Foto mostra Manuela D’Ávila com olheiras e tatuagens de Che Guevera e Lenin #boato

Boato – A candidata à Prefeitura de Porto Alegre, Manuela D’Ávila, tem tatuagens de Che Guevara e Lenin. A prova é uma foto que mostra ela com faixa presidencial e olheiras gigantes.

As eleições municipais estão se aproximando e, com o conhecimento do nome de alguns candidatos, já é possível ver algumas notícias falsas circulando na internet. Neste primeiro “lote” de fake news eleitorais, temos visto boatos antigos voltando a circular. Já relembramos, aqui, notícias falsas de 2018 que falavam de Ursal e urnas fraudadas. Na história de hoje, a personagem é a recém-oficializada candidata à Prefeitura de Porto Alegre Manuela D’Ávila.

De acordo com uma imagem que está voltando a circular na internet, Manuela foi flagrada com tatuagens (muito feias, por sinal) de Che Guevara e Lenin. Na mesma imagem, ela aparece com uma faixa presidencial e olheiras de dar dó.

Foto mostra Manuela D’Ávila com olheiras e tatuagens de Che Guevera e Lenin?

Vimos as buscas pelo termo “Manuela com tatuagens” crescer dentro do Boatos.org no mesmo dia em que a candidatura dela foi anunciada. Para que não paire nenhuma dúvida (se é que ainda há) estamos aqui para falar que a imagem é falsa e a história é velha. Relembre o que escrevemos sobre o assunto em 2018, quando Manuela era candidata à vice de Haddad:

Não é preciso ser um gênio no Photoshop para perceber que a imagem é uma montagem. Ao ampliarmos a foto (tente fazer isso dando um zoom no celular) é possível perceber que as tatuagens estão com uma qualidade diferente do resto da foto. Outros elementos que também foram inseridos são a faixa presidencial e as olheiras.

Ao fazermos uma busca da imagem na internet, chegamos a este artigo. A imagem de ilustração da postagem (que trata, inclusive de uma crítica à Manuela D’Ávila) mostra a política do PCdoB com duas tatuagens (a da rosa e a da boneca), sem a faixa presidencial e com uma aparência, digamos, muito mais saudável.

Mais uma busca e descobrimos que a montagem é do ano passado. Quando ela surgiu na web, a própria Manuela veio a público desmentir a veracidade da foto, que classificou como montagem machista. Leia o que ela escreveu a respeito do assunto:

Edição e manipulação de imagens: O machismo e a misoginia seguem com suas manguinhas de fora. Depois de ler uma matéria sobre meu cabelo (sim! Cabelo de candidatA é assunto… de candidato? Nunca!) agora começam as fotos manipuladas. Vejam o tipo: aumentaram minhas olheiras (são grandes mesmo, eu acordo às 5 com minha filha!

E ainda a amamento pro desespero dos que sexualizam esse ato lindo da natureza!) e fizeram mais tatuagens em meu corpo. Tenho muitas tatuagens mesmo e as exibo porque são lindas. Não são esses desenhos feinhos que vocês fizeram de Lenin e Che. A faixa presidencial também foi colocada aí. Nunca a coloquei. Mas estou na disputa :) com minhas olheiras e tatuagens e contra o machismo e as manipulações grotescas de vocês:) Beijinho no ombro

Resumindo: a história que aponta que Manuela D’Ávila foi flagrada com tatuagens de Che Guevara e Lenin é falsa. Trata-se de um boato criado em 2017, desmentido em 2018 e que parece começar a voltar a circular em 2020.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)