Moro elogiou Alexandre de Moraes por decisão de suspensão do Telegram #boato

Boato – Em tuíte, Sérgio Moro parabeniza decisão do ministro Alexandre de Moraes de bloquear o aplicativo Telegram.

No dia 17 de março de 2022, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou o bloqueio do aplicativo Telegram, no Brasil. A decisão foi tomada após um pedido da Polícia Federal.

O ministro também estipulou uma multa diária de R$100 mil em caso de descumprimento da decisão. A medida ainda cita que o Telegram teria descumprido outras determinações judiciais, como a não retirada dos perfis do blogueiro Alan Santos e da página do grupo Terça Livre.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, o ex-juiz Sérgio Moro teria elogiado a decisão do STF contra o Telegram. Segundo a história, Moro teria feito uma publicação no Twitter, onde parabeniza o ministro Alexandre de Moraes e afirma que a decisão seria um avanço para o combate de milícias digitais e das fake news. Confira:

Sérgio Moro: “Gostaria de parabenizar o Ministro Alexandre de Moraes pela prudente iniciativa de banir o Telegram do Brasil. É um avanço grande para combater a milícia digital e suas fake News e calúnias. Avançaremos juntos com a verdade é a justiça”.

Moro elogiou Alexandre de Moraes por decisão de suspensão do Telegram?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook e agitou os grupos bolsonaristas que defendem o que chamam de “liberdade” a qualquer custo. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de fontes confiáveis e pela inexistência da publicação no perfil do ex-juiz.

Ao ler a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque a publicação apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, os erros de digitação e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, histórias sobre tuítes e prints falsos não são novidade por aqui. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que Lula teria dito em tuíte de apoio a Renato Freitas, que vai mandar mais do que Deus e que as igrejas terão benefícios cortados. Também a que indicava que Gleisi Hoffmann teria feito um tuíte em apoio à greve dos caminhoneiros e, por fim, a que apontava que Bolsonaro teria publicado um tuíte de apoio a Pezão e Aécio Neves, em 2014.

Ao buscar pelo tuíte em questão na conta do ex-juiz Sérgio Moro, não encontramos qualquer manifestação sobre o assunto. Também não detectamos nenhum indício de que a publicação teria sido apagada.

E uma rápida olhada no nome da conta que aparece no print entregou toda a verdade. O nome de usuário que aparece na imagem é @Onconaras, que não tem nada a ver com o perfil oficial do ex-juiz Sérgio Moro (que é identificado como @SF_Moro e ainda possui o selo de verificação do Twitter).

Se isso não bastasse, o vereador Carlos Bolsonaro se pronunciou sobre o assunto, afirmando que Moro não falou nada sobre o tema e aproveitou o espaço para alfinetar o ex-juiz. Na publicação de Carlos Bolsonaro é possível ver um print, onde o filho do presidente Jair Bolsonaro responde a pergunta de um seguidor. Na oportunidade, um homem questiona sobre a opinião de Moro acerca do bloqueio do Telegram. Como é possível observar na publicação, Carlos Bolsonaro responde que “qualquer cidadão gostaria de saber”.

Em resumo: a história que diz que o ex-juiz Sérgio Moro teria escrito um tuíte parabenizando o ministro Alexandre de Moraes pelo bloqueio do Telegram é falsa! Quando procuramos pelo tuíte na página oficial do ex-juiz Sérgio Moro, nada encontramos (nem mesmo um indício de que o tuíte teria sido apagado). Além disso, o print usado como prova mostra um nome de usuário diferente da conta oficial (que é verificada pelo Twitter) do ex-juiz. Por fim, o vereador Carlos Bolsonaro afirmou em uma publicação no Twitter que “qualquer cidadão gostaria de saber” a opinião de Moro sobre o bloqueio do Telegram, mostrando que o ex-juiz não se manifestou sobre o assunto. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso