Urna eletrônica fraudada mostra voto para Haddad quando “1” é digitado #boato

Boato – Vídeo mostra que uma urna eletrônica está completando automaticamente o voto para Fernando Haddad (número 13) assim que o número 1 é digitado. Fraude!

A votação já acabou e, durante todo esse domingo, as redes sociais ficaram em polvorosa com um tema em especial: as urnas eletrônicas. Depois de um “esquenta” com diversas acusações e notícias falsas (temos exemplos aqui, aqui e aqui), o dia das eleições foi repleto de mais acusações contra a idoneidade do pleito.

Dentre os diversos vídeos, áudios, fotos e mensagens (talvez a gente volta para falar de alguma delas por aqui), um post chamou atenção. Ele mostra uma pessoa tentando votar para presidente. Ao apertar o número 1, a urna já mostra o número de Fernando Haddad. Leia duas versões da mensagem que circula online:

Versão 1: Muitos casos de pessoas denunciando as urnas! Pessoas que tentaram votar e apareceu que já tinha “ votado “ outros que apertavam o número 1 e já aparecia “ Haddad “! Denunciem!! Versão 2: Olha só a ação do mal contra o bem !!! A pessoa digita somente o número 1, já aparece o número 13 na tela da urna!!! Sangue de Jesus tem poder, divulguem ao máximo essa falcatrua!

Urna eletrônica fraudada conta voto para Haddad quando o número 1 é digitado?

O vídeo explodiu na internet e deixou muita, mas muita, gente com a pulga atrás da orelha. Mas será mesmo que a urna está mostrando o voto para Haddad quando o eleitor aperta o 1? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Ao assistir o vídeo, três possibilidades vêm à nossa cabeça. 1) As urnas são fraudadas. 2) A urna em questão está com defeito. 3) O vídeo é uma montagem. Partindo deste pressuposto, começamos a pensar nas possibilidades.

As teses número “1” e o “2” se enfraquecem quando pensamos em um detalhe. Se fosse um problema sistemático (seja por defeito ou fraude), a urna da sessão teria diversas reclamações.

Como conseguimos verificar no vídeo, a urna é localizada na cidade de São Paulo. E, de acordo com o TRE-SP, não houve nenhum relato de problema de urna “completar o 13” durante a votação. Ou seja, não há a reclamação nem do sujeito do vídeo nem de ninguém que votou na famigerada urna. Leia nota do TRE-SP.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, descartou de forma veemente a veracidade de algumas notícias que têm surgido na internet com relação ao uso das urnas eletrônicas nas Eleições 2018.

“Há algumas notícias circulando de forma genérica que não estão acontecendo”, afirmou o desembargador, em entrevista concedida na tarde deste domingo (07). “Estamos averiguando os locais onde chegaram queixas e não foi identificada nenhuma irregularidade na urna eletrônica”.

Nos sobrou apenas uma alternativa: o vídeo não retrata a realidade. E uma análise mostra que foi justamente isso o que aconteceu. De acordo com uma checagem da Agência Lupa (que fez uma parceria pontual com o Boatos.org para a cobertura dessas eleições) feita com base em uma análise de um especialista em vídeo do TRE-MG, o vídeo é uma montagem. Leia abaixo a análise (mais detalhes neste link):

O vídeo analisado pela Lupa mostra um eleitor apertando a tecla de número 1 e a urna “autocompletando” o voto para 13. Segundo técnico de edição do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), trata-se de uma montagem. Em vídeo publicado no canal oficial do TRE-MG no YouTube, o técnico mostra que o vídeo é falso.

Inicialmente, a gravação mostra apenas a tela da urna. Uma mão aperta um botão fora de quadro e o nome de Haddad aparece. O programa de edição mostra que há dois sons de cliques distintos, ou seja, duas pessoas apertam as teclas praticamente ao mesmo tempo.

Posteriormente, o vídeo mostra o teclado inteiro. Nesse trecho do vídeo, há indícios de que o vídeo na tela foi plantado. Por fim, há um corte de edição no final do vídeo. Em nota, o TRE-MG confirmou que o vídeo é falso. A assessoria de comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) referendou a nota.

Resumindo: a história que aponta que uma urna eletrônica está mostrando a foto de Fernando Haddad quando você aperta 1 é falsa. Além de a história não ter muita lógica, já foram comprovadas fraudes na filmagem.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)