52 cidades tem zero casos de morte por Covid-19 graças a ivermectina, hidroxicloroquina e tratamento precoce #boato

Boato – É incrível. Graças a ivermectina, hidroxicloroquina e tratamento precoce, já são 52 cidades sem “casos de morte” por Covid-19.

Não é a primeira vez que começamos um texto falando que, mais uma vez, o Brasil supera o recorde de mortes diárias por Covid-19. O pior de todo esse quadro é que tem gente que ainda insiste na falácia de que a salvação não está nas medidas de distanciamento social ou na vacina (sim, ainda tem gente que pensa isso) e sim em remédios como ivermectina e hidroxicloroquina.

A mais nova mensagem que está sendo utilizada como “prova” de que o tal tratamento precoce (que de tratamento não tem nada) é a saída para a Covid-19 é que o “Kit Covid” composto de ivermectina, hidroxicloroquina, azitromicina etc. seria o responsável por 52 cidades terem zero “casos de morte” por Covid-19. Leia a mensagem que circula online:

Já são 52 cidades com zero casos de morte por vírus chinês, graças a ivermectina e hidroxocloroquina no tratamento precoce. #AxelGrael queremos tratamento precoce nos postos de saúde! Cidades onde o Tratamento Precoce está sendo disponibilizado: “01) Porto Seguro (BA); 02) Rancho Queimado (SC); 03) Búzios (RJ); 04) Porto Feliz (SP); 05) São Lourenço (MG); 06) Taquara (RS); 07) Itajubá (MG); 08) Braço do Norte (SC); 09) Toledo (PR); 10) Cristal (RS); 11) Cascavel (PR); 12) São João Nepomuceno (MG); 13) Saudades (SC); 14) Pilar (AL); 15) Uberaba (MG); 16) São Pedro dos Crentes (MA); 17) Foz do Iguaçú (PR); 18) Santa Maria (RS); 19) Itajaí (SC); 20) Vila Velha (ES); 21) Chapecó (SC); 22) Potirendaba (SP); 23) Nova Odessa (SP); 24) Campina Grande (PB); 25) Penha (SC); 26) Mirandópolis (SP); 27) Governador Valadares (MG); 28) Ipatinga (MG); 29) Jaguaré (ES); 30) Maxaranguape (RN); 31) Uberaba (MG); 32) Cacoal (RO); 33) Floriano (PI); 34) Bom Despacho (MG). 35) Coronel Fabriciano (MG) 36) Carmo do Rio Claro (MG) 37) Lupionopolis (PR) 38) NATAL (RN) 39) AREIA BRANCA (RN) 40) MOSSORÓ (RN) 41) APODI (RN) 42) PARNAMIRIM (RN) 43) PARELHAS (RN) 44) Loanda (PR) 45) São Pedro do Paraná (PR) 46) Vitória da Conquista (BA) 47) Itapetinga (BA) 48) Videira (SC) 49) Orizona (GO) 50) Tibagi (SC) 51) Taquara (PR) 52) Limeira (SP) André Marroig Vamos prefeitos, passem para o lado de Deus, abandonem o Diabo ainda é tempo.

52 cidades tem zero casos de morte por Covid-19 graças a ivermectina, hidroxicloroquina e tratamento precoce?

É claro que os robozinhos e os espalhadores de fake news iriam fazer o trabalho deles e compartilhar a mensagem com tudo por aí. Como também a gente tem trabalho a fazer, checamos e descobrimos que é falso que as 52 cidades listadas têm zero casos ou mortes de Covid-19.

Nos últimos tempos, não são poucas vezes que o Boatos.org tem que desmentir relatos de “milagres” (é isso que chamamos quando algo relatado não tem explicação da ciência) em algumas cidades do Brasil (muitas estão, inclusive, na lista de 52 cidades).

Já desmentimos (detalhes nos links e vídeos a seguir) relatos de que o tratamento precoce zerou mortes em Rancho Queimado (SC), São Lourenço (MG), Porto Feliz (SP), Chapecó (SC), Maraxanguape (RN) e até sobre uma lista de “15 cidades” (muitas citadas anteriormente ou na lista de 52 cidades).

Assim como nos outros casos, a mensagem (que tem características de boatos online como ser alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis) parte de um pressuposto falso: de que hidroxicloroquina e ivermectina curam a Covid-19. Já explicamos um bocado de vezes que as medicações em questão (assim como outras) não têm eficácia comprovada e não são recomendadas pela OMS, Anvisa ou mesmo (no caso da ivermectina) pela fabricante do remédio.

E, ao analisar as mortes por Covid-19 nas cidades em questão, vimos que não é verdade que elas estão sem mortes por Covid-19. Por meio do sistema SUS Analítico, buscamos uma por uma pelas cidades listadas.

Não demorou para acharmos alguns erros. O primeiro é que não são “52 cidades na lista”. A tabela foi “tão caprichada (só que não)” Uberaba e Taquara aparecem duas vezes na lista. No caso da cidade do Rio Grande do Sul, há outro erro: ela é descrita como do Paraná. Por sinal, a cidade de Tibagi (Paraná) é descrita como se fosse de Santa Catarina.

A segunda é que nenhum dos municípios da lista (até mesmo municípios pequenos como São Pedro do Paraná, que tem só 2.313 habitantes) tem zero mortes por Covid-19. Nas últimas 24 horas, 20 das 50 cidades tiveram óbitos. Santa Maria (RS) teve, por exemplo, 24 mortes nas últimas 24 horas.

Vale dizer que não tivemos braços de checar se todas as cidades se utilizam, de fato, do chamado tratamento precoce e em que nível ele é utilizado. Porém, os fatos de o tratamento não ter eficácia comprovada e (ao contrário do que aponta a mensagem) todos terem mortes por Covid-19 já elimina a tese que se espalhou por aí.

Resumindo: a história que aponta que 52 cidades não tem morte por Covid-19 por causa do tratamento precoce, hidroxicloroquina e ivermectina é falsa. Além de a lista só ter 50 cidades e todas terem mortes registradas por Covid-19, a mensagem fala de remédios e um tratamento sem eficácia comprovada contra Covid-19.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3tP2fIR
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet