Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que Jairo Jorge, prefeito de Canoas, tenha sido agredido a cadeiradas em ginásio

É falso que Jairo Jorge, prefeito de Canoas, tenha sido agredido a cadeiradas em ginásio

Jairo Jorge, prefeito de Canoas (RS), é agredido com cadeiradas em ginásio da cidade, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O prefeito de Canoas Jairo Jorge foi agredido a cadeiradas no ginásio da cidade após decreto que “confisca” doações. 

Análise

Ontem mesmo, o Boatos.org teve que desmentir uma história falsa (e um tanto quanto nonsense) que apontava que a cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul, havia decretado o confisco de doações para as vítimas das enchentes.

Mesmo com a história sendo desmentida, a novela não acabou. Agora, começou a viralizar na internet algo que seria um vídeo que teria mostrado a “insatisfação do povo” com o prefeito da cidade, Jairo Jorge.

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

Um vídeo das pessoas revoltadas em um ginásio está circulando junto com mensagens que apontam que o prefeito de Canoas havia sido agredido pela população a cadeiradas. Leia algumas das mensagens que circulam na internet:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: Após CONFISCAR DOAÇÕES PRIVADAS e o ENSACÁ-LAS C/EMBALAGENS DO GOVERNO FEDERAL, Prefeito de Canoas JAIRO JORGE é agredido por desabrigados em Ginásio Municipal. O ato de revolta só não acabou em linchamento por causa dos seus seguranças. BANDIDO como esse se trata assim …

Versão 2: Após promover o Governo Federal e a Prefeitura de Canoas no Rio Grande do Sul com o Confisco de doações privadas e o ensacamento dessas para promoção dos governos petistas, Prefeito de Canoas, Jairo Jorge é agredido em Ginásio por desabrigados em Ginásio Municipal.

Checagem

O que não faltou foram pessoas compartilhando o vídeo e acusando Jairo Jorge. Por isso, vamos fazer a checagem do conteúdo respondendo a algumas questões. São elas: 1) É verdade que o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, foi agredido a cadeiradas em um ginásio no Rio Grande do Sul? 2) De onde é o vídeo atribuído à agressão no Rio Grande do Sul? 3) O prefeito de Canoas, Jairo Jorge, confiscou as doações das vítimas das enchentes com um decreto?

É verdade que o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, foi agredido a cadeiradas em um ginásio no Rio Grande do Sul?

Não. Na realidade, a história de hoje não passa de uma reciclagem de uma mensagem que já foi desmentida no contexto da tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul. Outro dia, tivemos que desmentir que as agressões foram feitas contra o ministro da Secom Paulo Pimenta. 

Não consta em nenhuma fonte confiável qualquer relato de agressão contra Jairo Jorge. Além disso, o vídeo em questão não tem nada a ver com Canoas, Rio Grande do Sul ou mesmo com a tragédia das enchentes.

De onde é o vídeo atribuído à agressão no Rio Grande do Sul?

Conforme já apontamos, o vídeo, na realidade é de incidente ocorrido durante uma assembleia de professores e funcionários ligados à educação estadual no Ceará. Esta matéria do g1 aponta que a confusão começou por conta de uma discordância entre professores e membros do sindicato dos professores da rede pública. Não há qualquer relação com o contexto das enchentes no Rio Grande do Sul.

O prefeito de Canoas, Jairo Jorge, confiscou as doações das vítimas das enchentes com um decreto?

Conforme já apontamos em outro desmentido, é falso que o decreto da prefeitura de Canoas (que é o de número 174/24) preveja o confisco de doações para as vítimas das enchentes. Além de desmentir a fake news apontando que o decreto se refere a uma facilitação para compras emergenciais, a prefeitura lançou outro decreto que deixa claro que não se trata de nenhum tipo de confisco.

Conclusão

Fake news ❌

O vídeo que está circulando na internet não tem qualquer relação com o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, ou mesmo com as enchentes no Rio Grande do Sul. As mensagens que estão viralizando na internet são falsas e são baseadas em outras fake news.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).