Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que Paulo Pimenta tenha sido recebido a cadeiradas em ginásio do Rio Grande do Sul

É falso que Paulo Pimenta tenha sido recebido a cadeiradas em ginásio do Rio Grande do Sul

Paulo Pimenta, ministro de Lula, foi recebido a cadeiradas em ginásio de Esteio (Canoas), no Rio Grande do Sul, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – Paulo Pimenta, ministro do governo Lula, foi recebido a cadeiradas pela população que estava em um ginásio na cidade de Esteio (ou Canoas), no Rio Grande do Sul.

Análise

Uma das figuras que mais tem aparecido no contexto da crise das enchentes no Rio Grande do Sul é o ministro-chefe da Secom Paulo Pimenta. Talvez por isso que ele seja o alvo de diversas mensagens que apontam para um ataque no Rio Grande do Sul.

Nas imagens, algumas pessoas se revoltam em um ginásio e começam a arremessar cadeiras em direção às arquibancadas do local. Junto ao vídeo, estão circulando mensagens que apontam que isso teria ocorrido durante uma visita de Paulo Pimenta ao Rio Grande do Sul.

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Há versões da mensagem que apontam que o caso teria ocorrido na cidade de Esteio. Em outros casos, é dito que os ataques ocorreram na cidade de Canoas. Leia algumas das mensagens que rodam na internet e assista ao vídeo:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: Bem feito para esse desgoverno do ladrão de nove dedos e sua quadrilha que não ajudam e os empresários que estão ajudando eles ainda estão atrapalhando criando fake news. Enquanto isso, ministro do Governo Lula é recebido calorosamente na cidade de Esteio no RS. Versão 2: *Enquanto isso, o ministro do Governo Lula é recebido calorosamente na cidade de Esteio no Rio Grande do Sul.*

Versão 3: Que bem feito e merecido, esse ladrão contumaz já lesou vários produtores rurais e continua impune por ter foro privilegiado e atrasar seu julgamento e sentença. Recepção ao sinistro Paulo Pimenta em Esteio! Cara de pau, ladrão não faz nada sem encher os próprios bolsos antes.

Versão 4: Ministro Paulo Pimenta do PT de luladrão, é gaúcho de Santa Maria RS, foi devidamente acariciado e saudado pelo povo de Canoas RS. Versão 5: Ministro Pimenta sendo recebido com amor em Canoas,Rio Grande do Sul Versão 6: Paulo Pimenta sendo recebido em Canoas..o próximo é o luladrão. Mas ele não chega perto do povo FDP Conteúdo compartilhado do WhatsApp Versão 7:*O Ministro do Governo LULA é gaúcho da gema, o Excelentíssimo *PAULO PIMENTA*, *foi amorosamente recebido em* *Canoas/RS* *com todas as laureas merecidas!!!

Checagem

Vamos fazer a checagem do conteúdo em questão respondendo a algumas perguntas. São elas: 1) É verdade que Paulo Pimenta, ministro de Lula, foi recebido a cadeiradas em Esteio e Canoas, no Rio Grande do Sul? 2) De onde é o vídeo que está circulando na internet como se fosse de Esteio ou Canoas? 3) Como está sendo a recepção a Paulo Pimenta no Rio Grande do Sul?

É verdade que Paulo Pimenta, ministro de Lula, foi recebido a cadeiradas em Esteio e Canoas, no Rio Grande do Sul?

Não. Se houvesse uma ocorrência como esta, com certeza viraria notícia na mídia. Não foi o caso. Não há em nenhuma fonte confiável qualquer informação que aponte para incidentes da natureza envolvendo Paulo Pimenta ou qualquer outro ministro de Lula nas cidades de Canoas ou Esteio.

Além disso, o vídeo em questão sequer foi gravado no Rio Grande do Sul e não tem qualquer relação com o ministro Paulo Pimenta.

De onde é o vídeo que está circulando na internet como se fosse de Esteio ou Canoas?

O vídeo, na realidade, é de uma confusão ocorrida durante uma assembleia de servidores da educação estadual do Ceará no início do mês de abril de 2024. De acordo com esta matéria do g1, a confusão começou por conta de uma discordância entre professores e membros do sindicato dos professores da rede pública. Uma professora acabou ferida no incidente.

Como está sendo a recepção a Paulo Pimenta no Rio Grande do Sul?

Membros do governo têm andado em grandes comitivas, com muitos seguranças e, normalmente, giram por ambientes “controlados” (com simpatizantes). Este cuidado, junto com o fato de que a maioria das pessoas não está querendo politizar a tragédia, está fazendo com que a presença do ministro não tenha gerado, pelo menos por enquanto, qualquer efusividade.

É importante citar que histórias como estas podem acarretar em incitação à violência. Por isso que consideramos as fake news como perigosas.

Conclusão

Fake news ❌

O vídeo que está circulando na internet não é do ministro Paulo Pimenta sendo hostilizado em Esteio ou Canoas. As imagens são de uma discussão de professores no Ceará e nada têm a ver com o contexto das enchentes no Rio Grande do Sul.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).