Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Diretor da Pfizer Jordan Trishton Walker confessa que empresa cria mutações para produzir novas vacinas da Covid-19 #boato

Diretor da Pfizer Jordan Trishton Walker confessa que empresa cria mutações para produzir novas vacinas da Covid-19 #boato

Diretor da Pfizer Jordan Trishton Walker confessou que empresa cria mutações para produzir novas vacinas da Covid-19, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Em vídeo bomba, o Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Pfizer Jordan Trishton Walker admitiu que a empresa está criando mutações da Covid-19 para vender mais vacinas.

Prestes a completar três anos de pandemia, a situação da Covid-19 se mostra muito mais tranquila (pelo menos no Brasil). Muito disso se deve à vacinação em massa e, apesar de muita gente jogar contra, é possível dizer que vencemos os antivax.

Mesmo assim, é possível ver que algumas pessoas que buscam apenas repercussão e dinheiro ainda insistem na tese falsa de que as vacinas são ruins e que o bom é pegar o vírus o mais rápido possível e tomar remédios sem eficácia comprovada.

Este pensamento deplorável está sendo reforçado por um vídeo de um suposto “Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento – Operações Estratégicas e Planejamento Científico” chamado Jordan Trishton Walker. Ele teria, em um vídeo, admitido que a empresa está criando mutações do vírus para vender mais vacinas.

Vídeo: é falso que Elon Musk colocou imagem do Lula ladrão no prédio

O vídeo, de cerca de 10 minutos e que não será exibido aqui, é acompanhado de mensagens que apontam para o escândalo em questão. Leia alguns dos textos que estão viralizando por aí:

Versão 1: Reação do Diretor da Pfizer, JORDAN TRISHTON WALKER, depois que descobriu que ele estava sendo filmado pelo Projeto Veritas. Walker admitiu que a Pfizer controla as agências de saúde dos EUA (como se não soubéssemos), e que claro isso é ruim para o cidadão comum, mad muito bom para os negócios das indústrias farmacêuticas.

Versão 2: Jordan Tristan Walker, Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento – Operações Estratégicas e Planejamento Científico de mRNA da Pfizer, confessou que a Pfizer controla as agências de saúde dos EUA e que empresa vem manipulando intencionalmente o vírus para criar novas vacinas.

Walker supostamente não tem presença pública na mídia social ou pegada digital. De acordo com o comentarista do Twitter Ian Miles Cheong, o único perfil do LinkedIn conectado a Walker também foi excluído. Mesmo em meio à tudo isso, PRISÃO por até 8 anos para quem duvidar de vacinas tramita no Congresso brasileiro.

Diretor da Pfizer Jordan Trishton Walker confessou que empresa cria mutações para produzir novas vacinas da Covid-19?

O vídeo e as alegações se espalharam com todas as forças na internet. Porém, a acusação (das mais malucas, aliás) carece do principal: provas. Pelo contrário, algumas buscas mostram que a acusação não se sustenta.

O histórico de fake news sobre vacinas da Pfizer (principal alvo de desinformação sobre a imunização nos Estados Unidos) já nos deixam desconfiados da veracidade da informação. Só de fake news “importadas” sobre diretores da empresa, já desmentimos que o CEO disse que não vai se vacinar, que a esposa dele morreu por conta da vacinação e que o CEO foi preso.

Ao procurar pela fonte da informação, a situação piora. O vídeo foi produzido por um “projeto” conhecido por espalhar informações duvidosas sobre pandemia e política. Para piorar, achamos um furo sobre o tal Jordan Trishton Walker, Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento – Operações Estratégicas e Planejamento Científico.

Ao buscar sobre Jordan Trishton Walker ou algumas variáveis que aparecem na internet como Jordan Triston Walker ou, ainda, Jordan Tristan Walker, nada encontramos em relação à empresa farmacêutica. Se o Mr. Jordan fosse uma figura que falasse pela empresa, ele já teria aparecido, não é verdade?

Para piorar, o diretor do cargo em questão não tem este nome. O Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (R&D) da Pfizer é Mikael Dolsten. Ele é responsável por liderar a estratégia de pesquisa e desenvolvimento da empresa, incluindo a descoberta e desenvolvimento de novos medicamentos e vacinas.

Ao buscarmos pela lista de diretores da empresa chegamos a nomes como Dr. Albert Bourla (diretor executivo e presidente), Sally Susman (diretora de assuntos corporativos, vice-presidente executiva), Payal Sahni Becher (diretora de experiência de pessoas, vice-presidente executiva), William Pao, M.D., Ph.D. (diretor de desenvolvimento, vice-presidente executivo), Mike McDermott (diretor de suprimentos globais, vice-presidente executivo), Aamir Malik (diretor de inovação de negócios, vice-presidente executivo), Doug Lankler (conselheiro geral, vice-presidente executivo) Rady Johnson (diretor de conformidade, qualidade e riscos, vice-presidente executivo), Angela Hwang (diretora comercial, presidente, negócios de biotecnologia global), Lidia Fonseca  (diretora de tecnologia e digitalização, vice-presidente executiva), Mikael Dolsten, (diretor científico e presidente, pesquisa, desenvolvimento e médico mundial da Pfizer), Dave Denton (diretor financeiro e vice-presidente executivo) e Bill Carapezzi (vice-presidente executivo, serviços de negócios globais e transformação).

Não há o nome do Jordan Trishton Walker na lista em questão. Ou seja: muito provavelmente, o cidadão não é um “diretor” ou mesmo está no primeiro escalão da Pfizer. Ou seja: ele não poderia, em tese, falar pela empresa.

Ao buscar por fontes confiáveis sobre o assunto, não demoramos para achar um artigo da revista Forbes desmentindo a tese. Além de tudo que falamos, o artigo aponta que há trechos cortados do vídeo e que ele não prova nada sobre as intenções da empresa.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que um diretor da Pfizer admitiu que a empresa está criando mutações do coronavírus para vender vacinas. Não há nenhum diretor com o nome em questão, o vídeo está cortado e não apresenta provas e a acusação segue uma linha manjada em fake news.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso