El País dá duas notícias sobre Bolsonaro em Davos: positiva na Espanha e negativa no Brasil #boato

Boato – El País da Espanha publica texto com visão positiva sobre fala do presidente Jair Bolsonaro em Davos enquanto El País do Brasil escreve matéria com visão negativa.

O Fórum Econômico Mundial é uma organização sem fins lucrativos que fica localizada em Genebra, na Suíça. Ele é bastante conhecido por suas reuniões anuais realizadas em Davos, também na Suíça. em 2019, o presidente Jair Bolsonaro fez o discurso de abertura do encontro, seu primeiro grande evento a frente do país. O discurso foi recheado de ataques à esquerda e a países da América Latina, apoio para uma economia liberal e elogios aos EUA.

No dia 20 de agosto de 2020, o documentário alemão “O Fórum” (que mostra os bastidores do evento, em 2018 e 2019) foi lançado e uma cena chamou atenção. Nela, é possível ver Bolsonaro conversando com o ex-vice-presidente e ambientalista Al Gore e afirmando que “gostaria de explorar a riqueza [da Amazônia] com os EUA”, após Al Gore prestar solidariedade em relação às queimadas na Amazônia.

Depois das imagens viralizarem nas redes sociais, fake news voltaram a pipocar. Um vídeo, em especial, tem feito sucesso. Nas imagens, um homem aparece criticando o jornal El País. De acordo com o homem, o jornal El País teria feito duas versões diferentes sobre a participação do presidente Jair Bolsonaro no Fórum de Davos, em 2019. Segundo ele, a Espanha teria visto a participação do presidente Bolsonaro de forma positiva, enquanto a sucursal brasileira traria uma imagem negativa de Bolsonaro. Confira:

Versão 1: “EL PAÍS maior jornal da Espanha da uma notícia na Espanha e outra no Brasil. Vejam!”. Versão 2: “10 horas da manhã aqui na Espanha. Vim ler o jornal El País, o maior jornal da Espanha aqui, para ver como é que tavam falando da questão do Bolsonaro… ‘Bolsonaro anima os executivos de Davos e investir no novo Brasil’, Alicia González, né? Ou seja, uma manchete positiva, uma reportagem positiva sobre a participação dele. Aí, eu fui ver a mesma publicação na parte brasileira do jornal, ou seja, essa aqui. Esse aqui é o jornal que vai pro Brasil, né? ‘O breve discurso de Bolsonaro decepciona em Davos’. Ou seja, o contrário do que tá publicado na Espanha, a mesma repórter. Ó, para vocês verem de novo. Publicado na Espanha: ‘Bolsonaro anima os executivos de Davos a investir no novo Brasil’. Ou seja, a Espanha está vendo positivamente, mas daí, a mesma pessoa, na versão brasileira: ‘O breve discurso de Bolsonaro decepciona em Davos’. Eu não sou teórico da conspiração, nem nada, mas eu não entendi o porquê dessa adaptação que inverteu completamente a questão pro Brasil. Não entendi isso aí”.

El País deu duas notícias sobre Bolsonaro em Davos: positiva na Espanha e negativa no Brasil?

Bem, a história anda fazendo sucesso nas redes sociais (circulou com força em postagens no Facebook, Twitter e em vídeos no WhatsApp), mas a verdade é que ela possui um grave erro de interpretação (e falta de leitura) e, portanto, é falsa!

De cara, a mensagem que acompanha o vídeo já nos traz desconfianças. Ao ler a publicação, é possível perceber a presença de algumas características de fake news, como o caráter vago, alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, os ataques à imprensa na internet não são novidade. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas histórias desse tipo, como a que dizia que a Globo pertence ao Bahrein, Líbia e Kuwait e atacou Bolsonaro por causa da Arábia Saudita. Também a que indicava que a capa da Folha de S. Paulo teria destacado que Bolsonaro levou um menino sem cadeirinha em carro e, por fim, a que apontava que uma foto mostra fundadores da Lupa, uma agência criada para censurar a direita no Facebook.

Ao analisar o conteúdo e desdobramentos, podemos perceber que muita gente começou a tirar conclusões precipitadas a partir dos títulos diferentes contidos nas matérias e ao termo “anima”. A palavra “anima”, no texto em espanhol, diz respeito ao conteúdo do discurso que o presidente proferiu na ocasião, não à reação que ele causou no público. Ou seja, a versão em espanhol aponta que Bolsonaro, na ocasião, fez um discurso tentando incentivar os executivos a investirem no Brasil e não que os executivos “se animaram” a investir aqui.

O jornalista brasileiro Fernando Kallás, que mora em Madri, na Espanha, falou sobre o ocorrido em um tuíte. De acordo com ele, a ideia de que a versão em espanhol teria indicado uma imagem positiva do presidente Bolsonaro é equivocada. Ainda segundo ele, se o jornal quisesse falar que “os investidores ficaram animados”, teria usado a sentença “los ejecutivos se animan”.

A própria autora do conteúdo, a jornalista Alicia González reforçou que é falsa a afirmação de que “há duas matérias” sobre o assunto.  Por sinal, basta ler o texto para perceber que o conteúdo das reportagens é idêntico e aponta que os executivos ficaram decepcionados com o discurso de Bolsonaro.

Em resumo: a história que diz que o jornal El País fez duas versões sobre a participação de Bolsonaro em Davos, uma positiva e outra negativa, é falsa! O texto da versão em português é exatamente idêntico à da versão em espanhol. A versão em espanhol não é positiva e muito menos diz que Bolsonaro animou os investidores. Ou seja, tudo não passou de um erro de interpretação e tradução que gerou uma fake news.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK