoraram a informação, mas houve quem acreditou no vídeo. Será que essa história de que a revista Saúde realmente escreveu sobre o novo coronavírus em 2003 é verdade? Não é!

Vamos aos detalhes! Basta uma olhada mais atenta à publicação para perceber que há algo de estranho. A mensagem apresenta diversas características de boatos, como o caráter vago, alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, nos últimos dias, a internet tem sido inundada com teorias da conspiração sobre o novo coronavírus. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o produto Lysol seria capaz de curar o novo coronavírus e seria a prova de que a Covid-19 já existia. Também a que indicava que a embalagem do aromatizador Glade provaria que o novo coronavírus já existia em 2018 e, por fim, a que apontava que a vacina Vanguard era a prova de que a Covid-19 é uma armação da China.

Pois bem, assim como nesses casos, a publicação da revista se referia à outra cepa (tipo) de vírus. É possível ver que, a partir do momento 0:32, a matéria faz menção à SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave, doença ocasionada pelo coronavírus SARS-CoV), que foi detectada pela primeira vez em 2002 e causou diversas mortes em todo o mundo.

Como já abordamos anteriormente, o coronavírus é um grupo de vírus de genoma de RNA simples de sentido positivo. Eles são estudados desde a década de 1960 e pertencem à família Coronaviridae. O novo coronavírus, chamado de SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019 e causa a doença Covid-19. Ou seja, os coronavírus são de cepas (tipos) diferentes.

Vale ressaltar que a própria revista Saúde publicou um esclarecimento sobre o caso após o vídeo viralizar nas redes sociais. A revista destacou que o tema da reportagem “Ainda não dá para respirar aliviado” era o coronavírus SARS-CoV, ou seja, o agente infeccioso que causa a SARS (e que estava em destaque naquela época, após causar a morte de centenas de pessoas).

[…] O vídeo começa mostrando a capa de revista SAÚDE de maio de 2003. Na sequência, o homem folheia a revista até chegar na reportagem “Ainda não dá para respirar aliviado”. Nessa matéria, de fato se discute as ameaças de um tipo do coronavírus. Mas atenção: o agente infeccioso debatido no texto é o que causou o surto de Sars, ou Síndrome Respiratória Aguda Severa, em 2003. Esse vírus, embora mais letal, espalhou-se menos pelo mundo.

Já o novo coronavírus tem o nome técnico de Sars-Cov-2. Ele causa a doença Covid-19. Tanto o vírus de 2003 como o Sars-Cov-2 pertencem à família dos coronavírus. Há ainda outros membros dessa turma (alguns causam simples resfriados e já circulam no Brasil há tempo, outros afetam só animais etc). A família dos coronavírus é conhecida desde meados de 1960.

Mas nenhum deles é igual.  O Sars-Cov-2 surgiu apenas no fim de 2019, na China. Ao contrário do que é dito no vídeo, essa versão do coronavírus não circula no mundo faz tempo. […]

Por fim, a tese de que a Covid-19 é apenas uma armação da China não faz o menor sentido. O país sofreu um baque com o surto da doença e, além das milhares de mortes, também teve que lidar com o impacto na economia, como mostramos em desmentidos aqui e aqui. Além disso, esse tipo de afirmação, além de cruel também é xenófoba.

Em resumo: a história que diz que uma reportagem da revista Saúde, de maio de 2003, mostra que o novo coronavírus já existia e a Covid-19 é uma armação da China é falsa! A revista Saúde, de fato, fez uma matéria sobre o coronavírus, em maio de 2003. Entretanto, a cepa (tipo) de vírus citada na reportagem é a SARS-CoV, isto é, o agente infeccioso que causa a SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave). A própria revista fez questão de explicar o caso. Ou seja, a história não passa de balela. Não compartilhe e, ao contrário do pediu o presidente Bolsonaro ontem, fique em casa (se for possível)! Até breve.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2MF7olM
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)