Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Lula vai começar taxar o Pix agora em julho 2023 #boato

Lula vai começar taxar o Pix agora em julho 2023 #boato

Lula vai começar taxar o Pix agora em julho 2023, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Comunicado da Caixa sobre taxação de Pix de Pessoa Jurídica prova que Lula resolveu começar a cobrar taxa de todos a partir de julho de 2023.  

O Pix acabou, de certa forma, sendo utilizado como uma das maiores bandeiras do governo Bolsonaro (mesmo com o ex-presidente mostrando desconhecimento sobre o sistema de pagamentos quando foi lançado). Por isso mesmo é que muitas fake news sobre o Pix têm aparecido durante o governo Lula.

A mais nova que circula online aponta que Lula começou a taxar o Pix e ia começar a valer agora em julho de 2023. A prova seria uma notificação da Caixa de que aponta que o Pix para Pessoa Jurídica vai começar a ser cobrado em julho de 2023. Confira a mensagem que circula online:

LULA COMECOU A TAXAR O PIX CAIXA Central de Notificações App CAIXA A partir de julho/23, iniciaremos a cobrança de tarifa dos clientes Pessoa Jurídica pelo envio e recebimento de Pix. Para saber mais, acesse a Tabela de Tarifas no site da CAIXA.

Análise da mensagem que está circulando online

Vídeo: é falso que Elon Musk colocou imagem do Lula ladrão no prédio

Vimos o conteúdo circular por algumas redes sociais como o Twitter, Facebook e aplicativos de mensagem como o WhatsApp. O principal formato foi uma montagem de Lula e Fernando Haddad junto com um print de uma notificação da Caixa Econômica Federal sobre cobrança de Pix para Pessoa Jurídica.

O caráter alarmista (que incita o viés político) é a principal característica de fake news da mensagem. Outro ponto a se destacar é o tema. O Pix e sua cobrança já foram alvo de diversas desinformações que circulam online. Desmentimos, só para citar alguns exemplos, o fake durante as eleições de 2022, neste ano e também com uma citação a Geraldo Alckmin.

Lula começou a taxar o Pix agora em 2023?

O comunicado da Caixa Econômica Federal é real. Porém, é falso que Lula começou a taxar o Pix agora, que todos serão cobrados por transações no sistema ou ainda que o tipo de cobrança em questão é novidade.

A cobrança da CEF será limitada às transações de Pessoas Jurídicas (que têm, por exemplo, contas com CNPJ). Além da notificação (reportada por alguns usuários), não há qualquer informação oficial da instituição de como será feita a cobrança. A tabela de tarifas no site da Caixa ainda não prevê a cobrança.

É provável, se não haver reversão da decisão, que as regras de cobranças e taxas para o Pix de Pessoa Jurídica passem a ser publicadas em julho de 2023.

Dito isso, é importante apontar para dois fatores que fazem a história em questão ser um boato. O primeiro ponto está relacionado ao fato de a cobrança de Pix para Pessoa Jurídica não ser uma novidade. Boa parte dos bancos já realizam este tipo de cobrança (cada uma com suas regras). Ou seja: a modalidade não está começando com Lula.

A segunda é em relação à cobrança de Pix para o público em geral. Nada mudou a respeito: o Pix continua sendo gratuito para Pessoas Físicas. Não há qualquer medida do governo que aponte para a cobrança de transações via sistema de pagamento.

Resumindo: apesar do comunicado da Caixa sobre Pix para Pessoa Jurídica (que, aliás, pode e deve ser questionado), é falso que haverá qualquer cobrança para Pessoas Físicas ou que haja qualquer novidade em âmbito geral (fora da instituição) sobre cobrança para empresas.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm
Marcações: