Sérgio Cabral tem prisão revogada pela Justiça e foi solto #boato

Boato – Ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, condenado por corrupção, tem prisão revogada pela Justiça e foi solto. 

As eleições deste ano, vencidas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foram marcadas pela desinformação. Durante a campanha, fake news sobre Auxílio Brasil, PCC e fechamento de igrejas inundaram o feed das redes sociais, WhatsApp e até os debates entre os candidatos. Agora, com o resultado do pleito, fake news que colocam a “culpa” no presidente eleito estão pipocando por aí.

A última que circula online aponta que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, condenado por corrupção, teve a prisão revogada pela Justiça e foi solto. A mensagem afirma ainda que “isso é só o começo” e que em breve “vem Beira Mar e Marcola”. Leia algumas versões:

Versão 1: Sabe aquele tal de Sergio Cabral, o ultimo dos Moicanos da Quadrilha?! ACABA DE SER SOLTO….e querem nos prender por estarmos nas frente de Quarteis…e para cair o COOL DA BANDA! Versão 2: Ex Gov RJ condenado a mais de 200 anos. Por Corrupção. Sergio Cabral Santos. Foi solto. Parabéns. Isso é só o começo. Vem Beira mar e Marcola. Uhuhuh

Sérgio Cabral tem prisão revogada pela Justiça e foi solto?

O alerta causou muita indignação e corroborou com a narrativa dos bolsonaristas de que o episódio já é fruto da eleição de Lula. Pena que tudo não passa de uma interpretação equivocada do processo de Cabral.

Só pra refrescar a memória: o ex-governador Sérgio Cabral foi preso em novembro de 2016, no âmbito da operação Calicute, acusado de desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro.

Cabral é réu em 35 ações penais decorrentes de investigações da Operação Lava Jato, sendo 33 na Justiça Federal e duas na Justiça do Rio de Janeiro. O ex-governador já foi condenado em mais de 20 delas e a soma das penas ultrapassam 425 anos de prisão.

Pois bem, o que ocorreu foi uma interpretação equivocada das absolvições de Cabral. A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, de fato, revogou dois mandatos de prisão contra o ex-governador referentes aos processos de corrupção passiva, que tramitavam na 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Agora, das cinco ordens de prisão, o ex-governador continua preso apenas por uma, expedida pelo então juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal de Curitiba, no processo em que foi condenado por propinas nas obras de construção do Comperj, o Complexo Petroquímico do Rio.

Dito isso saiba que o único mandado de prisão ainda válido e que faz com que Sérgio Cabral ainda esteja preso está atualmente em discussão no Supremo Tribunal Federal (STF) e se a decisão da 2ª Turma do Supremo for favorável, o ex-governador pode ser solto. Atualmente, o placar está empatado em 1 a 1, no qual o ministro Edson Fachin defende que Cabral continue preso, enquanto o ministro Ricardo Lewandowski votou pela revogação da prisão. Três ministros ainda precisam votar.

Com isso, podemos afirmar que Sérgio Cabral teve dois mandatos de prisão revogados pela Justiça, no entanto, não é verdade que ele foi solto. Isso porque o ex-governador permanece preso pelo processo que envolveu o recebimento de propinas nas obras de construção do Comperj.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso