Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Fonte militar de Brasília (do governo) garante que houve fraude e que haverá intervenção após 2º turno das eleições #boato

Fonte militar de Brasília (do governo) garante que houve fraude e que haverá intervenção após 2º turno das eleições #boato

Fonte militar de Brasília (do governo) garante que houve fraude e que haverá intervenção após 2º turno das eleições, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Segundo fonte militar do governo, Exército encontrou provas de fraude nas eleições e após 2º turno, esquerda será presa com a intervenção militar que ocorrerá no país.

As eleições brasileiras, definitivamente, não são para amadores. Temos fake news que vão desde ataques pessoais a candidatos a ataques aos partidos e também ao processo eleitoral, contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e as urnas eletrônicas. E quanto mais o segundo turno se aproxima, mais as informações falsas aumentam.

Exemplo disso é a história de hoje. De acordo com uma publicação que está sendo compartilhada nas redes sociais, uma fonte militar do governo federal teria informado que existem provas de fraude nas eleições de 2022. Segundo a história, a fraude seria um algoritmo que foi usado para dar mais votos à esquerda. Ainda segundo a publicação, o primeiro turno não foi cancelado, porque candidatos apoiadores de Bolsonaro e candidatos da esquerda que não usaram a fraude seriam destituídos e as eleições canceladas. Confira:

“Quarta, 05 Outubro 2022 14:56 Fraude, sim, e culpados pagarão! Avalie este item1 2 3 4 5 (208 votos) Eles foram pegos, e pagarão pelos crimes…E Eles sabem disso… Eles foram pegos, e pagarão pelos crimes…E Elessabem disso… OLHA SÓ… OS INCAUTOS SABIAM DO RISCO QUE CORRIAM AO AGIR DE FORMA ILEGAL, CRIMINAL NESTAS ELEIÇÕES…NA ÂNSIA  PELO PODER, E COLOCAR como presidente da República aquele que foi o maior desastre econômico, social, e o mais sórdido político à frente de um País, ele que tem sido chamado de ‘Nine’, ou ainda chamado por muitos de 9 dedos, e até de ‘ladrão’ mesmo, a verdade é que os que defendem, e atuam num canalha sistema de fraude online, eleitoral e querem Lula da Silva de volta ao poder sabiam que seriam pegos. E foram… REDAÇÃO AGNORTE/POR MARLEN LIMA Uma fonte palaciana, em Brasília, militar, revela que muitos poderiam ter pensado que nesta eleição a monitoração das urnas, do sistema eleitoral seria feito pelos russos…Lembremos que a relação do governo brasileiro com os russos é excelente, muito porque do respeito que Vladimir Putin, comandante mor da Rússia tem pelo presidente Jair Bolsonaro. Mas, quem está por trás, mesmo, das linhas inimigas colhendo tudo, e já devidamente comprovado com robustas provas, onde está tudo guardado, é a turma do Mossad, serviço de inteligência e contra-espionagem de Israel, e junto com os técnicos do Exército brasileiro, foram eles que detectaram o tal algoritmo, que serviu para roubar a eleição e beneficiar Lula, e alguns de seus aliados.

De imediato, assim que o Exército detectou tal fraude, se pensou em mandar parar tudo…Mas, a Inteligência do Exército entendeu que se fosse derrubada a eleição, naquele momento, e ali além de técnicos do TSE, ministros seriam presos, assim, a eleição acabaria, seria suspensa de imediato. Mais. A Inteligência militar brasileira entendeu que não deveria parar a eleição porque o tal sistema de algoritmo serviu, sim, a Lula e alguns políticos que lhe apoiam, como o pode ter servido ao senador Omar Aziz, do Amazonas que foi magicamente reeleito. Mas, se decidiu não fazer nada porque teve Senadores, Governadores e Deputados eleitos SEM o tal uso do algoritmo. Agora, assegura esta fonte de Brasília, todos podem ficar tranquilos, que o 2⁰ turno vai ser real, sem golpe, porém, após terminado a eleição alguns vão vai para a cadeia. Sim, o maior deles irá! A fonte da Inteligência do Exército informa ainda que logo se descobriu sobre este sistema fraudulento do algoritmo, e até tinham estudado o que fazer para impedir,  mas, anularia provas, e se tudo fosse revelado e prisões feitas, os Senadores, Governadores e Deputados que foram eleitos, e numa maioria esmagadora, abissal de políticos da Direita, apoiadores de Bolsonaro, não seriam eleitos. Perde o País. Daí, vermos que o presidente sempre esteve informado de tudo, e sua cara de conformidade, ou seja, o seu ar de aceitar o quadro irreal que se viu na eleição na hora ada apuração dos votos, e o resultado, é porque Bolsonaro sabe o que virá após dia 30 de outubro. 

Vídeo: é falso que Lojas Francesas (Americanas) tenha jogado livros de Felipe Neto no lixo

Ele sabe de tudo! Agora, dia 30 que vem, o povo poderá votar e o voto nele será computado e aparecerá. Mais. O maior vilão deste esquema sórdido de fraude, o certo ministro carecoso, será, sim, desta vez confiscado sua maléfica liberdade, porque há provas contra ele, e ele sabe bem o que lhe aguarda. Ficou como está o tal primeiro turno porque foi preciso legitimar este novo Congresso, que como nunca antes na história deste pais, está formado em sua maioria de pessoas patriotas, defensores da família e pela ética, pelo bem da Nação.“Mas, estão com provas irrefutáveis.” Assegura a fonte militar, que levou ao presidente e seus superiores, e daí vermos certa calmaria palaciana em respostas sobre as muitas duvidas da apuração, dos institutos de pesquisa, e bem como do próprio PT, sua postura assustada, afinal se tinha acertado para noite dindin 2, uma grande festa da vitória no primeiro turno, mas, por ter seus ministros descobertos, seu esquema neutralizado, a Av. Paulista minguou! Mingou o golpe que estava sendo armado há anos… Bolsonaro novamente ganharia no primeiro turno, como assim foi em 2018, mas, desta vez temos as provas, e a fórmula que impediu e impedirá que eles, os verdadeiros ladrões da pátria possam agir de novo. Fiquemos tranquilos, e vamos votar, porque se Bolsonaro está calmo e tranquilo é porque o Capitão sabe o que faz, e o que ele tem feito tem acertado! Vamos votar e ganhar, a eleição não nos será roubada! ……/…… O POVO BRASILEIRO EXIGE QUE SEJA INSTALADA A “CPI DAS PESQUISAS ASSOCIADAS A FRAUDE NAS ELEIÇÕES DO 1º TURNO”, PARA COLOCAR A QUADRILHA DO TSE NA CADEIA!”.

Fonte militar de Brasília (do governo) garante que houve fraude e que haverá intervenção após 2º turno das eleições?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook e no Twitter e deixou muitos eleitores revoltados. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta de fake news já desmentidas sobre o assunto e pela falta de provas.

Ao se deparar com a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, a falta de fontes confiáveis (uma “fonte militar do governo” que sequer tem nome não é uma fonte confiável) e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

Além disso, histórias falsas sobre supostas fraudes nas eleições brasileiras não são novidade por aqui. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, que podem ser consultadas aqui.

Ao analisar o texto, percebemos que ele apenas reproduz fake news já desmentidas por aqui. Para começo de história, não existem provas de nenhuma fraude nas urnas eletrônicas durante as eleições (nem de 2022, nem de qualquer outro ano).

Apesar de existirem histórias falsas citando áudio de militares em Brasília ou aquartelados, como a história que indicava que o general Augusto Heleno teria gravado um áudio sobre intervenção militar em caso de vitória de Lula e outra que apontava que o general Paulo Sérgio teria gravado um áudio sobre uma intervenção militar durante as eleições 2022, não existem provas e nem fontes que confirmaram tal afirmação. Aliás, é bem provável que a pessoa que tenha escrito a fake news de hoje tenha se baseado nesses áudios.

Outra fake news citada na história de hoje e já desmentida por aqui é a afirmação de que o sistema eleitoral brasileiro tenha sido feito pelos russos e hackers russos teriam identificado uma fraude nas urnas eletrônicas, avisando posteriormente o Exército brasileiro. Além de não existir nenhuma prova de que isso tenha acontecido, uma parceria entre o Exército Brasileiro e hackers russos seria um escândalo e uma ameaça à soberania nacional. Ou seja, algo tão absurdo, que não faz nem sentido.

Por fim, não existe qualquer indício de que haverá um golpe por conta das urnas eletrônicas, até porque não existe nenhuma prova de fraude. E caso haja alguma mobilização nesse sentido, se trata de algo inconstitucional e que será julgado e freado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Em resumo: a história que diz que uma fonte militar de Brasília (governo federal) afirmou que existem provas de fraude nas eleições e o segundo turno terá intervenção é falsa! A história apenas reproduz diversas fake news já desmentidas aqui, como a suposta fraude nas eleições e uma suposta intervenção militar por causa disso. O fato é que não existem provas, nem de fraudes e nem de intervenção militar. E como o ônus é de quem acusa, logo, o que temos aqui são apenas afirmações vazias. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso