Padre foi assassinado no Paraná porque declarou voto em Lula #boato

Boato – Em Guaíra (PR), padre José Aparecido Bilha foi assassinado por bolsonaristas após declarar voto em Lula

A morte do padre José Aparecido Bilha chocou a cidade de Guaíra, no oeste do Paraná. O pároco foi encontrado morto dentro da Paróquia Nossa Senhora Aparecida com um corte na garganta. Ele foi encontrado pelos funcionários da própria diocese.

Antes de sua morte, José Aparecido Bilha vinha comentando com muitos fiéis que estaria sendo perseguido e ameaçado por bolsonaristas, após declarar seu voto no presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

E essa situação foi o suficiente para uma história ganhar força nas redes sociais. De acordo com uma publicação que está sendo compartilhada por aí, o padre José Aparecido Bilha teria sido assassinado, porque declarou seu voto em Lula. Confira:

Versão 1: “Um padre foi assassinado no Paraná. O Bolsonarismo continua matando pessoas inocentes para legitimar um golpe”. Versão 2: “O padre José José Aparecido Bilha foi assassinado barbaramente. Vinha sendo ameaçado por ter declarado voto em Lula. E tá tudo em paz pra quem quer dar golpe dia e noite”.

Padre foi assassinado no Paraná porque declarou voto em Lula?

A informação causou um verdadeiro burburinho nas redes sociais, especialmente no Twitter, onde pessoas se mostraram revoltadas com a situação. Apesar disso, a história não é bem assim. A explicação fica por conta dos achados da própria Polícia Civil.

Não é de hoje que teorias da conspiração sobre a morte de pessoas (famosas ou não) circulam na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que a morte do apresentador Gugu Liberato teria sido assassinato e não um acidente. Também a que indicava que o pastor Júlio César não teria cometido suicídio, mas teria sido assassinado e, por fim, a que apontava que Teori Zavascki teria sido assassinado por causa da Lava-Jato.

Ao pesquisar sobre o assunto, descobrimos que a Polícia Civil não confirmou a tese de assassinato. Na realidade, a Polícia trabalha com a hipótese de suicídio. De acordo com os funcionários da diocese, ao chegar na paróquia no dia 21 de novembro de 2022, na segunda-feira de manhã, encontraram o padre já morto.

Segundo o delegado que investiga o caso, não há indícios de suicídio. De acordo com ele, o padre José Aparecido Bilha foi encontrado com um ferimento à faca no pescoço. Ainda segundo o delegado, ao que tudo indica, infelizmente, trata-se de um caso de suicídio.

Em resumo: a história que diz que o padre José Aparecido Bilha foi assassinado por bolsonaristas, após declarar voto em Lula é falsa! O padre foi encontrado morto por funcionários da paróquia no dia 21 de novembro de 2022, segunda-feira, de manhã. De acordo com os responsáveis pela investigação, ele tinha um ferimento de faca no pescoço e não existem indícios que sustentem a tese de assassinato. Na realidade, o delegado do caso informou que, infelizmente, ao que tudo indica, trata-se de um caso de suicídio. Ou seja, a história não é real!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso