Gerardo de Icaza, da OEA, denuncia fraude nas urnas eletrônicas no Brasil #boato

Boato – Capas da Veja, Exame e Época apontam que Gerardo de Icaza, diretor da OEA, denunciou a fraude nas urnas eletrônicas para favorecer o PT nas eleições 2018.

Dentre os tantos boatos que circulam na internet sobre as eleições, uma boa parcela é dedicado a teorias que questionam a lisura do pleito. Como a maioria das acusações acaba sendo publicada sem uma prova, as provas acabam, digamos, inventadas.

A mais nova que circula online dá conta de que Gerardo de Icaza, diretor de Cooperação e Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA), teria denunciado que as urnas eletrônicas são fraudadas pelo PT nas eleições brasileiras. A “prova” são três capas de revistas: da Veja, Época e Exame. Confira as mensagens que estão nas imagens:

Capa da Veja: Gerardo de Icaza, diretor da OEA, admitiu negociação para fraudar urna eletrônica e colaborar com o PT. Fernando Haddad diz ser enganado e convoca reunião urgente com líderes do partido. Capa da Época: E agora, PT? Gerardo de Icaza de Icaza abre a boca e assume fraude nas urnas a favor do PT.

Capa da Exame: “O PT é capaz de tudo.” Gerardo de Icaza causa polêmica após assumir fraude em urnas nas Eleições 2018. PT se desespera. Gleisi Hoffmann não consegue se defender de acusação. Será esse o fim do partido? Capa da Época: Gerardo de Icaza, da OEA, denuncia fraude nas urnas eletrônicas no Brasil?

Gerardo de Icaza, da OEA, denunciou fraude nas urnas eletrônicas no Brasil?

As imagens até que são bem feitas (você notou que muitas fake news têm se utilizado de fotos esteticamente bonitas?), mas será mesmo que Gerardo de Icaza fez a tal denúncia contra as urnas eletrônicas e as revistas vão dar tudo isso na capa? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Se você, ao começar a ler esse texto (ou ao ter se deparado com as imagens) se perguntou “quem é Gerardo de Icaza”, a gente explica. Mexicano, ele é um dos responsáveis da OEA na observação das eleições brasileiras. Recentemente, ele deu entrevistas na quais disse justamente o contrário do que aponta o boato. À Folha e ao Estadão, Icaza disse que não há motivo para desconfiar das urnas. Seria de se estranhar que saíssem matérias na Veja, Exame e Época tão diferentes do que ele falou para a Folha e para o Estadão.

Essa constatação é corroborada com outro detalhe: as imagens mostram edições datadas de 25/09/2018. Além de as revistas não saírem às segundas-feiras, nenhuma das edições podem ser encontradas nos sites das publicações. A última edição da Veja fala sobre os 50 anos da revista, da Exame fala sobre que países poderiam ensinar ao Brasil e a Época fala sobre Ciro Gomes (como o “regra três” das eleições).

Há outro detalhe: os números das edições não batem com a publicação citada. A edição 2600 da Veja (de 19 de setembro de 2018) fala sobre Bolsonaro e quem está brigando para ir para o segundo turno contra ele. A edição 1170 da Revista Exame ainda não foi lançada. Já a edição 937 da Época é de maio de 2016 e fala sobre agressões contra mulheres.

Com essa ausência de informações e excesso de contradições, já dá para cravar que a história é falsa. Só para fechar o pacote, resolvemos verificar o que a OEA falou sobre o assunto. E aí achamos um desmentido no Facebook da Organização dos Estado Americanos. Leia:

Combatendo a desinformação #eleições2018 Concedemos duas entrevistas sobre a Missão Eleitoral #OEAnoBrasil publicadas em Folha de S.Paulo e Estadão. https://politica.estadao.com.br/…/eleicoes,nao-temos-preocu… … https://www1.folha.uol.com.br/…/nao-ha-motivo-para-desconfi… …#FakeNews só se combate com verdade. Essas imagens são FALSAS

Resumindo: a história que aponta que Gerardo de Icaza denunciou a fraude nas urnas eletrônicas e virou capa de revistas brasileiras é falsa. É mais um das tantas fake news sobre eleições e urnas eletrônicas que circulam na internet.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)