Alexandre Garcia escreve texto sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus #boato

Boato – Alexandre Garcia escreveu um texto sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus. Nele, o jornalista descreve o passo a passo que a China usou para espalhar o vírus para engessar a economia de outros países e salvar a sua.

Não se fala em outra coisa na internet e em toda a mídia: os impactos da pandemia de coronavírus no mundo inteiro. Isto não só em relação à saúde da população quanto também aos que ainda serão contabilizados na economia de todos os países mais à frente.

Com esta preocupação, mas com uma boa “dose” de teorias conspiratórias, começou a circular nas redes sociais nesta semana um texto atribuído ao jornalista Alexandre Garcia que fala sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus.

Nele, Garcia supostamente descreve o “passo a passo” que a China teria seguido para criar o vírus (junto com o antídoto), espalhar pelo mundo, afetar a economia de todos os países, achar a cura (uma vez que já teria o antídoto) e salvar a sua economia, voltando a produzir e vendendo mais caro o que conseguiu comprar barato enquanto os países estavam paralisados. Confira, a seguir, a mensagem original da publicação que está compartilhando o texto:

Atenção! Textos falsos atribuídos a Arnaldo Jabor e Alexandre Garcia sempre circulam na web. Saiba quando desconfiar:

Meu posicionamento Pessoal, estou fazendo minha parte a espera de dias melhores. Mas mais uma vez reforço o quanto não gosto do Comunismo! Leia e tire suas conclusões: A GRANDE ENCENAÇÃO CHINESA 1. Crie um vírus e o antídoto. 2. Dissemine o vírus. 3. De uma demonstração de eficiência, construindo hospitais em poucos dias. Afinal você já estava preparado, com os projetos, a encomenda dos equipamentos, a contratação da mão-de-obra, a rede de água e esgoto, os materiais de construção pré-fabricados e estocados em um volume impressionante. 4. Provoque o caos no mundo, começando pela Europa. 5. Engesse rapidamente a economia de dezenas de países. 6. Interrompa as linhas de produção das fábricas de outros países. 7. Provoque a queda das bolsas e compre empresas a preço de banana. 8. Controle rapidamente a epidemia no seu país. Afinal você já estava preparado. 9. Abaixe o preço das commodities, inclusive o preço do petróleo que você compra em larga escala. 10. Volte a produzir rapidamente, enquanto o mundo está parado. Compre o que você negociou barato na crise e venda mais caro o que está em falta nos países que paralisaram as suas indústrias. Afinal, você leu mais Confúcio do que Karl Marx. PS: Antes de rir, leia o livro dos coronéis chineses Qiao Liang e Wang Xiangsui, de 1999, “Unrestricted Warfare: China’s master plan to destroy America”, na Amazon, depois a gente conversa. Está tudo lá. Texto: Alexandre Garcia

Alexandre Garcia escreveu texto sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus?

Não há dúvidas de que um texto que supostamente explica a origem da pandemia do Covid-19, na opinião de um jornalista conhecido, viralizaria rapidamente. Mas será mesmo que Alexandre Garcia escreveu o texto sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus? A resposta é não! E o porquê nós te explicamos nas próximas linhas.

Para começar, a mensagem que está acompanhando o tal texto possui todas as características de fake news: é vaga (não cita quando Alexandre Garcia teria divulgado), alarmista (tem o intuito de gerar revolta), possui erros de português e não cita fontes confiáveis que possam confirmar o que está sendo dito no texto ou mesmo que o jornalista o teria escrito.

Em segundo lugar, depois de a pandemia começou, não param de surgir boatos atribuídos erroneamente ao novo coronavírus e, também, ao próprio Alexandre Garcia. Sobre o Covid-19, nós já desmentimos aqui no Boatos.org desde casos de “curas” falsas, como o do gargarejo com água quente, vinagre e sal; do uso de maconha para ficar imune ao vírus e até da suposta cura encontrada pelos EUA, que teria tratado de forma definitiva 40 pacientes infectados, entre tantos outros.

Em relação ao jornalista, também não faltam histórias falsas de textos supostamente escritos por ele. Você deve se lembrar do caso do artigo que Alexandre Garcia teria escrito falando que torcer contra Bolsonaro é o mesmo que pedir para avião cair, do que ele teria falado que nunca viu um presidente tão humilhado pela mídia como Bolsonaro, ou, ainda, do texto em que ele supostamente fala sobre Bebianno, mídia, verbas publicitárias e Bolsonaro.

Portanto, não seria nada estranho desconfiar que a publicação do nosso caso de hoje também não seja de sua autoria. E foi aí que, ao buscarmos pelo tal texto, nada encontramos que possam relacionar o jornalista a ele. Em vez disso, achamos textos de Alexandre Garcia falando sobre a China e o novo coronavírus.

Em um de seus comentários, o jornalista mencionou o quanto o Covid-19, de certa forma, fez bem para a China, já que o país já está se recuperando e ainda vai crescer mais, assim como fez diante de outras pandemias, como no surto das gripes aviárias e suínas. Isso por ser um grande comprador de petróleo, commodities e alimentos, os quais está conseguindo comprar mais barato, além do fato de estar aproveitando bem o momento para comprar empresas ocidentais e superar a crise.

Em outra oportunidade, o comentarista também falou que os impactos causados pelo novo coronavírus na economia mundial não devem prejudicar o agronegócio brasileiro, uma vez que os alimentos são essenciais para superar crises sanitárias. Além disso, para ele, a mineração também deve ter poucos prejuízos, pois a China é o principal comprador de minério de ferro brasileiro e já está se recuperando, voltando a abrir as portas de suas indústrias.

Ou seja, em nenhum momento, Alexandre Garcia citou essa teoria conspiratória da qual fala o tal texto. Então, decidimos buscar pelo artigo em questão e encontramos versões anônimas que foram publicadas antes dele ser atribuído ao jornalista, o que já é algo “clássico” em boatos desse tipo.

E, por fim, só para cravar o desmentido de vez, essa teoria de que a China teria criado o novo coronavírus para “ganhar guerras econômicas” não só é absurda como também já foi desmentida.

No boato falando que a China criou o novo coronavírus para ganhar a 3ª Guerra Mundial e dar um golpe de mestre em outros países, por exemplo, nós explicamos que uma das teses que derruba essa teoria por água abaixo é o fato de que o PIB (Produto Interno Bruto) do país pode retrair quase 80% no segundo trimestre por causa da doença, assim com aconteceu em outras epidemias. Em 2002, no surto de Sars, a China perdeu 2% do crescimento do PIB. Sendo assim, não faz nenhum sentido achar que os chineses criariam o Covid-19 só para salvar a sua economia dando golpe em outros países, como afirma o tal texto.

Resumindo: A publicação que está rodando online falando de um texto que Alexandre Garcia teria escrito sobre “a grande encenação chinesa” do coronavírus não é verdadeira. O artigo não foi escrito pelo jornalista, bem como essa história toda de a China criar o vírus para salvar a economia do país não passa de uma teoria da conspiração.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2MF7olM
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)