Exército convoca imprensa para coletiva em 8 de novembro em que vai anunciar resultado da auditoria das eleições #boato

Boato – Em 8 de novembro, Exército vai convocar coletiva de imprensa para tornar público resultado da auditorias das eleições.

Os atos golpistas contra a eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda estão trazendo dor de cabeça para quem precisa pegar a estrada. Mesmo com o pedido direto do presidente Jair Bolsonaro, alguns apoiadores ainda seguem fechando estradas.

Nesta segunda-feira, dia 7 de novembro de 2022, dois estados ainda possuem bloqueio total de rodovias: Santa Catarina e Mato Grosso. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda indicou que existem mais 8 bloqueios parciais, sem informar os locais.

E de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, a mobilização dos apoiadores de Bolsonaro teria surtido efeito. Segundo uma publicação, o Exército teria convocado a imprensa para uma coletiva no dia 8 de novembro de 2022 e as informações teriam sido divulgadas pela Jovem Pan. Ainda segundo a publicação, a coletiva será feita para anunciar o resultado da auditoria das eleições. Confira:

Versão 1: “URNAS: EXÉRCITO VAI ANUNCIAR RESULTADO DA AUDITORIA. EXÉRCITO CONVOCOU IMPRENSA PARA COLETIVA EM 8 DE NOVEMBRO. AO VIVO”. Versão 2: “O que que foi dito nessa reunião? Você tem informações? Porque a expectativa é justamente entender porque que as Forças Armadas foram chamadas ontem. Paulo, muitas coisas eu posso dizer no ar. Essa não é uma delas. Sim, eu tenho informações do que que houve na reunião de ontem. Muitas coisas eu posso dizer no ar. Essa não é uma delas. Certo?

As coisas são sensíveis demais e não, não, não devem ser ditas, devem ser feitas. Então, é, eu… o que você tá dizendo é que vai ter uma ruptura institucional no país? É isso que o senhor está dizendo? Eu não. Eu não sei, eu não sei de que momento você ouviu dizer isso. Eu disse que eu sei o que que houve dentro da reunião e disse que eu não posso falar o que que houve dentro da reunião. Ué. Bom, perfeitamente. É… são informações sigilosas, certo? Segredo de Estado. São informações sigilosas. Segredo registrado. É, eu recebi em off e, e, portanto, off, off. Jornalista respeita off, né? Tem certas coisas não devem ser ditas pelo bem do país. Vamos aguardar em relação a isso”.

Exército convoca imprensa para coletiva em 8 de novembro em que vai anunciar resultado da auditoria das eleições?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook e no YouTube, animando muitos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de provas e de uma montagem do vídeo usado como prova.

Não é de hoje que histórias falsas sobre as tais auditorias estão circulando na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que uma auditoria na Argentina comprova fraude nas urnas brasileiras e foi apresentada em live. Também a que indicava que a auditoria das Forças Armadas teria descoberto uma fraude nas urnas e um documento de 70 páginas seria a prova e, por fim, a que apontava que a auditoria dos militares teria encontrado fraudes nas urnas eletrônicas e desagradado o TSE.

Ao procurar por mais informações sobre o assunto, nada encontramos. Não existe nenhuma informação divulgada pelo Exército que corrobore para a teoria de fraude levantada pela história de hoje. De acordo com notícias divulgadas na imprensa, Bolsonaro chegou a consultar o Exército antes de quebrar o silêncio, após sua derrota nas eleições. Segundo informações, ele havia consultado o Exército sobre judicializar o resultado das eleições, mas não obteve o apoio dos militares.

Resolvemos, então, procurar por alguma declaração oficial do Exército sobre o assunto, mas não encontramos nada. Por fim, o vídeo da Jovem Pan usado como prova está editado. Na realidade, a chamada na parte inferior do vídeo foi coberta por outra. Nas imagens originais, exibidas no dia 27 de outubro de 2022, é possível ver que a chamada é “Moraes nega pedido de Bolsonaro sobre inserções de rádio. Ministro diz que campanha tenta tumultuar processo eleitoral”.

Em resumo: a história que diz que o Exército convocou uma coletiva de imprensa no dia 8 de novembro para divulgar o resultado da auditoria das eleições é falsa! Não existe nada que prove tal afirmação. Como já estamos cansados de repetir: o ônus da prova é de quem acusa. Não existe nenhuma declaração oficial do Exército sobre o assunto e muito menos informações que corroborem com a história. Além disso, o vídeo usado como prova foi editado. Nas imagens originais é possível ver que a chamada na parte inferior do vídeo fala sobre o pedido de Bolsonaro sobre inserções de rádio que havia sido negado pelo ministro Alexandre de Moraes. Ou seja, a história não passa de balela (e ilusão de bolsonaristas que seguem acreditando que podem mudar o resultado das eleições com atos golpistas)!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso