Alho e vinagre de maçã são a cura para a Covid-19 e matam o coronavírus #boato

Boato – A cura da Covid-19 está em um remédio caseiro: é só misturar alho e vinagre de maçã que você mata o coronavírus. Receita também é indicada para outras doenças.

Desde quando a pandemia do coronavírus se tornou pública, o que não tem faltado na internet são receitas absurdas prometendo a cura da doença. Entre março e setembro, já desmentimos dezenas (quiçá, uma centena) de receitas caseiras que prometem a cura para a doença. A de hoje vem de um vídeo no qual o homem relata que a mistura entre alho e vinagre de maçã é a solução.

O vídeo, que não iremos exibir aqui, é acompanhado de legendas como “Vinagre de maçã e alho te imune da covid 19… Assista!”, “Alho com vinagre de maçã para a cura do Covid-19”, “Alho com Vinagre de Maçã: mata o virus chinês…” e “Vinagre de maçã e alho te imune da covid 19… Assista!”.

Na filmagem, o homem cita um testemunho no qual aponta que toda a família contraiu a Covid-19 e que todos se curaram com a receita. Ele cita, ainda, que apenas uma pessoa da família passou mal e que ela se recuperou tomando a mistura. No vídeo, ainda há a informação de que alho e vinagre curariam herpes e acabariam com a pressão alta.

Confira o desmentido em vídeo:

Alho e vinagre de maçã são a cura para a Covid-19 e matam o coronavírus?

É claro que uma informação como essa chamaria atenção. Mas será mesmo que a receita caseira de alho e vinagre de maçã é a cura para o coronavírus? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

A mensagem e o histórico já nos deixam muitos desconfiados. Ela tem algumas características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e não cita nenhuma fonte confiável. Além disso, os nomes “alho” e “vinagre” são figurinhas carimbadas em se tratando de fake news sobre a Covid-19.

Já desmentimos textos falsos que apontavam que a mistura entre alho, açafrão e limão curaria a doença, que a solução estaria em tomar alho com água fervida e até que alho e enxofre (solução apresentada por uma mulher ao presidente da República) seria a cura. Sobre o vinagre, já desmentimos histórias que falavam em gargarejo de sal e vinagre seria a cura e até que o vinagre substituiria o álcool em gel na prevenção das mãos.

Assim como nos outros casos, a informação que fala de alho e vinagre de maçã para curar a Covid-19 não tem nenhuma base científica. Entendemos que é possível que o sujeito e sua família tenham passado pela doença e se curado ao mesmo tempo que tomaram a mistura (horrível, por sinal). Mas mesmo que o relato seja real, isso não significa que eles se curaram porque tomaram o remédio caseiro.

O relato do sujeito não pode ser tomado por verdade absoluta porque não há qualquer evidência de que a cura tenha se dado por causa do alho com vinagre de maçã. Não é possível dizer se o resultado seria o mesmo se o sujeito tivesse tomado no lugar qualquer outra coisa ou mesmo nada.

Para saber a eficácia, seria preciso se utilizar de um estudo comparativo no qual um número significativo de pacientes se utilizam da receita e outra parte não (só seria complicado conseguir um placebo tão ruim como alho com vinagre). E, como era de se esperar, não há qualquer comprovação científica da eficácia da mistura contra o coronavírus.

Por sinal, a OMS e autoridades sempre falam que, infelizmente, não existe um remédio que cure a Covid-19. Apesar de alguns medicamentos estarem sendo utilizados com sucesso para amenizar complicações da doença (como a dexametasona e a heparina), não há uma receita de “cura” (apesar dos esforços da comunidade científica mundial). Por isso, no momento, a melhor forma de se prevenir é evitar ser infectado (evitando contato social, usando máscaras e higienização as mãos).

É importante citar que o consumo excessivo de alho e vinagre, além de não curar nada, pode fazer mal. Essa matéria aponta que o vinagre de maçã pode, de acordo com estudos, causar enfraquecimento no esmalte dos dentes, queda nos níveis de potássio no corpo, problemas na regulação de açúcar no sangue e problemas gastrointestinais. Já o consumo excessivo de alho pode causar complicações como alergias, náuseas, vômitos e diarreia (se falar que você não poderá chegar perto de ninguém enquanto estiver tomando a receita).

Resumindo: a história que aponta que a cura da Covid-19 está na mistura entre alho e vinagre de maçã é falsa. Não passa de mais um boato de receita milagrosa contra o coronavírus que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)