Petistas infiltrados em protesto tinham cartão de acesso à sala do GSI #boato

Boato – Está comprovado que haviam petistas infiltrados nas manifestações golpistas do dia 8 de janeiro. Eles foram pegos com o cartão de acesso à sala do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

Está mais do que clarificado que as ações de vandalismo realizadas nas manifestações de cunho golpista que ocorreram na Esplanada dos Ministérios (em Brasília) foram fruto de ações de simpatizantes radicais do presidente Jair Bolsonaro (muitos estão presos por conta disso). Mesmo assim, a tese falsa de que tudo foi uma ação de infiltrados ainda circula online.

Uma das histórias que estão sendo apontadas com “prova” está na prisão de algumas pessoas com um cartão que dá acesso à sala do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). De acordo com uma mensagem que viralizou, isso seria resultado de uma ação de infiltrados. Leia o texto que circula e é acompanhado de um link de ação da Polícia Federal:

Confira também: Janja tirou foto com traficante? Saiba a verdade aqui!

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

*TERRORISTAS INFILTRADOS tinham cartão de acesso a Presidência da República!* *Os verdadeiros TERRORISTAS que vandalizaram BRASÍLIA, encontrados em ônibus bancados pela esquerda, tinham acesso ao GSI e Palácio do Planalto!*

Petistas infiltrados em protesto tinham cartão de acesso à sala do GSI?

Muita gente saiu alardeando que era esta mesmo a prova de que havia “petistas infiltrados” no protesto que causou a destruição em prédios na Esplanada dos Ministérios. Porém a informação que aponta para o caso é falsa.

O histórico de fake news sobre “provas” de que os atos de vandalismo foram realizados por pessoas da esquerda já nos deixam muito desconfiados da veracidade da informação. Até o momento, nenhuma das teses que endossavam a narrativa (temos exemplos aqui, aqui e aqui) colou de verdade.

A mensagem, mesmo tendo uma característica “clássica” das fake news (o tom alarmista), difere do “pacote básico” ao citar uma fonte confiável. E foi ao ver a matéria que apontaria para a prisão dos “petistas com o cartão do GSI” que chegamos à verdade. A nota foi publicada pela Polícia Rodoviária Federal e aponta o seguinte:

Em cumprimento à determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 13 ônibus e conduziu 133 pessoas para a polícia judiciária, entre os dias 09 e 10 de janeiro, em Minas Gerais. […]

Em uma abordagem na BR-040, no município de Três Marias (MG), os policiais localizaram estojos de granadas de gás lacrimogêneo já deflagradas, estilingue, rádios comunicadores, soco inglês, além de um cartão de acesso do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República. Ônibus foram apreendidos também em Sete Lagoas, Paracatu, Uberaba, Uberlândia e Juiz de Fora. […]

Em nenhum momento, a nota aponta que são infiltrados petistas nos protestos. Como a ação ocorreu após a invasão, infere-se que o cartão (assim como outros itens do GSI como documentos e armas) foram fruto de furto na sede do Gabinete de Segurança Institucional. Até porque para “invadir a sala”, não foi preciso acesso: tudo foi quebrado.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que infiltrados petistas foram presos com cartão de acesso ao GSI. A prisão ocorreu após as invasões ao local, não há qualquer informação de que as pessoas presas sejam infiltradas e o item foi fruto de um roubo (assim como outros itens do GSI).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet