Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas oferece lista de tratamentos gratuitos #boato

Atualização em 17/04: conforme havíamos informado, estamos atualizando a página com a lista de triagens para tratamentos do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas. Essa é a lista correta e não a do texto que circula online. Para ver a listá, vá até o final da matéria. Agora, fique com o desmentido escrito em 15/04.

Boato – Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (HC) está com inscrições abertas para diversos tratamentos gratuitos.

Ao mesmo tempo em que as redes sociais tornaram as informações úteis mais acessíveis, também deram asas às fake news. Por aqui, é comum encontrar “correntes do bem” que acabaram se tornando boato. Às vezes é um alerta sobre criminosos, crianças desaparecidas, doenças e até serviços gratuitos. O caso de hoje é mais uma notícia de “utilidade pública”.

A “notícia” que viralizou online aponta que o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clinixas (HC) está oferecendo atendimento psiquiátrico gratuito. Segundo o texto, as inscrições estão abertas para diversos tipos de tratamentos.

A lista indica que os voluntários sejam crianças pré-escolares com medos noturnos, homens e mulheres acima de 60 anos com depressão, meninas com autismo, pacientes com diagnóstico de TOC, pessoas de 18 a 60 anos com diagnóstico de esquizofrenia, voluntários entre 18 e 65 anos com estresse pós-traumático, crianças com TDAH, gestantes com quadros de depressão e ansiedade, voluntários com compulsão por jogos, idosos sem dificuldade de memória, portadores de doença de Alzheimer e cuidadores, mulheres com compulsão alimentar, adolescentes com anorexia, bulimia, Idosos com TDAH, crianças e adolescentes com epilepsia rolândica, pessoas com oniomania, cleptomania, ciúme patológico, compulsão sexual, automutilação e dependência tecnológica. Leia alguns trechos:

INSTITUTO DE PSIQUIATRIA DO HC – Em 09 de abril de 2019 Pessoal o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas está com inscrições abertas para vários tipos de tratamento gratuito, veja:

Crianças pré-escolares com medos noturnos – Medos noturnos são fenômenos naturais e comuns no desenvolvimento infantil, contudo, quando frequentes, podem se tornar severos e recorrentes, gerando problemas no sono, ansiedade e sofrimento para a criança e sua família. O IPq e o Instituto de Psicologia da USP buscam crianças de 4 a 6 anos, que apresentem medos noturnos intensos, acompanhados de comportamento de esquiva para dormir sozinhas, para projeto que vai testar uma nova alternativa de intervenção breve, com orientação parental e material psicoeducativo infantil.

Depressão – Homens e mulheres, acima de 60 anos, que estejam em tratamento com antidepressivo no mínimo há 6 meses, e que ainda não tenham apresentado melhora, para participar de estudo clínico com nova medicação.

Autismo – MENINAS de 4 a 16 anos e 11 meses, com diagnóstico de autismo (F84.0/CID 10), residentes em SP, para estudo no qual será avaliada a eficácia de ocitocina spray nasal na redução dos prejuízos na área da interação social, no que se refere a padrões de comportamentos repetitivos […]

Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas oferece lista de tratamentos gratuitos?

Apesar da história ter chamado muita atenção no Facebook e WhatsApp, temos uma notícia ruim: a informação não procede. Se você ainda não entendeu o porquê, continue lendo.

De cara, já ficamos desconfiados. O motivo é que é comum aparecerem notícias com serviços gratuitos que foram reais, mas que, com o passar do tempo, se tornaram boato. Ao buscar mais informações sobre o caso, confirmamos as suspeitas. De fato, o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) ofertou tratamentos gratuitos. Porém, ao contrário do que se imagina, a oferta não é recente.

Em 2016, o instituto anunciou vagas para pacientes voluntários nos grupos de TDAH, gestantes e pós-parto, jogo patológico, ciúme patológico, memória, psicoterapia para cuidadores de pessoas com Alzheimer, portadores de doença de Alzheimer e seus cuidadores, transtorno bipolar em fase depressiva, estresse pós-traumático, depressão, compulsão alimentar, anorexia, bulimia, trastorno ​dismórfico ​corporal​, skin picking, idosos com TDAH, epilepsia, esquizofrenia e oniomania (compra compulsiva), como mostra esta matéria do Catraca Livre. Note que nem todos os grupos listados na publicação estão nas vagas anunciadas, em 2016.

Pois bem, o mesmo aconteceu em 2017, quando o próprio Jornal da USP divulgou as vagas para tratamentos em projetos de pesquisa. Em 2018, novamente o instituto abriu vagas para pacientes voluntários, como mostra o G1. Dessa vez, a lista não contemplava apenas os grupos ofertados nos anos anteriores, como é o caso de mulheres na menopausa e voluntários com transtornos de escoriação.

Some tudo isso ao fato de que não encontramos nada sobre o assunto em 2019. Com isso, resolvemos entrar em contato com o instituto. Ao questionar a existência das vagas, descobrimos que, de fato, a informação não procede. Confira a resposta da assessoria ao nosso site:

Que bom que você está verificando a veracidade dessa informação, pois essa lista está completamente desatualizada, e estamos recebendo uma enxurrada de e-mails e pessoas querendo se inscrever em tratamentos que não estão mais sendo oferecidos. Por favor, desmentir! Em breve, vamos postar no facebook do IPq – Instituto de Psiquiatria do HCFMUSP, uma lista com as triagens abertas no momento.

Junto à resposta, também recebemos um comunicado oficial sobre o episódio. Em nota, o instituto informou que a “notícia é falsa” e que a “maioria dessas triagens está encerrada”. Confira:

Instituto de Psiquiatria do HC esclarece sobre lista de triagens de pacientes que estão circulando nas redes sociais Está circulando nas redes sociais uma lista descrevendo projetos de pesquisa do IPq – Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP, que estariam realizando triagens de pacientes voluntários para vários tratamentos. Informamos que essa notícia é falsa, pois essa divulgação foi realizada em 2017 e a maioria dessas triagens está encerrada. Acompanhe o Instituto de Psiquiatria – IPq – HCFMUSP por meio das redes sociais oficiais, nas quais você encontrará informações atuais e seguras sobre triagens e tratamentos.

Resumindo: a lista de tratamentos gratuitos do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas não procede. A história, além de velha, também foi desmentida pelo próprio instituto. É possível que haja um chamado para 2019, mas ele ainda não ocorreu.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Lista correta de tratamentos:

1. Voluntários com depressão, a partir de 60 anos
Homens e mulheres a partir de 60 anos, que apresentem diagnóstico de depressão e tenham disponibilidade em comparecer ao IPq durante 20 (vinte) dias úteis seguidos, e depois uma vez por semana, durante três meses, para estudo no qual será oferecido tratamento por meio de estimulação magnética transcraniana (EMTr), técnica não invasiva, que utiliza campos magnéticos para estimular pequenas regiões do cérebro. Obs.: Necessário nunca ter feito tratamento com EMTr anteriormente. Não serão aceitos pacientes com demências. Inscrições para triagem pelo e-mail: [email protected]gmail.com
2. Depressão unipolar
Homens e mulheres de 18 a 59 anos, portadores de transtornos depressivos unipolares, para tratamento e participação em projeto de pesquisa – coordenação: Dr. Fernando Fernandes. Para se inscrever, preencher o formulário no site: https://grudacom.wordpress.com/
3. Pessoas obesas, com sintomas de depressão
O Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP, em parceria com o IPq, está selecionando pacientes voluntários de ambos os sexos, de 18 a 50 anos, que apresentem sintomas de depressão e obesidade, para estudo que investiga a relação entre depressão e obesidade. Serão oferecidos tratamento psiquiátrico e acompanhamento nutricional, além de exames de grande relevância clínica, que não são feitos rotineiramente. Inscrições e informações no site: https://neurofatusp.wixsite.com/neurofat
4. Voluntários com depressão que não tenham apresentado resposta ao tratamento medicamentoso
Homens e mulheres de 18 a 65 anos, com diagnóstico de depressão (transtorno bipolar ou transtorno depressivo maior), que estejam fazendo uso regular de medicamento (antidepressivo e/ou estabilizador de humor), e que não tenham apresentado resposta satisfatória ao tratamento realizado no momento, para projeto de pesquisa no qual será aplicada a estimulação magnética transcraniana (EMT) para potencialização do tratamento da depressão. Informações e inscrições no site:
5. Gestantes e mulheres no pós-parto, com depressão
Gestantes de 18 a 45 anos, com quadros de depressão e ansiedade, e mulheres até o 6º mês do período pós-parto, de 18 a 45 anos, com quadro de depressão pós-parto. Informações e agendamento de triagem pelo tel. 11 2661-6440.
6. Mulheres dependentes químicas
Maiores de 18 anos, que apresentem dependência em álcool, crack ou cocaína, para tratamento em ambulatório específico para mulheres. O tratamento inclui atendimento médico/psiquiátrico, psicoterapia de grupo, atendimento nutricional e aconselhamento com advogados. Inscrições e informações fone: (11) 3082-1876, somente de segunda a quinta-feira, às 14h. Mais informações sobre o ambulatório: www.mulherdependentequimica.com.br
7. TOC
Homens e mulheres de 18 a 50 anos, com transtorno obsessivo-compulsivo – TOC, que não estejam medicados / fazendo uso de medicação para o TOC, de 18 a 50 anos, para estudo que avaliará a influência de fatores como traumas, religiosidade e situação socioeconômica no desenvolvimento do transtorno, e também pretende identificar marcadores cerebrais associados ao transtorno. Os pacientes poderão receber tratamento gratuito e terão ajuda de custo para transporte e lanche. Será fornecida declaração de comparecimento. Informações e inscrições para triagem pelo e-mail: [email protected]
8. Estresse pós-traumático
Voluntários de 18 a 65 anos, que tenham vivenciado ou presenciado eventos traumáticos em qualquer momento da vida e que ainda se encontrem emocionalmente abalados. Serão  oferecidos tratamentos médico e psicológico. Informações e inscrições – e-mail: [email protected]usp.br
9. Crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – TDAH
Crianças entre 3 anos e 11 meses  e 5 anos e 11 meses, que apresentem agitação e desatenção. Se confirmado diagnóstico de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade -TDAH, o paciente será incluído em protocolo de tratamento. Informações e inscrições no site: www.estudomappa.com.br – 11 2661-7895, para inscrições –  e-mail [email protected]
10. Epilepsia
Triagens abertas para homens e mulheres, da infância à fase adulta, que apresentem os seguintes tipos de epilepsia: epilepsia rolândica, epilepsia mioclônica  juvenil e epilepsia de lobo temporal. Informações completas e inscrições no site: www.epilepsiahc.org  ou  tel. 11 2661-6518.
11. Voluntários com doença de Parkinson
A Neurocirurgia Funcional do IPq busca homens e mulheres, maiores de 18 anos, com diagnóstico de doença de Parkinson, que apresentem episódios de congelamento (freezing) da marcha não controlados pelas medicações, para estudo no qual será oferecido tratamento de alterações de marcha por meio de estimulação da medula espinhal. Informações e inscrições com os pesquisadores: Dr. Rafael Carra – e-mail: [email protected], Dra. Janaína Menezes – e-mail: [email protected] ou Dr. Rubens Cury – e-mail: [email protected]
12. Esquizofrenia – pacientes resistentes a clozapina
O Programa de Esquizofrenia (Projesq), busca pacientes voluntários de 18 a 59 anos, com diagnóstico de esquizofrenia e que estejam em tratamento com clozapina há pelo menos seis meses, sem resposta satisfatória ao tratamento, ou seja, pacientes considerados resistentes a clozapina. Informações e inscrições pelo e-mail: [email protected] ou tel. (11) 2661-6971.
13. Jogo patológico
Pessoas maiores de 18 anos, que apresentem compulsão por jogos de azar, a ponto de prejudicar seu trabalho, finanças ou relacionamentos. Inscrições para triagem pelos tels. (11) 2661-7805, (11) 2307-7805 ou e-mail: [email protected]
14. Transtorno de escoriação
Homens e mulheres maiores de 18 anos, que apresentem transtorno de escoriação, síndrome que leva as pessoas a cutucarem a pele compulsivamente, provocando lesões em diferentes graus, em várias partes do corpo. Os interessados podem se inscrever para triagem pelo fone 11 26617805 ou e-mail: [email protected]
15. Compra compulsiva
Pessoas maiores de 18 anos, que apresentem comportamento repetitivo e crônico de gastar descontroladamente. Esses indivíduos também podem apresentar outros transtornos associados, como ansiedade, depressão e transtorno bipolar. Informações e inscrições tel. 11 2661-7805 ou e-mail: [email protected]
16. Furto impulsivo (cleptomania)
Transtorno caracterizado pelo furto impulsivo de objetos desnecessários, geralmente para uso pessoal e de baixo valor monetário. O tratamento oferecido é individual, reservado e inclui psicoterapia e medicamentos. Informações e inscrições pelo tel. 11 2661-7805 ou e-mail: [email protected]
17. Amor patológico
Pessoas maiores de 18 anos, que vivenciem um relacionamento destrutivo, caracterizado pela atenção e cuidado excessivos com o parceiro, sem controle e sem liberdade de escolha, no qual o indivíduo é objeto prioritário na vida da pessoa, em detrimento de outros interesses antes valorizados. Informações e inscrições  pelo tel. 11 26617805 ou e-mail: [email protected]
18. Ciúme patológico
Pessoas maiores de 18 anos, que percebam que seu ciúme prejudica o relacionamento amoroso de alguma forma, sendo motivo de brigas ou discussões, com queixas e reclamações sobre o ciúme excessivo do/a parceiro/a. Informações e inscrições tel. 11 26617805 ou e-mail: [email protected]
19. Automutilação
Pessoas maiores de 18 anos, que pratiquem autolesão, sem ideação suicida. Informações e inscrições tel. (11) 2661-7805 ou e-mail: [email protected]
20. Transtorno explosivo intermitente (pavio curto)
Homens e mulheres maiores de 18 anos, que apresentem episódios de explosões de raiva recorrentes. Informações e inscrições tel. (11) 2661-7805 – e-mail: [email protected]
21. Tricotilomania
Pessoas maiores de 18 anos, que apresentem compulsão por arrancar cabelos e/ou outros pelos do corpo. Informações e inscrições  tel. (11) 2661-7805 ou e-mail: [email protected]gmail.com
22. Impulso sexual excessivo
Homens e mulheres maiores de 18 anos, que apresentem  comportamento sexual impulsivo. Informações e inscrições  tel. (11) 2661-7805 ou e-mail: [email protected]gmail.com
23. Dependência tecnológica
Homens e mulheres maiores de 18 anos, que passem horas excessivas conectados à internet, em detrimento da vida social, família, trabalho, etc. Informações e inscrições  tel. (11) 2661-7805 ou e-mail: [email protected]
24. Dependência de comida
Homens e mulheres maiores de 18 anos, com comportamento alimentar compulsivo. Informações e inscrições  tel. (11) 2661-7805 ou e-mail: [email protected]gmail.com
25. Psicoterapia em grupo para homossexuais masculinos a partir de 50 anos
O IPq dispõe de vagas para homossexuais masculinos, a partir de 50 anos, que queiram participar de grupo de psicoterapia que aborda questões emocionais e afetivas, aspectos do comportamento sexual na maturidade, questões relacionadas à família, bem como assuntos relativos ao trabalho, carreira e desenvolvimento profissional. Coordenação: Psicólogas Dorli Kamkhagi, Ana Carolina Costa e equipe. Inscrições pelo e-mail: [email protected]gmail.com
26. Voluntários saudáveis – Homens e mulheres, de 18 a 65 anos, sem história prévia de transtorno psiquiátrico, para participar de estudo sobre a resposta de medo, com o objetivo de ajudar a entender porque algumas pessoas desenvolvem sintomas ansiosos que podem fazer parte de diversos transtornos psiquiátricos, inclusive do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). O voluntário comparecerá ao hospital apenas dois dias, para entrevista com os pesquisadores, exame de ressonância magnética, coleta de sangue e um experimento de medo condicionado. Serão fornecidos comprovante de comparecimento e ajuda de custo para transporte e alimentação. Informações e inscrições com a Dra. Juliana Diniz – e-mail: [email protected]
27. Voluntários saudáveis – Pessoas a partir de 18 anos, que não apresentem transtornos psiquiátricos, não tenham queixas de problemas de memória e não estejam fazendo uso de medicações psicoativas, para participar de estudo cujo um dos aspectos é a comparação entre pessoas saudáveis e pacientes com doença de Alzheimer, transtorno bipolar, esquizofrenia e outras. Os voluntários virão ao IPq apenas duas vezes e receberão ajuda de custo para transporte e lanche. Informações e inscrições pelos fones: (11) 2661-7283 (com Daniela); (11) 2661-6959 (com Amanda).
28. Voluntários saudáveis – Homens e mulheres de 18 a 50 anos, que não apresentem transtornos psiquiátricos ou doenças crônicas, para participar como grupo-controle/comparação de pesquisa que avaliará a influência de fatores como traumas, religiosidade e situação socioeconômica no desenvolvimento do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Os participantes virão ao IPq apenas 3 vezes, para avaliação clínica, teste neuropsicológico e exame de ressonância magnética do cérebro, recebendo depois os resultados desses exames. Serão fornecidas ajuda de custo para transporte, lanche e declaração de comparecimento. Inscrições pelo e-mail: [email protected]
29. Voluntários saudáveis – Pessoas maiores de 18 anos, que não tenham depressão, doença clínica não estabilizada (diabetes, hipertireoidismo, lúpus, etc.) e não façam uso de polivitamínicos ou qualquer medicamento psiquiátrico, para participar de estudo no qual será oferecido um check-up composto por exames laboratoriais (sangue e urina),eletrocardiograma e avaliação da dieta habitual. Os resultados, que incluem avaliação dos níveis de vitamina B12, ácido fólico e selênio, serão repassados aos participantes gratuitamente. Informações e inscrições tel. 11 2661-7804, de 2ª a 6ª, das 9h às 13h, ou pelo e-mail: [email protected]gmail.com
Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)