Mansão de Lula no Uruguai é citada na delação de Palocci #boato

Boato – Vídeo mostra mansão de Lula no Uruguai. Todos os jornais de lá estão falando no assunto e denúncia foi feita na delação de Palocci.

Vocês já sabem que não são raros os bens atribuídos a políticos em boatos na internet. Neste quesito, o ex-presidente Lula (e seus filhos, claro) é imbatível. Já falamos de “ilha de Lula”, “Ferrari dourada”, “fazenda”, “empresa (no caso, a Friboi) de Lula” e até “jornal (no caso, a Folha) de Lula”.

A mais recente (nem tão recente) história de bem atribuído ao ex-presidente está em um vídeo que fala de uma mansão de Lula no Uruguai. De acordo com mensagem que acompanha as imagens (que são de uma mansão na cidade de Punta del Este), a mansão está aparecendo em “todos os jornais de lá” e até na delação de Palocci. Leia:

Versão 1: Mansão de Lula no Uruguai, já tá passando em todos os jornais de lá. Calma que vai aparecer mais. Esta foi só na delação do ex ministro Palloci… Versão 2: Mansão de Lula no Uruguai, a Polícia Federal deve Investigar.. Bandido ..Vagabundo. Filho da P… Ladrãoooo!!

Mansão de Lula no Uruguai é citada na delação de Palocci?

O vídeo se espalhou muito na internet. Mas será mesmo que a tal mansão que aparece nas imagens é de Lula e será mesmo que Antonio Palocci falou da mansão do ex-presidente em sua delação? As respostas são, respectivamente, não há prova alguma e não. Vamos aos fatos.

Para explicar esse caso, temos que fazer uma cronologia. Lá por outubro de 2016, começou a surgir uma informação de que uma mansão que estava no nome de Alexandre Bartelle Grendene seria, na realidade, de Lula. Na época, tudo era apontado como “investigação”.

Foi neste contexto que a história foi publicada na revista Isto É. Da matéria “Conexão da Família Lula no Uruguai”, a história começou a ser publicada em meios de comunicação uruguaios e surgiu o vídeo, veiculado da Rede Telemundo do Uruguai.

Só tem um detalhe: de 2016 para cá, a história não deu em mais nada. Até um jornalista brasileiro que publicou a informação na época teve que vir a público desmentir o caso da mansão de Lula no Uruguai. Grendene também enviou a Isto É um documento dizendo que as informações de que a mansão era dele não eram reais. Ela foi publicada ao final da matéria original (aqui e aqui).

Para ter certeza de que a Lava Jato não falou nada a respeito da informação, fomos checar com a assessoria da força tarefa. A resposta é que não há qualquer denúncia apresentada formalmente a respeito do assunto. Leia perguntas e respostas sobre o caso da mansão de Lula:

P: 1) A Lava Jato ainda investiga a mansão no Uruguai como sendo de Lula? 2) Há um parecer final sobre as investigações citadas pela Isto É em 2016? R: Infelizmente não podemos ajudar. A força-tarefa Lava Jato no Ministério Público Federal no Paraná não confirma ou nega eventuais investigações em andamento. O que podemos dizer é que não há menção a este imóvel em denúncias já apresentadas.

Vamos raciocinar. De 2016 para cá, tivemos apenas desmentidos e nenhuma apresentação de provas de que a mansão seria de Lula. Não seria tempo mais do que suficiente para termos algo que tire a história da seara do boato?

Só para terminar, mais um ponto chave. Em momento algum, Palocci citou a mansão de Punta del Este em sua delação premiada. Como é possível ver na íntegra do documento, não há qualquer menção ao imóvel.

Resumindo: até que haja uma prova (e o ônus é de quem acusa), a história que aponta que a mansão no Uruguai é de Lula é falsa. A história foi apresentada como “investigação”, a “investigação não deu em nada”, muita gente já desmentiu o caso, faz tempo que os “veículos uruguaios não falam no assunto” e Palocci não falou uma linha sobre o assunto. Tá bom né?

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)