Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Novas regras do Pix: Lula vai cobrar tarifa para transferência #boato

Novas regras do Pix: Lula vai cobrar tarifa para transferência #boato

Novas regras do Pix Lula vai cobrar tarifa para transferência, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Saíram as novas regras do Pix. Agora, Lula vai cobrar tarifas para transferências para o Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander e Transfeera.

Um dos tipos de fake news que mais têm circulado sobre o novo governo é a que aponta para medidas econômicas polêmicas. A última das histórias aponta para uma decisão de Lula: criar novas regras do Pix com o início de cobrança de tarifas para transferências.

Junto a um link do g1, uma mensagem aponta que Lula resolveu cobrar tarifas para as transferências do Pix e criou novas regras. A principal seria a cobrança de uma série de taxas em diversos bancos e serviços como Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander e Transfeera. No final, tem um “faz o L” para arrematar o causo. Leia a mensagem que circula por aí:

PIX: novas regras do serviço passam a valer a partir desta segunda; veja o que muda Mudanças servem para simplificar regras de implementação e aprimorar a experiência dos usuários.

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

Tarifa Pix cobrada para transferências Banco do Brasil:  0,99% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 1 e máxima de R$ 10. Bradesco: 1,40% do valor por transação, sendo que o valor mínimo é de R$ 0,90 e o valor máximo é de R$ 9,00. Itaú: 1,45% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 1,75 e máxima de R$ 9,60 Santander – 1% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 0,50 e máxima de R$ 10. Transfeera: R$ 0,85 e R$ 0,30, a depender da quantidade de pagamentos. Tarifa Pix cobrada para recebimento

Bradesco: cobra 1,40% do valor por transação, sendo que o valor mínimo é de R$ 1,65 e o valor máximo é de R$ 145,00. Banco do Brasil – QR Code: 0,99% do valor da transação, com tarifa máxima de R$ 140. Itaú: até 1,45% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 1 e máxima de R$ 150. Santander – QR Code estático ou dinâmico: R$ 6,54; QR Code via checkout: 1,4% do valor transação, com tarifa mínima de R$ 0,95. Transfeera: R$ 0,85 e R$ 0,30, a depender da quantidade de pagamentos. Faz o L FAZ UM “L”

https://g1.globo.com/economia/pix/noticia/2023/01/02/pix-novas-regras-do-servico-passam-a-valer-a-partir-desta-segunda-veja-o-que-muda.ghtml

Novas regras do Pix: Lula vai cobrar tarifa para transferência?

Assim como em outros casos, a história se espalhou com todas as forças em redes sociais e, principalmente, aplicativos de mensagem como o WhatsApp. Porém, a história que aponta que Lula vai cobrar a tal tarifa em “novas regras” é falsa.

Na realidade, esse texto foi desmentido há exatamente um mês pelo Boatos.org. O único fato “novo” é o link do g1 que fala sobre as “novas regras do Pix”. Como o desmentido de outrora vale quase todo para hoje, relembre o que escrevemos:

Além do histórico de fake news relacionado ao assunto e as características da mensagem (alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis), nada encontramos sobre o assunto em fontes confiáveis.

Não há nenhuma publicação de taxas do Pix no Diário Oficial ou mesmo qualquer declaração de Lula ou de membros do governo sobre taxação do Pix. Mais uma busca e encontramos de onde saíram as tarifas.

Na realidade, a lista de tarifas é de uma publicação do blog da empresa Transfeera. No texto, é explicado que os valores são praticados para Pessoas Jurídicas. Detalhe: a publicação é antiga. Ou seja: pegaram o texto em questão, saíram inventando que seriam as tarifas de Lula e viralizaram a história por aí.

Sobre o link do g1. A matéria do Portal de notícias da Globo nada tem a ver com cobrança de taxas do Pix. As novas regras do sistema de pagamentos são as seguintes: mudanças no limite do valor da transação (que passa a ser opcional), opção de mudança de horário para Pix noturno e limite no Pix Saque e Pix Troco.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que a cobrança de tarifas está inclusa entre as novas regras do Pix. Não passa de uma nova versão de uma fake news que desmentimos há um mês.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso
Marcações: