Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Lula e Codevasf destroem plantação do assentamento Abril Vermelho em 2023 #boato

Lula e Codevasf destroem plantação do assentamento Abril Vermelho em 2023 #boato

Lula e Codevasf destroem assentamento Abril Vermelho em 2023, diz boato (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Boato – A mando de Lula, a Codevasf destruiu o assentamento Abril Vermelho. Vídeo mostra agricultor fazendo denúncia em 2023.

O que não tem faltado na internet é notícia falsa sobre supostas ações de Lula relacionadas a agricultores. A última das histórias aponta para algo que a Codevasf teria feito a mando do atual presidente.

O vídeo de um homem que se diz do assentamento Abril Vermelho denuncia que a Codevasf havia destruído todas as plantações que haviam no local. Junto ao vídeo, há comentários apontando que essa seria uma ação de Lula. Leia algumas das mensagens que circulam online e também a transcrição do vídeo:

Versão 1: Bolsonaro JAMAIS deixaria isso acontecer. É o NINE, aquele verme asqueroso, que está por trás de tudo isso. Mas a hora dele vai chegar. Versão 2: Juazeiro BA 1.726 hectares de área produtiva destruídas pelo mst no chamado movimento abril vermelho.

Versão 3: A CODEVASF  por seu e Governo PT Praticam atos de destruição de plantações no Juazeiro da Bahia A ação foi praticada com o apoio federal, mais de 2000 pessoas pobres sem trabalhar e alimentos destruídos e impedidos de serem recolhidos. Esse é o desgoverno do ❤️!

Vídeo: é falso que Lojas Francesas (Americanas) tenha jogado livros de Felipe Neto no lixo

Transcrição: Olá Brasil eu estou aqui no assentamento Abril Vermelho zona rural de Juazeiro da Bahia projeto falido pra mostrar pra vocês o que a CODEVASF junto com esse governo desse país está fazendo com os agricultores são mil setecentos e vinte e sete hectares só no projeto aqui no setor do projeto Salite no Assentamento Abril Vermelho aonde todas as fruteira está sendo derrubada.

Dá uma mostrada aí corre a câmera assim oh mil e setecentos hectares de fruteira sendo destruída. As máquinas está ali na frente ali derrubando tudo. Plantação de banana, de goiaba, de mamão, batata, tratou tudo passando por cima Veja a situação. Enquanto o nosso país sofre com o desemprego mais de quatro mil pessoas eram trabalhava aqui nesse setor.

E hoje estão tudo lá na rua sem ter o que fazer da vida. Oh aqui oh. Tudo destruído. Tudo. Isso é revoltante. Isso é um país sem moral e sem vergonha uma situação dessa as máquina passando por cima derrubando a placa do povo isso é uma injustiça Brasil quem mandou fazer isso não tem coração não é um ser humano é um bandido

A pessoa que manda fazer isso numa plantação. Não pode. Mostra aqui. Quantos pais de família não precisa de emprego Quantos pai de família não precisa de um cacho de banana desse pra comer? E hoje está acontecendo isso daqui. As máquina derrubando. Está o pior cenário. Banana sendo destruída. Goiaba. Batata, abóbora, cebola, melancia, melão

todas diversidade de de cultura tem aqui dentro desse assentamento. São mil e setecentos e vinte e sete hectares pra ser destruído. Não pode. Será que não o Ministério Público governadores, os prefeito

Lula e Codevasf destroem assentamento Abril Vermelho em 2023?

O vídeo está circulando com todas as forças como se fosse atual e como se tivesse alguma relação com o atual governo. Porém, apesar de o vídeo ser real, ele não retrata uma situação de 2023.

A mensagem já tem algumas características que nos fazem ficar desconfiados da veracidade da informação. Assim como uma fake news “clássica”, a mensagem é vaga, alarmista, tem erros de português e não cita qualquer fonte confiável que confirme a história.

Além disso, o que não falta é fake news de vídeo retirados de contexto relacionados a “grandes absurdos de Lula”. No rol de mensagens falsas, há vídeo com descrição de “balsa explodindo bolsonaristas”, presidiários comemorando a vitória de Lula e que ele foi vaiado em Portugal.

Ao buscar por qualquer informação sobre a ação no assentamento Abril Vermelho em 2023, nada encontramos. É importante citar que o assentamento é organizado pelo MST. Logo, faria menos sentido ainda o governo Lula fazer algo contra um movimento que o apoia.

Na realidade, o vídeo em questão é de 2019. Em novembro daquele ano, a Polícia Federal cumpriu uma ação de reintegração de posse em uma área que pertencia à Codevasf. Membros do assentamento denunciaram a destruição de áreas plantadas. Foi neste contexto que surgiu o vídeo.

Resumindo: é falso que o governo Lula é o responsável pela destruição de uma plantação no assentamento Abril Vermelho. O vídeo que está circulando é de 2019 e foi gravado durante o governo Bolsonaro.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm