Governadores e prefeitos jogam respiradores no mato para prejudicar Bolsonaro #boato

Boato – PM descobre que governadores e prefeitos abandonaram respiradores de ar, na Grande SP, para prejudicar Bolsonaro.

Nas últimas semanas, o assunto mais comentado no país é o colapso iminente na saúde pública do Brasil. A situação tem se agravado nos últimos dias e diversos estados já não possuem leitos vagos de UTI. O acesso a um respirador na área de tratamento intensivo tem se tornado uma verdadeira luta. Infelizmente, não são raros os casos onde pessoas acabaram falecendo na fila à espera de um leito.

Em meio a toda essa confusão, uma história tem causado revolta nas redes sociais. De acordo com um vídeo que está circulando na internet, no dia 14 de março de 2021, a Polícia Militar teria descoberto nove respiradores de ar abandonados na zona rural do município de Ferraz Vasconcelos (SP). Segundo a publicação, a carga estaria avaliada em mais de R$ 500 mil. Ainda de acordo com a publicação, essa teria sido uma ação de governadores e prefeitos de todo o Brasil para prejudicar o governo Bolsonaro. Confira:

Versão 1: “Será que o STF dará 24h para o Doria explicar, sobre os respiradores encontrados no mato   A Polícia Militar localizou na manhã deste domingo (14) nove respiradores de ar utilizados para ventilação mecânica de pessoas em hospitais largados na zona rural de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. A carga é avaliada em mais de R$ 537 mil”. Versão 2: “Respiradores encontrados no mato em São Paulo Povo morrendo por falta de respirador e alguém jogando no mato os equipamentos. E depois  manda fechar tudo o comércio porque está lotados os hospitais  falta de respiradores”.

Versão 3: “A oposição é genocida!!!! Respiradores  encontrados jogados  no mato -SP. Ainda tem gente q não acredita q os governantes canalhas fazem isso!!”. Versão 4: “ESTA FALTANDO RESPIRADORES? PEGA NO MATO. PRESIDENTE ENTREGUISTA OU COVARDE? NOSSO DINHEIRO NA MÃO DO CRIME POLITICO ORGANIZADO! DAÍ LEMBRO DO VELHO DITADO QUE DIZ “MEU DINHEIRO É CAPIM”, PARECE QUE É!”.

Governadores e prefeitos jogam respiradores no mato para prejudicar Bolsonaro?

A informação causou grande comoção nas redes sociais, em especial, no Facebook e no WhatsApp, e deixou muita gente revoltada. Apesar disso, a história não passa de balela.

Basta olhar para a publicação para perceber que ela apresenta diversas características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista (dada à situação no país), os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, a lista de histórias falsas acusando governadores durante a pandemia tem ficado cada vez mais extensa. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que governadores estariam escondendo vacinas para desestabilizar Bolsonaro. Também a que indicava que a falta de oxigênio em Manaus (AM) teria ocorrido, porque o governador não quis comprar da oposição e tem dívida com fornecedor e, por fim, a que apontava que governadores e prefeitos teriam escondido respiradores, enviados por Bolsonaro, em galpão e não enviado aos hospitais.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que, de fato, o caso é real. Entretanto, não tem nada a ver com governadores ou um complô contra o governador federal.

O caso ocorreu no domingo, dia 14 de março de 2021, após uma operação da Polícia Militar com base em uma denúncia anônima. Ao chegar na Estrada do Sossego, zona rural de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, a Polícia Militar encontrou 9 respiradores abandonados.

De acordo com a PM, as nove caixas estavam abertas, mas os respiradores estavam intactos. Segundo a Polícia Militar, os números de registros dos materiais são os mesmos dos equipamentos roubados do Hospital Santa Virginia, no dia 12 de março de 2021. O caso foi registrado pelo 1º Distrito Policial de Ferraz de Vasconcelos que investigará a ocorrência.

Em resumo: a história que diz que governadores teriam abandonado respiradores de ar para prejudicar o governo Bolsonaro é falsa! O caso retratado no vídeo, de fato, é real, mas não tem nada a ver com a história de hoje. O caso, na realidade, envolve um roubo de carga do Hospital Santa Virginia, ocorrido no dia 12 de março de 2021, onde respiradores de ar foram roubados. De acordo com a PM, os números de séries dos materiais são os mesmos dos equipamentos roubados. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3kWrohw
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy